SEF continua a legalizar imigrantes sem vistos de entrada

Manuel de Almeida / Lusa

A Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa

A Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa

A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, defende que o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) continue a legalizar imigrantes, mesmo que não tenham entrado legalmente no espaço Schengen, tal como tem sido feito desde o anterior governo.

Em declarações ao Diário de Notícias, Constança Urbano de Sousa relata que o SEF tem aplicado uma “diferente interpretação do requisito legal de entrada regular“, considerando que esta interpretação não é “uma ilegalidade no sentido estrito”.

Um imigrante integrado no mercado de trabalho pode receber autorização de residência do SEF caso tenha entrado legalmente no espaço Schengen (como turista, por exemplo). No entanto, uma das alíneas do artigo 88 da Lei de Estrangeiros prevê que o diretor do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras ou um membro do Ministério da Administração Interna possa propor a entrada de um cidadão de outro país sem passar pelo crivo normal, refere a RTP.

A responsável pela Administração Interna explica que tal tem sido feito desde o governo PSD/CDS. Esta”orientação” da anterior direção do SEF terá permitido legalizar, em 2015, milhares de imigrantes à margem da lei, a maioria de países considerados de risco, como a Índia, o Bangladesh e o Paquistão, que estavam noutros países da União Europeia (UE) em situação irregular.

De acordo com o DN, citando declarações da ministra, o SEF não sabe a quantos imigrantes ilegais que não tenham entrado legalmente no espaço Schengen já concedeu autorização de residência.

Em julho, a atual direção do SEF tentou revogar a “orientação” da direção do juiz desembargador Beça Pereira – que negou ter autorizado tal medida – para “cumprir a lei”, mas acabou por recuar, depois de protestos das associações de imigrantes e pressões políticas, prometendo analisar “caso a caso”.

Para Constança Urbano de Sousa, “a aplicação das leis pressupõe a sua interpretação, podendo haver interpretações divergentes, como é próprio da aplicação do direito, não consubstanciando a atividade interpretativa uma ilegalidade no sentido estrito”.

No entanto, de acordo com o DN, desde julho que a Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) e a Procuradoria Geral da República (PGR) estão a avaliar se há matéria de infração disciplinar ou criminal. O requisito de entrada legal no espaço Schengen é uma tentativa de evitar que as redes criminosas criem contratos de trabalho fictícios, e o não cumprimento desta regra pode representar riscos em matéria de Segurança.

Para o constitucionalista Jorge Bacelar Gouveia, “a interpretação da lei não é subjetiva, é objetiva, e quando a mesma é violada, há ilegalidade”, admitindo ao DN poder haver matéria para um “crime de abuso de poder“.

António Nunes, presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo (OSCOT), reforça a necessidade de “todos os países serem rigorosos na concessão de autorizações de residência a imigrantes, que depois podem circular livremente em todo o espaço Schengen”.

ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Pouca vergonha!!Um país com salários miseráveis,muito desemprego ,mas seguro e deixam entrar gente que não sabem as verdadeiras intenções,alem de prejudicarem o mercado de trabalho em prejuizo dos trabalhadores portugueses.Por isso vou votar na extrema-direita,não por ser racista ou xenofebo,que não o sou,mas por querer proteger a minha familia!!

  2. Os organismo que os portuguese pagam e que ao fim e ao cabo podem ser todos dispensados pois estão todos a comer sem trabalharem, é o normal neste país de PÁRIAS.

  3. Se estes ilegais estão a entrar no espaço Shengen, então os restantes países europeus deveriam saber o que esta República das Bananas está a fazer.
    Quando tiverem cá dentro, 1 milhão de islâmicos e 100.000 radicalizados (como já existe em Barcelona), digam aos portugueses para cantarem os mortos e colocares muitas velinhas em cada atentado.

RESPONDER

Descobertas duas super-Terras na zona habitável de uma das estrelas mais próximas do Sistema Solar

Uma equipa internacional de cientistas encontrou duas super-Terras a orbitar uma das estrelas mais próximas do Sistema Solar. Conduzida pela Universidade de Göttingen, na Alemanha, a equipa de especialistas localizou um sistema formado por pelo …

Sporting 2-1 Gil Vicente | Leão de Plata só sabe vencer

O Sporting cumpriu na recepção ao Gil Vicente, no fecho da 29ª jornada da Liga NOS, e venceu por 2-1, num jogo que pareceu sempre controlado, mas que terminou com emoção. Os “leões” dominaram por completo …

Leões marinhos decapitados estão a dar à costa no Canadá (e ninguém sabe porquê)

Os corpos decapitados de pelo menos cinco leões-marinhos encontrados nas costas de Vancouver, no Canadá, nos últimos meses sugerem que pode haver um serial killer de mamíferos marinhos à solta. O LiveScience relata que pelo menos …

Este japonês é a única pessoa no mundo a ter um mestrado em Estudos Ninja

Um homem japonês tornou-se a primeira pessoa no mundo a ter um mestrado em Estudos Ninja depois de concluir um curso de pós-graduação que envolvia a aprendizagem de artes marciais básicas e escalada de montanhas. De …

Cátio Baldé acusado de comprar vistos para jogadores do Benfica

Cátio Baldé está a ser acusado de corrupção passiva por ter pagado a um funcionário da embaixada portuguesa em Bissau para conseguir vistos para jogadores do Benfica. O empresário admite o crime, mas nega o …

Ex-polícia admite ser "Assassino de Golden State" e declara-se culpado de 13 homicídios

O ex-polícia norte-americano Joseph DeAngelo declarou-se, esta segunda-feira, culpado de 13 homicídios. Mais conhecido como o "Assassino de Golden State", DeAngelo foi preso em 2018, após 40 anos de investigação. A identificação do criminoso apenas foi …

Infarmed garante ter stock de remdesivir, apesar da compra massiva dos EUA

Depois da notícia de que os EUA compraram à empresa Gilead Sciences praticamente toda a reserva para três meses do medicamento remdesivir, o primeiro aprovado no país no tratamento de covid-19, o Infarmed garante que …

Orfão, capturado e apresentado à rainha. A história da mais antiga fotografia de um indígena da Nova Zelândia

Um daguerreótipo - primeiro processo fotográfico do mundo - mantido na Biblioteca Nacional da Austrália é o mais antigo retrato fotográfico conhecido de um indígena maori da Nova Zelândia. Na imagem antiga, um adolescente aparece vestido …

Uma mesa de 490 metros na Charles Bridge. Em Praga, o fim da restrições celebrou-se com um jantar em massa

Os habitantes de Praga, capital da República Checa, construíram uma mesa com quase 490 metros e realizaram um enorme jantar público esta terça-feira para comemorar o fim do bloqueio do coronavírus no país. De acordo com …

Vladimir Putin vai poder governar a Rússia até 2036

Os eleitores russos devem aprovar, com larga maioria, as emendas constitucionais que permitem ao Presidente Vladimir Putin concorrer a outros dois mandatos, de acordo com os primeiros resultados do referendo. A Comissão Central de Eleições disse …