Uma sardinha no pão chega a custar 5 euros no Santo António

A sardinha é a grande figura dos Santos Populares, e num ano marcado pelas limitações na pesca, quem for para os arraiais de Lisboa, para celebrar o Santo António, pode esperar um aumento de preços. Há casos em que uma sardinha no pão chega a custar 5 euros.

Os preços a pagar por uma sardinha, no Santo António, podem variar entre 1,50 euros e quatro euros, mas nalguns casos os preços chegam aos cinco euros, segundo dados apurados pelo jornal i no bairro de Alfama.

Este bairro lisboeta é especialmente procurado por turistas, o que pode ajudar a explicar este preço inflacionado. Mas as limitações impostas à pesca de sardinha, neste ano, também são uma justificação.

“Os preços sempre aumentaram, nesta altura, porque a procura é sempre muito elevada, mas se há uns anos atrás era possível duplicar a quantidade que era pescada para responder às necessidades, actualmente não é possível”, explica ao i João Almeida, da Federação dos Sindicatos do Sector da Pesca (FSSP). “A lei da oferta e da procura leva a este tipo de situações”, considera.

Mas, na maioria dos casos, o preço da sardinha ainda se situa nos 1,50 euros, como noutros anos.

Predomina a sardinha congelada

A comerciante Raquel Chaves, responsável pelo “Retiro Tia Alice”, em pleno bairro de Alfama, explica à Agência Lusa que o preço da sardinha nas docas “subiu um pouco”, em relação ao ano anterior, mas que houve necessidade de manter os valores na venda ao público porque a adesão por parte dos turistas “está fraca só por si”. “Nota-se bastante, tanto nas mesas como na rua”, lamenta.

Raquel Chaves acrescenta que o “Retiro da Tia Alice” compra sardinha congelada, uma vez que a fresca “não vale a pena, porque fica seca quando vai à chapa”.

No “Retiro da Recoqueira”, Ana Palma também está a vender a sardinha a 1,50 euros a unidade, preço que se mantém igual “há sete anos”.

“As pessoas já se queixam que vir aos Santos é caro. Enquanto der para manter, vamos deixar assim o preço”, sublinha Ana Palma que também compra sardinha congelada “porque é mais prático”.

O “Retiro Tia Beatriz” também trabalha “mais à base de sardinha congelada, mas boa”, diz à Lusa a responsável do espaço, Cecília Lopes.

O “Retiro Mãe e Filhos”, localizado no centro do arraial de Alfama, é um dos mais procurados pelos turistas, e Tina Costa, a responsável, diz que a sardinha está entre um euro e 1,50 euros. O peixe é “fresco”, garante, revelando que, por dia, são vendidas “umas cinco caixas”, com “à volta de dez quilos” cada.

O ponto alto das Festas de Lisboa deve acontecer entre terça-feira e quarta-feira, e até ao final do mês há arraiais por toda a cidade.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. E chamam-lhe a isto Santos Populares, o que seria se fossem impopulares! Nada como ficar por casa e comer uma boa sardinhada como fizemos hoje os três da casa pelo preço de uma sardinha no pão no Santo António, nada de alimentar chulos!.

    • Concordo inteiramente com a sua posição, mas como em tudo o que acontece de diferente, excêntrico ou porque é socialmente correcto, são as pessoas que alimentam essas situações; é claro que os comerciantes aproveitam para ganharem mais uns euros….a culpa não é deles, é de quem alimenta essa situação. Eu e a minha família, gostamos de sardinhas…compro-as congeladas, mais baratas e vão directamente para a grelha com uns salpicos de sal. Acrescento uma salada e umas batatas cozidas com casca e temos uma refeição económica , em família e não alimentamos oportunistas.

    • Pois. pois… 5€ por uma sardinha no pão… chulos/oportunistas!…
      Agora imagina que a “civilização” ocidental deixava de comprar Iphones, Nike’s, McDonald’s, Coca Cola’s, Disney’s, Google’s, Facebook’s, Igreja Católica, IURD’s, etc, etc…
      Lá se ia a “cultura pop” (“popular”) e grande parte da “chulice”!…
      Mas, claro que os piores são mesmo os vendedores de sardinhas no pão por 5€ cada!…

RESPONDER

Parlamento aprova diplomas para alargar gratuitidade das creches e "direito ao esquecimento"

O Parlamento aprovou, esta sexta-feira, um projeto-lei para o alargamento da gratuitidade das creches e de soluções equiparadas e ainda um diploma que consagra o "direito ao esquecimento". A Assembleia da República aprovou um projeto-lei do …

Costa está muito empenhado num acordo pelo OE, mas não "a qualquer preço"

O primeiro-ministro disse, esta sexta-feira, que o Governo vai fazer tudo ao seu alcance para chegar a um acordo sobre o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), mas advertiu que "um acordo não se obtém …

Evergrande escapa por um triz ao default e garante o pagamento de juros de 71.7 milhões de euros

A gigante imobiliária chinesa conseguiu cumprir com o pagamento dos juros no limiar do fim da extensão do prazo. No entanto, persistem os receios sobre a possibilidade da crise na China contagiar a economia mundial. A …

Pessoas a andar na rua em Viena, Áustria

Em caso de apagão geral, Áustria é o primeiro país europeu a ter um Plano B(lackout)

E se houvesse um apagão que afetasse todo o continente europeu? O cenário é o argumento que o Ministério da Defesa austríaco tem usado para enviar um aviso à população desde o início deste mês. A …

Só um terço das empresas em Portugal têm gestores com um curso superior

O estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos refere que este valor é negativo para o país já que a formação superior dos gestores está associada à produtividade e há maior probabilidade da empresa começar …

Governo avança com desconto de 10 cêntimos por litro nos combustíveis para as famílias

O Governo vai criar um desconto de dez cêntimos por litro nos combustíveis para todas as famílias, até 50 litros por mês. Uma medida que estará em vigor entre novembro deste ano e março do …

Inês Sousa Real, porta-voz do PAN

PAN já enviou memorando de entendimento ao Governo

O partido Pessoas–Animais–Natureza enviou ao Governo, esta sexta-feira, o memorando de entendimento com cerca de 60 propostas, no âmbito do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). "O PAN fez chegar ao Governo um memorando do qual …

Alterações ao Orçamento de 2021 custaram, afinal, muito mais do que o estimado pelo Governo

Apenas duas das 291 medidas adicionadas representaram um impacto anual de 88 milhões de euros, com o Governo a calcular, durante a especialidade, que a totalidade custaria 3,2 milhões de euros. As alterações feitas ao Orçamento …

Entre a pandemia e os preços da energia, Marcelo alerta que chumbo do OE criaria "mais um problema"

O Presidente da República reiterou, esta sexta-feira, que deseja evitar uma crise política criada por um eventual chumbo do Orçamento de Estado, porque "só juntaria um problema" à pandemia e à subida dos preços dos …

França dá a partir de dezembro "cheque-combustível" de 100 euros

França vai dar a partir de dezembro um “cheque-combustível” único de 100 euros a cerca de 36 milhões de condutores que ganham menos de 2.000 euros por mês devido à escalada dos preços do gasóleo …