Sarcófago negro encontrado no Egito pode pertencer a Alexandre, o Grande

(dr) Ministério de Antiguidades do Egito

O maior sarcófago já descoberto na cidade de Alexandria, no Egito, vai ser aberto nos próximos dias, depois de permanecer totalmente intacto mais de dois milénios. Os especialistas têm esperanças que o artefacto negro encontrado possa pertencer ao lendário Alexandre, o Grande.

O túmulo de granito – de 2,65 metros de comprimento, 1,65 metros de largura e 1,85 metros de altura – foi encontrado durante escavações de rotina realizadas na cidade egípcia antes de ser autorizado a construção de um edifício naquele lugar.

Ao lado da tumba, os investigadores encontraram também uma cabeça de alabastro,  rocha semelhante ao mármore, que provavelmente retrava a personalidade no interior do sarcófago.

O arqueólogo egípcio Ayman Ashmawy disse, em entrevista ao The Telegraph, que o facto de o sarcófago ter sido construído em granito mostra a importância social do seu proprietário, principalmente porque Asuan, a cidade de onde a rocha foi possivelmente extraída, se situa a mais de mil quilómetros de Alexandria.

No entanto, sem abrir a tumba, restam poucas informações sobre a identidade do homem que foi enterrado, já que a cabeça em pedra está irreconhecível devido à ação da erosão ao longo dos séculos.

Além disso, o túmulo não contém quaisquer palavras ou frases gravadas que possam ajudar a identificar o dono. Os arqueólogos estimam que o sarcófago pertença a um cidadão nobre ou rico que viveu no Egito ptolomaico, que começou após a morte de Alexandre, o Grande, entre 323 e 30 a.C.

“Quando abrirmos o sarcófago, esperamos encontrar objetos intactos, que nos ajudem a identificar esta pessoa e a sua posição”, Ayman Ashmawy, funcionário do Ministério de Antiguidades do Egito.

Mundo procura tumba de Alexandre

Durante centenas de anos, arqueólogos e exploradores por todo o mundo têm procurado encontrar o sarcófago do rei da Macedónia. No entanto, até agora, todas as tentativas para encontrar o túmulo de Alexandre, o Grande, foram mal sucedidas.

Os arqueólogos estimam que foram realizadas, pelo menos, 140 tentativas sem sucesso para encontrar o túmulo de Alexandre. No entanto, este misterioso sarcófago negro encontrado no Egito sugere que algo de importante pode estar para ser desvendado – ou até mesmo os seus restos mortais.

“O mundo inteiro está à procura da tumba de Alexandre. Temos a certeza de que foi enterrado em Alexandria. E a descoberta do sarcófago demonstra que um dia, quando se estiver a demolir uma vila ou uma casa, pode encontrar-se a sua tumba”, disse Hawass.

No entanto, abrir pela primeira vez o sarcófago vai exigir muito trabalho preliminar. “É arriscado abri-lo de imediato, temos que nos preparar”, indicou Ashmawy.

Ashmawy explicou ainda por que motivo o túmulo vai ser aberto no próprio lugar onde foi encontrado. “É difícil movê-lo e abri-lo depois num museu. O artefacto está a 5 metros de profundidade e pesa mais de 30 toneladas. Só a tampa pesa mais de 15 toneladas”, sustentou.

Nas próximas semanas, uma equipa de engenheiros vai visitar o local para fornecer equipamentos pesados e suportes estruturais de forma a remover a tampa do sarcófago. Depois de retirar a tampa, serão chamados especialistas em mumificação e restauração para garantir que o conteúdo se mantém preservado, uma vez que é exposto pela primeira vez em milénios.

Alexandre, o Grande – também conhecido como Alexandre Magno ou Alexandre III -, viveu no século 4 a.C e foi um importante rei da Macedónia. Em apenas 33 anos de vida, o rei construiu um enorme império, que ia desde o sudeste da Europa até à Índia. E, por isso,  é considerado o maior líder militar da Antiguidade.

PARTILHAR

RESPONDER

Ferro Rodrigues não aceita projeto de lei do Chega por inconstitucionalidade

O projeto de lei do Chega para limitar o cargo de primeiro-ministro e outros governantes apenas a portadores de nacionalidade portuguesa originária foi rejeitado pela Assembleia da República devido a inconstitucionalidade. O despacho do presidente da …

Os cientistas já sabem porque é que alguns sapos têm uns olhos "enormes"

Os cientistas acabam de descobrir porque é que alguns sapos têm os olhos enormes comparativamente com a dimensão do seu corpo. De acordo com uma nova investigação, cujos resultados foram recentemente publicados na revista científica …

Morreu o emir do Kuwait, Sabah Al-Ahmad Al-Sabah, aos 91 anos

O emir do Kuwait, xeque Sabah Al-Ahmad Al-Sabah, morreu esta terça-feira aos 91 anos nos Estados Unidos, onde estava desde julho a receber tratamento médico, anunciou a corte do emirado. "É com grande tristeza e dor …

Não há limite de velocidade num universo de superfluidos (e já sabemos porquê)

O superfluido ainda obedece às leis da Relatividade Geral. Ainda assim, é seguro afirmar que, num superfluido, não há limite de velocidade. Um superfluido é um líquido a uma temperatura extremamente baixa, próxima do zero absoluto. …

Não é um quasar. Astrónomos descobrem galáxia com radiação UV intensa

Cientistas descobriram uma galáxia jovem que brilha em comprimentos de onda ultravioleta, de maneira tão brilhante quanto um quasar. Uma equipa de cientistas descobriu a galáxia BOSS-EUVLG1, com a ajuda do Gran Telescopio Canarias de La …

"Adiem a Liga dos Campeões", pede o Borussia Dortmund

Sorteio está marcado para esta quinta-feira mas Michael Zorc avisa: "Faltam requisitos legais para a fase de grupos arrancar". A fase de grupos da Liga dos Campeões vai começar, pela primeira vez, em outubro. A primeira …

Artista "ressuscita" 54 Imperadores Romanos com ajuda da Inteligência Artificial

Artista canadiano usou um ramo da Inteligência Artificial para criar retratos ultra-realistas de antigos Imperadores Romanos como, por exemplo, Calígula, Nero e Adriano. A aparência física destes antigos Imperadores Romanos foi preservada em centenas de esculturas …

Cantar pode ser uma má ideia durante a pandemia

Uma nova pesquisa revelou que cantar em grupo pode ser perigoso em termos de propagação de patógenos. Esta é só mais uma prova de que 2020 chegou para pôr um travão na diversão. A Universidade de …

Emirados Árabes Unidos anunciam missão espacial à Lua para 2024

Um alto responsável dos Emirados Árabes Unidos disse hoje que o país tenciona enviar para a Lua uma nave com um veículo não tripulado em 2024. O desejo de pisar a lua é uma ambição de …

Exército norte-americano quer ter acesso à rede de satélites da SpaceX

O exército dos Estados Unidos está de olho na Starlink, a constelação de satélites da SpaceX, cujo CEO é o multimilionário Elon Musk e que tem como objetivo levar Internet de banda larga a todos …