“Abusei da amizade”. Santos Silva confessa que pediu ajuda a Sócrates num concurso público

Luís Ruivo / Lusa

O empresário Carlos Santos Silva à chegada para o segundo dia de audição no Tribunal Central de Instrução Criminal.

O empresário Carlos Santos Silva confessou no primeiro dia de interrogatório com Ivo Rosa que chegou a sugerir ao antigo primeiro-ministro José Sócrates que o ajudasse num concurso público em que o Grupo Lena participou.

De acordo com a SIC Notícias, que teve acesso a parte do interrogatório no âmbito da Operação Marquês, Santos Silva admitiu ter “abusado da amizade” com o ex-primeiro-ministro, mas garantiu que foi o próprio José Sócrates a travar o assunto.

Não resisto a contar um pequeno episódio (…) Não o devia ter feito. Mas uma vez pedi uma coisa ao engenheiro José Sócrates”, disse o alegado “testa de ferro” de José Sócrates ao juiz de instrução Ivo Rosa.

Em causa estava um concurso público de 2000 para o saneamento das águas dos dos rios Zêzere e Coa. O Grupo Lena, conta a SIC, tinha uma proposta 300 mil euros mais barata do que a melhor classificada no concurso e Santos Silva decidiu levar o assunto a Sócrates.

“Comentei com ele essa situação. Dessa vez tive essa libertinagem. Sabe o que aconteceu? Ele [Sócrates] disse: ‘Nunca mais me fales disso. Não me fales de uma coisa dessas’ (…) E sabe o que aconteceu? Perdemos”, disse o empresário da Covilhã.

Santos Silva utilizou este exemplo no primeiro de três dias de interrogatório para afirmar a Ivo Rosa que Sócrates nunca intercedeu em nenhuma situação para beneficiar o Grupo Lena, ao contrário do que sustenta a acusação do Ministério Público.

“Relatei esse episódio em que abusei da amizade. Mas nunca falei com o engenheiro José Sócrates sobre qualquer empresa”, apontou Santos Silva.

Questionado pelo juiz de instrução sobre se nunca tinha falado com José Sócrates, como seu amigo, sobre a internacionalização do Grupo Lena, o empresário da Covilhã respondeu negativamente. “Não. Em situação alguma”.

Carlos Santos Silva é acusado de 33 crimes entre os quais corrupção passiva e ativa, branqueamento de capitais, falsificação de documentos, fraude fiscal e fraude fiscal qualificada no âmbito da Operação Marquês.

O processo, que tem José Sócrates como principal arguido, teve início a 19 de julho de 2013 e culminou na acusação a 28 arguidos – 19 pessoas e nove empresas – pela prática de quase duas centenas de ilícitos económico-financeiros.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. As Televisões e outros meios de comunicação social já fizeram e durante muito tempo, um julgamento público de factos e pessoas, que serão irreversíveis…Agora só nos resta esperar pelos factos, verdadeiramente provados, referentes às acusações feitas, e pelo desfecho final…

      • Enganaste-te no local, ò garanhão.
        Onde é que viste um ataque a um comentário de outro leitos?!
        Espero que o Pai Natal te traga uns óculos de casca-de 4-laranja, para te ajudar a enxergar num futuro próximo.
        Até lá vais continuar cegueta…

  2. Mas que grande “salganhada”
    quem dá e reparte e não fica com a melhor parte “OU É PARVO, OU NÃO TEM ARTE”.

  3. Isto é o que dá quando a Justiça entrega a Comunicação Social acusações ainda não fundamentadas depois dá nisto.
    Afinal onde está o segredo de justiça.!, Não compete a comunicação social interferir em processos sobretudo com elevada complexidade enquanto vimos outros processos que não são investigados onde outros políticos fora acusados em contratos ruinosos para o estado e nunca mais se ouviu falar nesses casos, existiu sim a falta de informação da Comunicação Social, queira queira quer não o que é verdade é que chegamos a conclusão que logo no início de um processo existe interesses que todos sabemos quem são e a razão que os leva á decisão de julgar ou não e contra isso nada se pode fazer, os poderosos não olhem a meios para atingir seus fins, muitas cabras e Cabritos , quando se chega a este nível na justiça, passa a ser uma telenovela para alimentar a Comunicação Social que deixou de ser um meio de informação para se dedicar ao lucro das audiências que é isso que lhes interessa não olhando a meios para cumprir as ordens de todo o tipo de desinformação ao serviço do patronato de seus cordeiros e Cabritos, enquanto outros batem como de um jogo de futebol se tratasse

  4. Enfim,era melhor estar calado,e não gozar com a paciência das pessoas!! Elas pagam se neste mundo e não no outro!!

    • Isso, Tomé, é o que havemos de ver…
      Até lá, sou como São Tomé: só acredito quando eu ver!
      Assim, só acredito que a associação criminosa de altos dirigentes – nomeadamente de titulares de altos cargos públicos – é efectivamente punida como ela merece, quando isso acontecer de facto.
      Porque até lá…continuo em descrença.

RESPONDER

2020 regista descida de acidentes rodoviários, mortos e feridos durante os primeiros 8 meses

O número de acidentes rodoviários, de vítimas mortais e de feridos diminuiu nos primeiros oito meses deste ano, em relação ao período homólogo de 2019, indica um relatório da Segurança Rodoviária. A Autoridade Nacional de Segurança …

Suspeito do ataque junto ao Charlie Hebdo acusado de tentativa de homicídio

O suspeito de ferir gravemente duas pessoas, na passada sexta-feira, à porta da antiga redação do semanário Charlie Hebdo, em Paris, foi acusado de "tentativa de homicídio relacionada com motivação terrorista", segundo a AFP. A informação …

SNS24 encaminhada crianças para a urgência "sem critério clínico", diz Ordem dos Médicos do Centro

A Ordem dos Médicos do Centro lamentou hoje que a linha SNS 24 esteja a encaminhar crianças "sem critério clínico" para as urgências hospitalares e pediu a definição urgente de "um plano seguro e com …

13 de outubro em Fátima com lotação reduzida a 6.000 fiéis

O Santuário de Fátima estima a presença de seis mil pessoas no recinto durante a peregrinação de 12 e 13 de outubro, estando prevista a colocação de círculos no chão, que reforçará a distância entre …

Jovem de 22 anos detido por suspeitas de burla de milhares de euros no MB Way

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um indivíduo, de 22 anos, suspeito de diversos crimes de burla informática, falsidade informática, acesso ilegítimo e branqueamento de capitais, estando em causa um montante de dezenas de milhares de …

Nagorno-Karabakh. Alta Comissária da ONU insta a um "cessar-fogo imediato"

A Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos manifestou, esta terça-feira, a sua preocupação face ao aumento das hostilidades entre o Azerbaijão e os separatistas arménios no enclave de Nagorno-Karabakh, instando as partes a …

Rio duvida que país consiga investir verba prevista para setor público

O presidente do PSD, Rui Rio, manifestou esta quarta-feira dúvidas de que o país consiga investir toda a verba prevista pelo Governo no plano de recuperação para a administração pública, prometendo que o documento social-democrata …

MP acusa três inspetores do SEF de homicídio de imigrante ucraniano

O Ministério Público acusou esta quarta-feira três inspetores do SEF do homicídio qualificado de um cidadão ucraniano, ocorrido a 12 de março no Centro de Instalação Temporária do Aeroporto de Lisboa. Segundo uma nota da Procuradoria …

UE prepara lei que obriga gigantes tecnológicas a partilhar dados

A União Europeia (UE) está a preparar-se para forçar as gigantes tecnológicas a partilharem os dados que têm dos consumidores com empresas rivais menores, de acordo com uma nova lei que a Comissão Europeia está …

Morreu Quino, criador de Mafalda

O autor argentino Quino, célebre por ter criado a contestatária personagem de banda desenhada Mafalda, morreu esta quarta-feira em Mendoza, na Argentina, aos 88 anos, revelou a agência Efe. De acordo com o jornal argentino Clarín, …