“Abusei da amizade”. Santos Silva confessa que pediu ajuda a Sócrates num concurso público

Luís Ruivo / Lusa

O empresário Carlos Santos Silva à chegada para o segundo dia de audição no Tribunal Central de Instrução Criminal.

O empresário Carlos Santos Silva confessou no primeiro dia de interrogatório com Ivo Rosa que chegou a sugerir ao antigo primeiro-ministro José Sócrates que o ajudasse num concurso público em que o Grupo Lena participou.

De acordo com a SIC Notícias, que teve acesso a parte do interrogatório no âmbito da Operação Marquês, Santos Silva admitiu ter “abusado da amizade” com o ex-primeiro-ministro, mas garantiu que foi o próprio José Sócrates a travar o assunto.

Não resisto a contar um pequeno episódio (…) Não o devia ter feito. Mas uma vez pedi uma coisa ao engenheiro José Sócrates”, disse o alegado “testa de ferro” de José Sócrates ao juiz de instrução Ivo Rosa.

Em causa estava um concurso público de 2000 para o saneamento das águas dos dos rios Zêzere e Coa. O Grupo Lena, conta a SIC, tinha uma proposta 300 mil euros mais barata do que a melhor classificada no concurso e Santos Silva decidiu levar o assunto a Sócrates.

“Comentei com ele essa situação. Dessa vez tive essa libertinagem. Sabe o que aconteceu? Ele [Sócrates] disse: ‘Nunca mais me fales disso. Não me fales de uma coisa dessas’ (…) E sabe o que aconteceu? Perdemos”, disse o empresário da Covilhã.

Santos Silva utilizou este exemplo no primeiro de três dias de interrogatório para afirmar a Ivo Rosa que Sócrates nunca intercedeu em nenhuma situação para beneficiar o Grupo Lena, ao contrário do que sustenta a acusação do Ministério Público.

“Relatei esse episódio em que abusei da amizade. Mas nunca falei com o engenheiro José Sócrates sobre qualquer empresa”, apontou Santos Silva.

Questionado pelo juiz de instrução sobre se nunca tinha falado com José Sócrates, como seu amigo, sobre a internacionalização do Grupo Lena, o empresário da Covilhã respondeu negativamente. “Não. Em situação alguma”.

Carlos Santos Silva é acusado de 33 crimes entre os quais corrupção passiva e ativa, branqueamento de capitais, falsificação de documentos, fraude fiscal e fraude fiscal qualificada no âmbito da Operação Marquês.

O processo, que tem José Sócrates como principal arguido, teve início a 19 de julho de 2013 e culminou na acusação a 28 arguidos – 19 pessoas e nove empresas – pela prática de quase duas centenas de ilícitos económico-financeiros.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. As Televisões e outros meios de comunicação social já fizeram e durante muito tempo, um julgamento público de factos e pessoas, que serão irreversíveis…Agora só nos resta esperar pelos factos, verdadeiramente provados, referentes às acusações feitas, e pelo desfecho final…

      • Enganaste-te no local, ò garanhão.
        Onde é que viste um ataque a um comentário de outro leitos?!
        Espero que o Pai Natal te traga uns óculos de casca-de 4-laranja, para te ajudar a enxergar num futuro próximo.
        Até lá vais continuar cegueta…

  2. Mas que grande “salganhada”
    quem dá e reparte e não fica com a melhor parte “OU É PARVO, OU NÃO TEM ARTE”.

  3. Isto é o que dá quando a Justiça entrega a Comunicação Social acusações ainda não fundamentadas depois dá nisto.
    Afinal onde está o segredo de justiça.!, Não compete a comunicação social interferir em processos sobretudo com elevada complexidade enquanto vimos outros processos que não são investigados onde outros políticos fora acusados em contratos ruinosos para o estado e nunca mais se ouviu falar nesses casos, existiu sim a falta de informação da Comunicação Social, queira queira quer não o que é verdade é que chegamos a conclusão que logo no início de um processo existe interesses que todos sabemos quem são e a razão que os leva á decisão de julgar ou não e contra isso nada se pode fazer, os poderosos não olhem a meios para atingir seus fins, muitas cabras e Cabritos , quando se chega a este nível na justiça, passa a ser uma telenovela para alimentar a Comunicação Social que deixou de ser um meio de informação para se dedicar ao lucro das audiências que é isso que lhes interessa não olhando a meios para cumprir as ordens de todo o tipo de desinformação ao serviço do patronato de seus cordeiros e Cabritos, enquanto outros batem como de um jogo de futebol se tratasse

  4. Enfim,era melhor estar calado,e não gozar com a paciência das pessoas!! Elas pagam se neste mundo e não no outro!!

    • Isso, Tomé, é o que havemos de ver…
      Até lá, sou como São Tomé: só acredito quando eu ver!
      Assim, só acredito que a associação criminosa de altos dirigentes – nomeadamente de titulares de altos cargos públicos – é efectivamente punida como ela merece, quando isso acontecer de facto.
      Porque até lá…continuo em descrença.

RESPONDER

Há seis queixas de violência policial por semana

Em Portugal, são apresentadas em média seis queixas semanais por violência policial, escreve o semanário Expresso na sua edição deste fim-de-semana, citando os dados mais recentes da Procuradoria-Geral da República. De acordo com os números, relativos …

CRISPR tornou galinhas resistentes a um vírus comum

A técnica de edição genética CRISPR tem sido usada para tornar as galinhas resistentes a um vírus comum, uma abordagem que poderia aumentar a produção de ovos e de carne em todo o mundo. Mesmo quando …

A Cybertruck de Musk poderá ser "incrivelmente barata" de produzir

A Cybertruck de Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, pode ser "incrivelmente barata" de produzir graças à sua inovadora tecnologia de carroçaria, afirmou um especialista em entrevista à Autoline Network. O engenheiro Sandy …

Novo estudo associa o burnout a uma consequência fatal

Uma nova investigação associa o burnout a um aumento de até 20% no risco de desenvolver fibrilhação auricular, a arritmia crónica mais frequente. O burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stress excessivo devido a uma …

Pinto da Costa diz ter total confiança em Sérgio Conceição

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, garantiu que tem "total confiança nos jogadores e no treinador", Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição, de acordo com a newsletter oficial dos …

Isabel dos Santos utilizou três identidades para entrar e sair de Portugal

A empresária angola Isabel dos Santos utilizou três documentos de identificação distintos durante as últimas viagens que fez entre Portugal e o Reino Unido. "Izabel Dosovna Kukanova", "Isabel José dos Santos" e "Santos Isabel" foram as …

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …

Portugueses vencem "Óscares" de animação em Los Angeles

O filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” da realizadora portuguesa Regina Pessoa, venceu este domingo o prémio de Melhor Curta Metragem e Sérgio Martins venceu a Melhor Direção de Animação em Longa Metragem, pelo …

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …