Salários continuam em atraso em “Ministério do Tempo”

(dr) RTP

Ministério do Tempo

O CENA-STE, Sindicato dos Trabalhadores do Espetáculo, do Audiovisual e dos Músicos, divulga hoje em comunicado que continuam em atraso, e sem garantias de pagamento, os salários dos trabalhadores da série Ministério do Tempo.

No dia 4 de julho, a organização sindical divulgou a paragem das gravações da segunda temporada da série. Os trabalhadores envolvidos na série divulgaram a situação nas redes sociais. Ministério do Tempo é produzida pela Just Up e transmitida pela RTP1.

Com o atraso no pagamento dos salários, os trabalhadores decidiram abandonar a produção a seis episódios do fim da segunda temporada. No recente comunicado d0 CENA-STE, a situação dos trabalhadores de Ministério do Tempo é considerada grave. Vários telespetadores terão também manifestado solidariedade e preocupação para com os trabalhadores. 

Dias depois, o sindicato reuniu-se com a Just Up que informou da possibilidade de no dia 14 de julho ter uma solução para o problema das dívidas.

O CENA-STE lamenta que “Passado este prazo, e apesar das nossas tentativas de contacto, continuamos sem novidades. O elenco e a equipa técnica continuam assim a ser lesados no seu direito fundamental de serem remunerados pelo trabalho feito”. 

Acrescenta ainda que as perspetivas de resolução do caso se apresentam cada vez mais dificultadas. E que, a cada dia, surgem informações que demonstram que o presente cenário tinha já sido previsto pela Just Up. A produtora terá decidido continuar uma produção que não teria as condições para terminar. 

Neste mesmo comunicado é feito um apelo à RTP para que ajude a esclarecer o que aconteceu de errado com a produção de Ministério do Tempo. Salientando-se que este caso pode vir a servir como exemplo para que no futuro não se repita uma situação semelhante. E por fim, o sindicato diz que vai tomar “as ações que necessárias para fazer valer os direitos dos trabalhadores em questão” e aconselha todos os profissionais do setor a não admitir que situações similares lhes sejam impostas.

Ministério do Tempo ou mistério dos salários em atraso

Ministério do Tempo é um formato original da Veralia, uma empresa espanhola. Foi apresentado à RTP pela Iniziomedia, a empresa que produziu os 13 primeiros episódios, e acabou por abandonar a produção devido a vários problemas financeiros.

Quando toda a situação veio a público, também a RTP emitiu um comunicado. A mensagem do mesmo sustentava que independentemente dos futuros desfechos, que iria sempre lançar novas séries baseadas em propostas de produtoras. Vendo esta estratégia como “novas oportunidades de trabalho” para todos os profissionais envolvidos no processo de produção – equipas de escrita, atores, realizadores, equipas técnicas, entre outras.

No mesmo comunicado pode-se ler-se pela televisão pública que “Apesar de a RTP ser alheia aos problemas de incumprimento por parte da produtora, quer deixar uma palavra de solidariedade às equipas de profissionais da série ‘Ministério do Tempo’, desejando uma rápida resolução do impasse”.

A RTP esclareceu também que a Just Up terá informado quanto às dificuldades em fazer as gravações da segunda temporada da série Ministério do Tempo. No entanto, “não comunicou definitivamente a sua incapacidade” de continuar a produção da série televisiva.

No dia 4 de julho, o ator António Capelo, um dos protagonistas de Ministério do Tempo, tornou pública no Facebook uma carta que dá conta deste caso

PARTILHAR

RESPONDER

ANA avança com plano de "saídas voluntárias"

A ANA, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com "um plano de saídas voluntárias", no âmbito do redimensionamento das equipas. A ANA - Aeroportos de Portugal, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com “um plano de …

Cientistas detetaram estranhos objetos astronómicos circulares (e não fazem ideia do que são)

Recorrendo a telescópios, uma equipa de astrofísicos detetou quatro estranhos objetos astronómicos. Foram encontrados nos comprimentos de onda de rádio e são circulares e mais brilhantes do que as suas bordas. Estes estranhos e inesperados …

Especialista alerta sobre possíveis vírus extraterrestres que podem chegar à Terra em futuras missões

O cientista e antigo colaborador da NASA Scott Hubbard alertou para a possível chegada de vírus extraterrestres à Terra em futuras missões espaciais, notando que o interesse pela exploração do Espaço tem aumentado. O antigo …

Covid-19. A morada e a cor da pele são um fator de risco no Brasil

Enquanto que na Europa a idade é um fator de risco da covid-19, no Brasil, o sítio onde moram e a cor da sua pele definem essa fronteira entre os que têm maior ou menor …

Lagos dos Estados Unidos estão a ficar cobertos de verde. Nem os mais remotos escapam

Vários lagos montanhosos dos Estados Unidos estão a tornar-se verdes devido ao crescimento de algas que prosperam por causa das alterações climáticas, concluiu um estudo conduzido por cientistas da Universidade do Colorado. De acordo com a …

No Algarve, metade dos casos de infeção resultaram de transmissão social

Um estudo apresentado na última reunião do Infarmed, em Lisboa, veio estabelecer uma relação entre a propagação do vírus no Algarve e o fator social. De acordo com o estudo, apresentado na última reunião do Infarmed, …

Numa operação inédita de 18 horas, gémeas siamesas unidas pelo crânio foram separadas com sucesso

Ervina e Prefina, com 2 anos, nasceram com os crânios unidos, uma das formas mais raras e complexas de fusão craniana e cerebral conhecidas como "craniófago total posterior". Agora, médicos em Itália conseguiram separá-las numa operação …

Família de Pablo Escobar está a processar um rapper norte-americano. Exige-lhe 10 milhões

A família Pablo Escobar, morto em dezembro de 1993 na Colômbia, está a processar o rapper norte-americano Tauheed Heakeen Epps, mais conhecido como 2 Chainz, por usar o nome do narcotraficante num negócio. De acordo com …

Steve Jobs acreditava na eficiência do teletrabalho já em 1990

O fundador da Apple, Steve Jobs, que faleceu em outubro de 2011, dizia acreditar na eficiência do trabalho remoto já em 1990. A pandemia de covid-19, que já matou mais de 500 mil pessoas me todo …

Era mais do que uma nota. Sobrevivente de Auschwitz vai conhecer família de soldado que a libertou

Lily Ebert, de 90 anos, sobreviveu ao Holocausto. No campo de concentração de Auschwitz, recebeu uma nota alemã de um soldado judeu norte-americano que a libertou e lhe deu esperança. Agora, vai conhecer a família …