Salamandra pré-histórica gigante encontrada no Algarve

Joana Bruno

A nova espécie Metoposaurus algarvensis, encontrada no Algarve por Octávio Mateus et al (conceito artístico da ilustradora científica Joana Bruno).

Antes de os dinossauros terem surgido para dominar a Terra, um dos maiores predadores do planeta era um anfíbio semelhante a uma salamandra, que viveria nas zonas tropicais do super-continente Pangea. Restos fossilizados desse predador foram agora encontrados em Loulé, no Algarve, por uma equipa de arqueólogos.

Os fósseis, descobertos num leito de ossos com cerca de 40 cm de espessura, sugerem que a criatura teria mais de 2 metros de comprimento, pesaria cerca de 100 quilos, e teria uma cabeça achatada em forma de tampo de sanita.

A descoberta, publicada esta segunda-feira no Jornal de Paleontologia Vertebrada, foi feita por uma equipa de arqueólogos da qual fez parte o paleontologista português Octávio Mateus, investigador da Universidade de Lisboa e fundador do Museu da Lourinhã.

A nova espécie foi baptizada Metoposaurus algarvensis em honra do local da descoberta. Teria vivido há cerca de 230 milhões de anos, no Triássico Superior, e seria uma das maiores espécies conhecidas de metoposauros.

Embora o seu nome tenha herdado a terminação grega “sauro”, que significa “lagarto”,  estas criaturas são na realidade anfíbios.

Segundo os investigadores, citados pela revista Science, a área de escavações com apenas 4 m2, na qual foram encontrados 10 crânios da salamandra gigante e centenas de outros restos, sugere que as criaturas se manteriam concentradas na zona, e terão morrido quando o seu habitat secou.

Com membros demasiado franzinos para poder suportar o seu peso, a criatura deveria manter-se na água a maior parte do tempo, alimentando-se de pequenos ancestrais de dinossauros ou mamíferos que se aventurassem demasiado perto das margens.

Este é o primeiro anfíbio deste período descoberto na Península Ibérica, mas foram encontrados anteriormente depósitos fósseis de metoposauros semelhantes em regiões que são actualmente partes de África, Europa e América do Norte – o que poderá indicar que o clima na altura seria altamente imprevisível e dado a secas prolongadas.

Richard Butler, investigador da Universidade de Birmingham e um dos autores do estudo, explicou ao Telegraph que “os anfíbios modernos são relativamente pequenos e inofensivos”.

“Mas nos tempos do Triássico Superior estes predadores gigantes devem ter tornado os lagos e rios locais bastante desagradáveis para se viver“, acrescenta Butler.

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. …. 2 metros de cumprimento,….

    Os fósseis, descobertos num leito de ossos com cerca de 40 cm de espessura, sugerem que a criatura teria mais de 2 metros de cumprimento, ….

    Vá lá meninos, corrijam a gralha!

  2. não vejo onde esteja a gralha, desde quando comprimento é proporcional a diametro. por esse ponto de vista uma anaconda deveria ter 1.5 m de grosso

    • ò Xôr Jaquim

      Quando o assunto é medidas, escreve-se cOmprimento… com OOOOOOOOOOOOOO

      Quando há saudação, escreve-se ou dá-se um cUmprimento …. com UUUUUUUUUUUUUUU

      Perxebeu xôr Jaquim, ou quer que le faxa um dejeinho?!

  3. Realmente, depois da salamandra gigante, os predadores nunca mais deixaram o Algarve. Veremos quem se segue ao Zé Zé Camarinha 😉

Nova aplicação deteta insuficiência cardíaca através da voz

Foi desenvolvida uma nova aplicação para smartphones que prevê a insuficiência cardíaca através da voz. A tecnologia baseia-se num dos sintomas mais comuns: a falta de ar. O sintoma mais comum da insuficiência cardíaca é a …

Atividade física ajuda a prevenir a perda de visão

Uma nova investigação sugere que o exercício físico pode ser um componente-chave na prevenção da perda de visão. Os benefícios da atividade física são cada vez mais conhecidos, mas há alguns que devem ser tidos em …

Dubai vai construir uma cidade marciana no deserto

O Dubai tem em mãos um projeto ambicioso: a construção de uma cidade marciana. O projeto foi apresentado por uma empresa sediada em Copenhaga e Nova Iorque e é uma parte do plano dos Emirados …

Coreia do Norte voltou a rejeitar negociações com os Estados Unidos

A Coreia do Norte disse, esta terça-feira, que não tenciona retomar o diálogo com os Estados Unidos, quando o vice-secretário de Estado norte-americano, Stephen Biegun, chegou à Coreia do Sul para discutir diplomacia nuclear. Num comunicado …

Construiu uma cadeira de rodas com bicicletas elétricas para a namorada. Agora, vai produzi-la em massa

Para Zack Nelson, construir esta  peça inovadora de engenharia foi "super divertido e surpreendentemente simples". Há cerca de um ano, Zack Nelson, o youtuber de tecnologia do canal JerryRigEverything, uniu duas bicicletas elétricas para criar uma …

A reeleição de Trump nunca esteve tão ameaçada. A culpa é do pessimismo dos americanos

A gestão do Presidente norte-americano face à pandemia e a perspetiva de uma crise económica ameaçam a reeleição de Donald Trump. Um estudo de opinião da Fundação Peter G Peterson para o The Financial Times indica …

Ministros da Indonésia promovem colar de eucalipto como cura para a covid-19

O ministro da Agricultura da Indonésia foi muito criticado por especialistas por alegar que um colar feito de eucalipto pode ajudar a impedir a transmissão da covid-19. Segundo o The Guardian, o ministro da Agricultura da …

SATA pede auxílio ao Estado no valor de 163 milhões de euros

A SATA, companhia aérea detida a 100% pela Região Autónoma dos Açores, precisa do valor até ao final do ano para pagar dívidas. A SATA pediu um auxílio ao Estado de 163 milhões de euros para …

Cortiça portuguesa usada em foguetões da Space X

A Corticeira Amorim forneceu a Space X, de Elon Musk, para componentes usados nos foguetões espaciais da empresa, adiantou o presidente da empresa, António Rios Amorim. "É o nosso maior cliente [deste segmento] neste momento desde …

Pandemia põe em risco mais de 40% dos empregos no Algarve

Além do Algarve, outros destinos turísticos europeus, como ilhas do sul da Grécia, Canárias e Baleares, estão também em risco. As regiões onde o turismo tem mais peso enfrentam um risco maior de destruição de emprego, …