De saída da Presidência da Bolívia, Morales acusa: “golpistas estão a destruir o Estado de Direito”

Ministerio de Relaciones Exteriores from Perú / Wikimedia

Evo Morales, o Presidente demissionário da Bolívia

O Presidente demissionário da Bolívia, Evo Morales, denunciou no domingo, “perante o mundo e o povo boliviano”, que “um agente da polícia anunciou publicamente que tem instruções para executar um mandado de prisão ilegal” contra ele.

Horas antes, Evo Morales tinha-se demitido da presidência do país na sequência de semanas de protestos após a sua reeleição, contestada nas ruas como fraudulenta. No mesmo dia, os chefes das Forças Armadas e da Polícia da Bolívia já haviam exigido que o Presidente saísse para que a estabilidade e a paz pudessem regressar ao país, divulgou esta segunda-feira o Expresso.

No Twitter, Evo Morales queixa-se ainda que “grupos violentos assaltaram” a sua casa e que “os golpistas estão a destruir o Estado de Direito”.

A renúncia, anunciada na televisão nacional, foi acompanhada pela demissão do vice-Presidente, Álvaro García Linera.

Explicando os motivos para o seu afastamento do cargo, Evo Morales apontou o dedo ao seu principal rival nas eleições de 20 de outubro, Carlos Mesa, e ao advogado que tem liderado o movimento de protestos, Luis Fernando Camacho.

“Por que motivo tomei esta decisão? Para que Mesa e Camacho não continuem a perseguir os meus irmãos dirigentes sindicais. Para que Mesa e Camacho não continuem a queimar a casa dos governadores de Oruro e Chuquisaca”, disse no anúncio televisivo.

E acrescentou: “Lamento muito este golpe cívico e de alguns setores da polícia que se juntaram para atentar contra a democracia, contra a paz social com violência, com amedrontamento para intimidar o povo boliviano”.

O domingo tinha começado com o anúncio de que Evo Morales convocaria novas eleições, após a Organização dos Estados Americanos ter deliberado que as eleições do mês passado tinham sido fraudulentas.

“Nunca me esquecerei deste dia único”

Carlos Mesa reagiu agradecendo “à Bolívia, ao seu povo, aos jovens, às mulheres, ao heroísmo da resistência pacífica”. “Nunca me esquecerei deste dia único. O fim da tirania”, garantiu, reiterando que se sente “agradecido como boliviano por esta lição” e proclamando: “Viva a Bolívia!”.

Além de Evo Morales e do seu vice, renunciaram igualmente a presidente do Senado, Adriana Salvatierra, e o presidente da Câmara dos Deputados, Víctor Borda. Já a presidente do Supremo Tribunal Eleitoral, María Eugenia Choque Quispe, que tinha renunciado ao cargo de manhã, foi detida pela polícia após a renúncia de Evo Morales.

Entretanto, o ministro mexicano dos Negócios Estrangeiros, Marcelo Ebrard, fez saber que o seu país daria asilo a Evo Morales se este lho pedisse, informando ter recebido 20 funcionários e deputados bolivianos na sua residência em La Paz. O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, reconheceu no Twitter “a atitude responsável de Morales, que preferiu renunciar a expor o seu povo à violência”.

O Governo cubano expressou a sua solidariedade com o Presidente cessante, enquanto Gleisi Hoffmann, a presidente nacional do Partido dos Trabalhadores brasileiro, de Lula da Silva, disse que “a direita não combina com a democracia” e denunciou o que apelidou de “outro golpe na América Latina”.

ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Morales esse maravilho democrata de extrema esquerda, que quando fez o referendo a se poderia concorrer a 3º mandato e o perdeu, a resposta foi concorrer de novo

  2. Foi só o Moro apertar o cerco aos traficantes que o chefe deles perdeu o financiamento. Lugar de cocaleiro é na cadeia.

  3. O livro Cerebrsky fala da iancada da cia, pentagono e outros terroristas do eua que os ianques devem levar esse caos a todos os paises que não se verguem aos interesses desses terroristas ianques.

  4. Pois, mesmo?
    Eleito a primeira vez sob uma constituição que vetava duas reeleições tentou, sob pretextos mais que duvidosos, alçar-se novamente ao cargo, usando plebiscito. Ocorre que a plebe em seu saber não decretou legítima sua pretenção. Apelou então ao direito torto que é produzido em cortes como a da Bolívia e do Brasil, onde conseguiu conspurcar (com ajuda do judiciário partidário, ideológico e nada isento) a constituição; a segurança jurídica e a tal democracia. Diante da iminência de derrota nas urnas (o plebiscito não serviu-lhe de lição) tentaram a fraude eleitoral. Ao final pretende fazer-se de vítima. Tenha dó!

  5. Este pelos vistos estava na intenção de se perpetuar no tempo como presidente a exemplo de alguns “democratas” do seu continente, ambições desmedidas!.

RESPONDER

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …

Al Gore diz ser o maior fã de Greta Thunberg

Al Gore, antigo vice-presidente de Barack Obama e autor do documentário ambiental "Uma verdade inconveniente", elogiou esta semana o trabalho desenvolvido pela ativista sueca Greta Thunberg, dizendo ser o seu maior fã. "Sou o seu …

A água é comum nos mundos extraterrestres (mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava)

A presença de água em exoplanetas é comum, mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Para chegar a …

"Encontrei a minha alma gémea". Presidente do Flamengo disposto a (quase) tudo para segurar Jesus

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, ficou encantado com Jorge Jesus logo quando o conheceu. É o que o dirigente diz numa entrevista, onde admite que encontrou a sua "alma gémea", não revelando dados sobre …

COP25: uma traição ao Acordo de Paris "e às pessoas em todo o mundo"

Organizações não governamentais ambientalistas consideraram que os projetos de resolução que a cimeira do clima da ONU tem para aprovar são "uma traição" do Acordo de Paris e dos milhões de pessoas que sofrem com …

Governo admite novo aumento extra das pensões (com a simpatia das Finanças e de olho na geringonça)

O Governo está a equacionar um novo aumento extraordinário das pensões no âmbito da preparação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). A medida agrada a PCP e Bloco de Esquerda e terá …

Na última noite no Porto, Óliver foi sozinho à Ponte D. Luís (e vieram-lhe as lágrimas aos olhos)

O médio espanhol Óliver Torres confessa que a sua saída do Porto foi "emotiva" e que se despediu do clube e da cidade na Ponte D. Luís, de noite e sozinho, com "as lágrimas nos …

Costa e Centeno discutiram no Conselho Europeu (e foi Centeno quem ganhou)

António Costa e Mário Centeno envolveram-se numa "discussão directa" em pleno Conselho Europeu que deixou os restantes membros do Eurogrupo perplexos. Em causa esteve o primeiro orçamento da Zona Euro, com o primeiro-ministro de Portugal …