Ryanair e sindicato dos tripulantes em desacordo sobre novos contratos de trabalho

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) tem recusado chegar a acordo com a Ryanair em relação aos novos contratos de trabalho, alegando que a empresa está a propor a renovação dos mesmos com uma remuneração abaixo do salário mínimo nacional.

Em entrevista ao Expresso, divulgada na terça-feira, o presidente executivo da Ryanair, Eddie Wilson, disse que esta está a propor “uma redução temporária de salário para poder manter o máximo de postos de trabalho” durante a crise provocada pela covid-19. De acordo com o jornal, a proposta da redução de salário é por quatro anos.

O responsável, que indicou estar a fazer acordos com os aeroportos e trabalhadores da Ryanair, informou que os únicos que não aceitaram foram os funcionários na Bélgica e o Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC).

“Os trabalhadores da Ryanair ganham cerca de 20 mil euros por ano. Não sei como é que alguém na imprensa pode dizer que ganham abaixo do salário mínimo. É a maior ‘fake news’ que eu ouvi desde sempre”, indicou, acrescentando: “É uma falta de bom senso e maior lixo que eu já ouvi”.

“Em Portugal neste momento há falhas de informação sobre o que está a acontecer nas negociações com o sindicato dos tripulantes. Infelizmente não estamos a conseguir chegar a acordo. E se não chegarmos a acordo, vamos ter menos tráfego e vamos ter menos emprego em Portugal. Tenho lido que estamos a oferecer contratos abaixo do salário mínimo. Onde foram buscar essa ideia? As pessoas não têm calculadoras em Portugal?”, indagou Eddie Wilson.

E continuou: “Pagamos mais aos tripulantes de cabine do que se paga a professores e enfermeiros em Portugal”. “Os nossos trabalhadores ganham cerca de 20 mil euros por ano. E estamos a falar de um emprego que é essencialmente um part time. Trabalham 12 dias por mês. É um bom trabalho. É um emprego com responsabilidade e é bem pago”, acrescentou ainda.

“Os professores (em início de carreira) em Portugal ganham 14 mil euros por ano, um membro de cabine da Ryanair, com seis semanas de treino e 19 anos de idade pode ganhar mais do que isso”, sublinhou, frisando: “Olhem para os factos. Nós pagamos aos nossos trabalhadores entre 18 mil a 40 mil euros por ano”.

Para Eddie Wilson, a Ryanair é “dos empregadores que mais paga em Portugal”. “Cerca de 20% da tripulação da Ryanair na Europa é portuguesa. Somos grandes empregadores de portugueses na Irlanda, na Alemanha, por todo o lado. São trabalhadores fantásticos”.

“Ninguém deixa a Ryanair em Portugal. Temos zero demissões e estamos cá há muitos anos. Há há nenhuma questão face ao salário mínimo. É uma mentira”, apontou, salientando: “Tivemos sucesso com os pilotos portugueses, mas com a tripulação não. Mas estamos confiantes que vamos chegar a acordo com eles. Queremos preservar o máximo de número de postos de trabalho em Portugal. Vemos grande capacidade em Portugal”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Federer acusado de manobrar a tabela ATP

Contas da associação de tenistas foram alteradas por causa do coronavírus. Roger Federer está no quinto lugar mas só disputou um torneio ao longo de 2020. Em ano anormal, contas anormais: a tabela oficial da Associação …

Astrónomo do Instituto SETI garante que vamos encontrar extraterrestres até 2036

Seth Shostak, astrónomo e astrofísico do Instituto SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence) está convencido de que os humanos vão encontrar uma civilização extraterrestre inteligente até 2036. “O SETI duplica a velocidade aproximadamente a cada dois anos …

Mais leve e elegante. Assim é a nova e-bike que vai chegar às ruas da Europa

A startup Urban Cycles Oy, com sede em Helsínquia, demarcou uma espécie de lacuna no mercado europeu de bicicletas elétricas e por isso quis preenchê-la. O objetivo era produzir uma bicicleta elegante e mais leve. Um …

Incêndio reduz a maior ilha de areia do mundo a metade. É Património da Humanidade

Quase metade de Fraser, a maior ilha de areia do mundo, que se situa no nordeste da Austrália e foi classificada como Património da Humanidade pela UNESCO, foi destruída por um incêndio florestal. O incêndio queimou …

"Toca de bruxaria" permaneceu até agora numa casa do século XVI. Encontrados crânios de cavalo e veneno

Uma casa cheia de objetos ocultos foi recentemente alvo de grande interesse. O espaço estava localizado dentro de numa casa do século XVI no País de Gales, e encontrava-se repleto de objetos ocultos, incluindo crânios …

Em 1843, o primeiro cartão de Natal foi considerado "escandaloso" (agora vai ser leiloado pela Christie)

Um exemplar do primeiro cartão de Natal impresso comercialmente, em 1843, que retratava uma cena da era vitoriana que escandalizou a população, vai ser posto à venda esta sexta-feira e é considerado um item raríssimo. Este …

Marcelo quer alívio de restrições no Natal sem pôr em xeque janeiro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta sexta-feira esperar que a "possível exceção" no Natal ao quadro de restrições para conter a covid-19 "seja bem entendida e bem vivida" e não provoque …

Bill Gates diz que o mundo estará de volta à normalidade já na primavera de 2021

Bill Gates, que desde 2015 tinha vindo a lançar alguns alertas sobre uma possível pandemia, deixou agora uma mensagem de esperança ao dizer que acredita que os EUA irão voltar ao normal na primavera de …

Mais um passo na hegemonia. China constrói aldeia nos Himalaias, em zona também disputada pela Índia e pelo Butão

Novas imagens de satélite mostram que a China construiu uma aldeia nos Himalaias, ao longo de uma fronteira que também é disputada pela Índia e pelo Butão, e que foi palco de um impasse agressivo …

João Félix eleito jogador do mês da liga espanhola. Ronaldo vence prémio em Itália

O português João Félix, do Atlético de Madrid, foi eleito o melhor jogador da Liga espanhola de futebol do mês de novembro. O luso revelou-se uma peça fundamental durante todo o mês e ajudou a equipa …