Rússia quer “curar” a homossexualidade com hipnose e água benta

Banitsa / Flickr

-

Ser gay deixou de ser considerado oficialmente um transtorno mental na Rússia há quase duas décadas. O país retirou, em 1999, a homossexualidade da lista de doenças mentais, com 26 anos de atraso em relação aos EUA e 7 anos depois da Organização Mundial da Saúde (OMS).

No entanto, ainda existe muita homofobia no país, e há quem ofereça controversos métodos de “cura gay”. Após denúncias de perseguições a homossexuais na Chechénia, vários homossexuais começaram a relatar os impactos “catastróficos” destas terapias nas suas vidas.

Um dos pioneiros nesses “tratamentos” contra a homossexualidade é o psicoterapeuta Yan Goland, 80, que alega ter “curado” 78 homossexuais e 8 transexuais através de um método que inclui “extinguir” a atração por pessoas do mesmo sexo com sessões de hipnose que podem durar até oito horas.

“Quando alguém marca uma consulta comigo, mostro casos semelhantes, o antes e o depois das terapias. O paciente enche-se de esperanças e entende que tem de realizar um tratamento, que pode durar entre 8 e 18 meses. No caso dos transexuais, pode estender-se até 2 anos e meio. Uma vez tive uma paciente particularmente difícil e trabalhei com ela durante oito anos”, afirmou o especialista à BBC.

Na segunda fase do tratamento, o objetivo é criar atração pelo sexo oposto, e o método consiste em incentivar os pacientes homens a olharem para as mulheres como um objeto sexual.

“Digo aos meus pacientes: ande pela rua e olhe para todas as mulheres jovens com as quais se cruzar. Escolha a melhor”, explica Goland, sublinhando que o último passo da terapia inclui fazer sexo com pessoas do sexo oposto.

Yuri, de 40 anos, foi paciente de Goland, e diz que iniciou o “tratamento contra a homossexualidade” em 1990 porque queria “acordar e seguir o caminho certo“. No entanto, afirma que a terapia destruiu a sua vida sexual.

“O resultado foi, sem nenhuma dúvida, negativo. Para ser sincero, foi catastrófico”, adiantou Yuri.

Na Rússia, vários sites oferecem consultas médicas, sendo que um direciona os homossexuais para os irmãos Nikitenko, que se descrevem como psico-hipnotizadores e oferecem um curso de dois meses de áudio-hipnose, em que cada sessão custa 80 euros.

Nikolai Nikitenko diz ver a homossexualidade como um tipo de transtorno obsessivo compulsivo, alegando que “quando se vê pornografia ou se pratica sexo gay, cria-se uma nova via neural no cérebro”.

“O paciente treinou-se para se tornar gay, então vamos treiná-lo para que seja heterossexual e assim não terá que se preocupar em controlar os seus sentimentos”, declara Nikitenko que garante ter “tratado” sete homossexuais.

Organizações religiosas

No Brasil também há várias organizações religiosas russas que oferecem “tratamentos” para homossexuais.

O pastor Yevgeny Peresvetov, líder da organização protestante Vosstanovleniye (que significa “ressurreição” e “reabilitação”), promete ajudar gays a “rejeitar” sua sexualidade.

“Praticamente todos os homossexuais sofrem com a homossexualidade”, afirmou Peresvetov, sublinhando que a atração sexual e emocional por alguém do mesmo sexo é uma “perversão de ordem espiritual”.

Maria, de 27 anos, foi obrigada a ser “tratada” quando tinha 13 anos de idade. “Não conseguia ouvir nada. Eu chorava e gritava, e eles continuavam a rezar. Na igreja, disseram que a minha atração por mulheres vinha de Satanás“, adiantou à BBC.

“Obrigaram a beber água benta. Às vezes batiam-me com varas. Ainda tenho pesadelos. Sinto que eles despedaçaram a minha mente”, destacou Maria.

ZAP // BBC

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Janeka o teu problema não será falta de “neca”? Lol
    A hipnose podes meter na tua cabeça e a água pela boca abaixo. Já quanto às rolhas, prefiro nem dizer. Tu para teres falado nelas sabes certamente para que te servem…

    • Há quem goste de umas ‘chicotadas’ diferentes, que não são nada dolorosas, pelo contrário. E são bem naturais e sexuais. Nem sequer é preciso gastar dinheiro…
      Tu não és burro. Talvez um bocado ignorante e preconceituoso… Burro é um animal por certo talvez mais inteligente que certos humanos.
      Para pessoas homofóbicas umas ‘chicotadas’ das tais a que me refiro talvez lhes servisse para deixarem de ser tão arrogantes, ignorantes e ‘atrevidos’. Acabavam talvez por gostar da ‘brincadeirinha’.
      Vocês homofóbicos não me enganam… Têm dificuldade em assumir para vocês próprios que sentem atração e tesão por pessoas do mesmo sexo. Isso já foi demonstrado e comprovado pela Ciência. Sim, a maioria dos homofóbicos são… gays com desejos sexuais reprimidos por pessoas do mesmo sexo!
      Abram as vossas mentes!

RESPONDER

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …

“Máfia do Sangue”. Ministério Público deixa Octapharma fora da acusação

O Ministério Público (MP) deixou a farmacêutica Octapharma fora da acusação da operação "O Negativo" por considerar que o ex-administrador Lalanda e Castro montou um esquema de corrupção para a venda de plasma ao Serviço …