Rui Rio é o único candidato à liderança parlamentar do PSD

Rodrigo Antunes /Lusa

Rui Rio é o único candidato a líder parlamentar do partido, em eleições que se realizarão na quarta-feira, disse à Lusa fonte da bancada.

O prazo para a entrega de candidaturas à direção do grupo parlamentar do PSD terminava esta segunda-feira às 18h00. Segundo fonte da bancada, o presidente do partido, Rui Rio,  é o único candidato.

O presidente do PSD e recandidato ao cargo já disse ter a intenção de dirigir a bancada apenas até ao próximo congresso por não querer que aconteça a um futuro líder o que lhe aconteceu a si, quando há dois anos teve de afastar Hugo Soares do cargo quando assumiu a direção do partido.

Na sua lista, Rio propõe seis vice-presidentes para a direção da bancada (menos do que teve o seu antecessor, Fernando Negrão): como primeiro vice o deputado Adão Silva (Bragança), seguindo-se Carlos Peixoto (Guarda), Luís Leite Ramos (Vila Real), Clara Marques Mendes (Braga), Ricardo Baptista Leite (Lisboa) e Afonso Oliveira (Porto).

Como secretários da direção do grupo parlamentar, a lista de Rio integra Isaura Morais, que foi cabeça de lista por Santarém, Catarina Rocha Ferreira (Porto) e o secretário-geral adjunto Hugo Carneiro (também deputado pelo Porto).

O anterior líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, teve uma direção com sete vice-presidentes (o que representou um corte de quase para metade do número de vices do seu antecessor, Hugo Soares, que eram 12): Adão Silva, que já era o primeiro vice-presidente, António Leitão Amaro, Margarida Mano, Emídio Guerreiro, Carlos Peixoto, Rubina Berardo e António Costa Silva.

Destes, apenas três se mantêm como deputados na atual legislatura: Adão Silva, Carlos Peixoto e Emídio Guerreiro, transitando os dois primeiros para a direção da bancada de Rui Rio.

Luís Leite Ramos já foi vice-presidente do grupo parlamentar sob a liderança de Hugo Soares, enquanto Clara Marques Mendes exerceu funções como secretária da direção da bancada com Negrão e Hugo Soares.

As eleições para a direção do grupo parlamentar do PSD realizam-se na quarta-feira, entre as 15h00 e as 18h00, no grupo parlamentar social-democrata. Rui Rio irá substituir no cargo Fernando Negrão, eleito em 22 de fevereiro de 2018, com menos de 40% de votos favoráveis.

Dois dias depois da eleição do grupo parlamentar, o PSD reunirá na sexta-feira em Bragança o seu Conselho Nacional – órgão máximo do partido entre Congressos – que irá fixar a data concreta das eleições diretas para o presidente do partido, previstas para janeiro, e do próximo Congresso, que deverá realizar-se em fevereiro.

Além de Rui Rio, são candidatos à presidência do PSD o antigo líder parlamentar Luís Montenegro e o atual vice-presidente da Câmara de Cascais, Miguel Pinto Luz.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Francisco Rodrigues dos Santos admite que tem sido "difícil" juntar o CDS (mas "não por falta de iniciativa")

Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP, afirmou, numa entrevista ao Jornal de Notícias e TSF que tem sido "difícil" conquistar a coesão do partido. Em entrevista ao Jornal de Notícias e à TSF, o líder …

Isabel dos Santos usou equipa de espiões para provar "conspiração" e "vingança" de João Lourenço

A empresária Isabel dos Santos contratou uma firma de antigos agentes secretos israelitas para provar que foi vítima de um ataque orquestrado pelo governo de João Lourenço. Isabel dos Santos criou uma equipa de espiões para …

"Perdemos o avô da nação". Morte do príncipe Filipe deixou "um grande vazio" na vida de Isabel II

A morte do príncipe Filipe, duque de Edimburgo, na sexta-feira, aos 99 anos, deixou a Rainha Isabel II, sua esposa, com "um grande vazio na sua vida", disse este domingo aos jornalistas o seu filho …

Mapa online interativo ajudou indígenas do Panamá a fazer frente à pandemia

Quando a covid-19 chegou ao Panamá no ano passado, o cartógrafo Carlos Doviaza temeu pelas pessoas indígenas da sua comunidade. Por isso, para as ajudar, dedicou-se a fazer aquilo que faz melhor: mapas. "Pensei: 'Porque não …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …

Portugal regista mais 566 casos e seis óbitos por covid-19

Portugal registou, este domingo, mais seis mortes e 566 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

PS quer que Cavaco Silva diga "quando é que soube do buraco do BES"

O PS quer que o antigo Presidente da República Cavaco Silva esclareça "quando é que soube do buraco do BES" e porque é que "não agiu atempadamente" para evitar o aumento de capital, que gerou …

Perdoar o passado, celebrar o renascimento e cumprir tradições. A primavera traz o Nowruz, o ano novo persa

Assim que as flores começam a desabrochar e os dias ficam mais longos, fica claro que o Nowruz está prestes a chegar. A celebração do ano novo iraniano é secular, com raízes que remontam a …

“Mostrámos que sabemos governar”. Bloco apresenta candidata a Lisboa (e abre a porta a acordo com PS)

O Bloco de Esquerda apresentou a candidatura de Beatriz Gomes Dias à Câmara Municipal de Lisboa, pediu “mais força” para determinar a governação da cidade e abriu a porta a novos entendimentos com o PS …

Fé nos números. Foi o voto não religioso que Donald Trump perdeu em 2020 

Em novembro de 2020, Joe Biden foi eleito Presidente dos Estados Unidos da América. Uma análise revelou recentemente que a derrota de Donald Trump dependeu daqueles que não se identificam com nenhuma religião. Ryan Burge, professor …