Rui Rio já decidiu (e tem um projecto para Portugal)

Estela Silva / Lusa

O economista Rui Rio, ex-presidente da Câmara Municipal do Porto

O economista Rui Rio, ex-presidente da Câmara Municipal do Porto

Rui Rio revela, em artigo de opinião na edição desta quarta-feira do Jornal de Notícias, que só anuncia a sua decisão sobre uma eventual candidatura à Presidência da República em outubro.

O ex-presidente da Câmara do Porto explica, no artigo, o equívoco das sucessivas datas que foram noticiadas sobre a sua vontade de concorrer ao Palácio de Belém e garante que a candidatura, a confirmar-se, nada tem de “tático”.

Fala mesmo num “projeto para o País e a identificação de uma inequívoca vontade de uma parte substancial da sociedade”.

Também admite que o regresso à vida política pode estar para breve, refere o JN na sua edição ‘online’.

Rui Rio justifica a data do anúncio com o que diz ser a disponibilidade dos portugueses para pensarem nas presidenciais, o que julga só poder acontecer depois das legislativas.

No artigo, publicado na edição desta quarta-feira do JN com o título “Presidenciais: Ponderação em nome da responsabilidade”, Rui Rio deixa duras críticas a comentadores políticos que confundem “a realidade do país” com “a futilidade de alguns corredores político-mediáticos”.

Em junho vários órgãos de comunicação social noticiaram que Rui Rio iria anunciar a sua candidatura a Belém durante o mês de junho, tendo Rui Rio desmentido essas notícias.

Na quinta-feira, 27 de agosto, Pedro Santana Lopes anunciou que não será candidato à Presidência da República, num comunicado enviado à Agência Lusa.

Não serei candidato à Presidência da República nas próximas eleições. Tomei esta decisão, considerando os meus deveres enquanto Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e, também, as minhas responsabilidades profissionais”, justifica Santana Lopes, invocando igualmente como relevante a importância de manter a disponibilidade para a sua família.

No domingo, o ex-líder do PSD Marcelo Rebelo de Sousa tinha defendido que os potenciais candidatos do centro-direita às presidenciais “terão exatamente as mesmas dificuldades” que Santana Lopes para decidir se avançam ou não na corrida para Belém.

A menos de sete meses do final do mandato do atual Presidente da República são já uma dúzia os candidatos que anunciaram a intenção de entrar na corrida a Belém, estando três outros em reflexão.

Na área política do centro direita encontram-se em reflexão três antigos dirigentes do PSD – Marcelo Rebelo de Sousa, Rui Rio e Alberto João Jardim.

Ainda não foi formalizada qualquer candidatura junto do Tribunal Constitucional, o que pode acontecer até um mês antes das eleições e requer pelo menos 7.500 assinaturas de apoiantes.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Este até tem apoio dos Bilderberg está-se a fazer difícil…
    PR chefe máximo das forças armadas devia de ser militar assim como o ministro da defesa dois cargos que deviam ser ocupados por militares podia ser que isto andasse com mais rigor e disciplina

RESPONDER

Mais 665 casos e nove mortes por covid-19 em Portugal

Portugal regista, este domingo, mais 665 novos casos positivos e nove mortes por covid-19, segundo boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Assim, desde o início da pandemia, Portugal conta com 73.604 infetados e 1.953 …

De guerreiros a anciões. Grupo étnico no Quénia faz cerimónia única de "transformação"

Milhares de homens Maasai vestidos com xales vermelhos e roxos e com as suas cabeças revestidas de ocre vermelho reuniram-se esta semana para uma cerimónia que os transforma de Moran (guerreiros) em Mzee (anciãos). De acordo …

Há 60 anos, Richard Nixon tricou uma sanduíche (e este homem guardou-a desde então)

Há 60 anos, o então vice-Presidente dos Estados Unidos, Richard Nixon, trincou uma sanduíche - e Steve Jenne, um homem que vive em Illinois, guardou-a os restos desde então. De acordo com o The New York …

Coreia do Norte adverte Sul para não procurar nas suas águas oficial assassinado

A Coreia do Norte pediu hoje à Marinha sul-coreana que deixe de entrar nas suas águas territoriais, numa altura em que Seul procura recuperar o corpo de um oficial sul-coreano morto a tiro no mar …

"Um abandonar dos utentes". Centros de saúde atiram pacientes para farmácias e privados

Sem resposta nos centros de saúde, vários utentes vêm-se obrigados a recorrer ao setor privado e a farmácias. A Entidade Reguladora de Saúde já recebeu várias reclamações. Face à pandemia de covid-19, os centros de saúde …

Polícia treinou uma cadela para farejar provas eletrónicas

No Minnesota, Estados Unidos, a polícia treinou uma cadela para farejar dispositivos eletrónicos. Sota já ajudou a encontrar provas em dez crimes. A polícia estatal do Minnesota treinou uma cadela labrador britânica para farejar dispositivos eletrónicos, …

Trabalhistas lideram primeira sondagem desde que Boris chegou ao poder

O partido do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, situa-se hoje, pela primeira vez desde que chegou ao poder, atrás da oposição trabalhista nas intensões de voto, o que estará relacionado com a gestão da crise pandémica, …

Sporting vagueia mercado à procura de um avançado

Šporar, Luiz Phellype e Tiago Tomás não satisfazem as necessidades de Rúben Amorim, que quer trazer mais um avançado para o plantel antes do fecho do mercado de transferências. A janela de transferências está prestes a …

Transportes públicos são "ponto nevrálgico" da transmissão da covid-19

O infeciologista Jaime Nina defendeu hoje que é necessário quadruplicar a oferta dos transportes públicos para permitir a distância necessária entre os passageiros, considerando que são um “pontos nevrálgico” da transmissão da covid-19. "Os transportes públicos …

Estão a chegar os aviões movidos a hidrogénio. A Airbus é pioneira (e já está a trabalhar em três aeronaves)

Na passada segunda-feira, a Airbus apresentou três conceitos de aviões movidos a hidrogénio. A empresa quer estar na linha da frente no que toca às mudanças na indústria da aviação, e tem como objetivo pôr …