20 anos sem Rui Pedro (e um condenado que jura inocência)

José Coelho / Lusa

Afonso Dias foi condenado pelo rapto de Rui Pedro

Rui Pedro desapareceu da Lousada a 04 de março de 1998 quando tinha 11 anos e, duas décadas depois, o seu paradeiro continua desconhecido, com o único condenado no âmbito deste caso a reafirmar a sua inocência.

O advogado que defendeu Afonso Dias, condenado em 2013 pelo crime de rapto de Rui Pedro, mantém que o seu constituinte não cometeu o ilícito.

“Independentemente de o senhor Afonso Dias ter cumprido pena de prisão, a minha profunda convicção é que não praticou os factos pelos quais foi condenado”, afirmou Paulo Gomes à Lusa.

Rui Pedro Teixeira Mendonça, nascido a 28 de janeiro de 1987, em Paredes, é um dos sete nomes que constam da lista da Polícia Judiciária sobre menores desaparecidos.

Segundo indica a página da Polícia Judiciária, desapareceu a 4 de março de 1998, faz este domingo 20 anos. Tinha então 11 anos, 1.50 metros de altura, cabelo e olhos castanhos e pesava 45 quilogramas.

No tribunal de primeira instância, Afonso Dias tinha sido absolvido por não ter sido provado crime, mas a família de Rui Pedro recorreu para a Relação do Porto, que condenou o arguido a três anos de cadeia.

Afonso Dias cumpriu pena no estabelecimento prisional de Guimarães, depois de esgotadas todas as possibilidades legais de recurso. O cumprimento da pena foi iniciado a 18 de março de 2015 e a sua restituição à liberdade aconteceu a 29 de março de 2017, depois de ter cumprido dois terços da pena.

Ouvido pela Lusa, o advogado recordou que Afonso Dias foi absolvido em primeira instância, condenado depois pelo Tribunal da Relação do Porto, não tendo o recurso interposto no Supremo Tribunal de Justiça sido apreciado por “razões técnicas”.

Não foi uma condenação justa. O que o senhor Afonso Dias referiu desde sempre corresponde à verdade e é que, de facto, ele não tem nada a ver com o desaparecimento do Rui Pedro”, insistiu o advogado.

Quinze anos após desaparecimento, a 4 de março de 2013, os desembargadores condenaram o camionista Afonso Dias a uma pena efetiva de três anos, acreditando que ele tinha levado Rui Pedro a Alcina Dias, prostituta, cujo depoimento foi alegadamente desvalorizado em primeira instância, por entrar em contradição com o que tinha sido investigado em 1998.

Afonso Dias, já depois de sair da cadeia, continuou a clamar inocência, garantindo nunca ter sabido o que aconteceu a 4 de março de 1998, dia em que Rui Pedro, seu amigo, desapareceu. Paulo Gomes disse esperar que “um dia, por obra seja de quem for, se consiga demonstrar que esta condenação do senhor Afonso Dias foi uma decisão injusta”.

A Lusa tentou, sem sucesso, ouvir Ricardo Sá Fernandes, o advogado que representou em tribunal a família da criança desaparecida.  Quando a Relação do Porto condenou Afonso Dias, Ricardo Sá Fernandes comentou que saía do tribunal “muito feliz”, logo após consultar o acórdão que alterou a decisão do tribunal de Lousada.

“Hoje, o que temos aqui, no preciso dia em que faz 15 anos que o Rui Pedro desapareceu, é uma boa notícia para esta família“, considerou, referindo-se a Filomena Teixeira e Manuel Mendonça, pais de Rui Pedro.

(dr) Move Notícias

Rui Pedro desapareceu há 20 anos. A mãe, Filomena Teixeira, nunca desistiu de procurar o filho

O advogado disse que o acórdão da Relação do Porto “veio alterar a matéria de facto dada como provada pela primeira instância e veio, efetivamente, reconhecer que o miúdo, que esteve com Alcina Dias nessa tarde, foi o Rui Pedro e quem o levou foi o Afonso Dias”. Por outro lado, Ricardo Sá Fernandes comentou que mais importante do que a condenação de Afonso Dias era saber o que foi feito de Rui Pedro.

“E isso vamos continuar a tentar saber”, frisou.

Segundo dados divulgados por uma campanha lançada em 2014 pela mão de Rui Pedro, Filomena Teixeira, em Portugal há mais de 60 crianças menores desaparecidas. São traficadas todos os anos, para exploração sexual a nível mundial, mais de três milhões de crianças.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recupera, avisa neurologista

Um neurologista ouvido num documentário da RMC Sport diz que o ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recuperará. Já passaram quase sete anos desde que Michael Schumacher sofreu um acidente …

Processos com acórdãos a meias entre Rangel e Galante estão em risco

Durante dez anos, centenas de acórdãos do Tribunal da Relação de Lisboa foram feitos a meias entre Rui Rangel e Fátima Galante. Agora, esses processos estão em risco. A Procuradoria-Geral da República anunciou esta sexta-feira a …

Espanha. Jovem é esfaqueado após alertar para o uso de máscara

Três homens foram detidos em Madrid sob suspeita de terem esfaqueado um jovem que chamou a atenção de um deles por não usar máscara no interior de uma mercearia. Espanha é dos países do mundo mais …

Dez apostas que podem despontar o seu talento na Liga NOS

Nos últimos anos, dificilmente se encontra um mercado de Verão tão interessante como este. Contra todas as expectativas, dado que a pandemia trouxe alguma incerteza, os clubes portugueses têm investido mais e melhor, desde o …

Mulher morre devido a um ataque de ransomware a um hospital na Alemanha

Uma mulher morreu esta semana devido a um ataque de ransomware direcionado ao sistema operativo de um hospital em Duesseldorf, na Alemanha. Segundo as autoridades alemãs, a mulher precisava de cuidados médicos urgentes e foi encaminhada …

Portugal está "numa terceira fase de crescimento" da pandemia, avisa epidemiologista

"Estamos numa terceira fase de crescimento" de novos casos de covid-19, garante Baltazar Nunes, epidemiologista do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge. O número de novos casos voltou a aumentar esta sexta-feira, batendo o recorde …

Áustria corrige Trump. Os seus cidadãos não vivem em florestas

O Governo austríaco decidiu corrigir a afirmação do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que afirmou que as pessoas naquele país europeu vivem em "cidades da floresta". Trump referiu recentemente a Áustria e outros países europeu …

UE em rota de colisão com a Polónia. Em causa estão os crimes de ódio

A relação entre a União Europeia e a Polónia está cada vez mais comprometida. As duas partes têm chocado no que toca à discussão dos crimes de ódio. No seu primeiro discurso sobre o estado de …

Leixões nega ter colocado adeptos na bancada a ver um jogo

Episódio aconteceu numa partida de voleibol em Gondomar. Presidente garante que jovens pertencem aos órgãos sociais do clube, Federação não confirma a identidade à entrada. A Supertaça de voleibol começou, no Grupo B, com o duelo …

Ventura quer ser Sá Carneiro do século XXI e ter juventude partidária

O presidente do Chega vai apresentar-se este fim de semana em Évora para a II Convenção Nacional do partido populista de direita como “o principal continuador em Portugal” de Sá Carneiro, o falecido líder fundador …