ROUGHIE. Planador subaquático observa silenciosamente os mares (sem perturbar a vida selvagem)

Os veículos subaquáticos autónomos tornaram-se ferramentas versáteis para explorar os mares. Porém, estas ferramentas podem ser prejudiciais para o meio ambiente ou ter problemas em movimentar-se em espaços confinados.

Uma equipa de investigadores da Purdue University, nos Estados Unidos, está a projetar planadores subaquáticos altamente manobráveis e de baixo custo que operam silenciosamente.

Componentes e sensores do planador também podem ser facilmente trocados ou adicionados, de acordo com uma ampla gama de especificações de missão.

“O nosso objetivo é a operação persistente de robôs móveis em ambientes desafiadores”, disse Nina Mahmoudian, professora de engenharia mecânica, em comunicado divulgado pelo EurekAlert. “A maioria dos robôs subaquáticos tem vida útil limitada da bateria e deve regressar após algumas horas. Para operações de longa duração, um planador subaquático pode viajar durante semanas ou meses entre cargas, mas pode beneficiar de maiores oportunidades de implantação em áreas de alto risco.

Um planador subaquático difere de outros robôs marinhos porque não tem hélice nem sistema de propulsão ativo. O robô muda a sua própria flutuabilidade para afundar e subir e impulsionar-se para frente.

Embora essa abordagem possibilite veículos muito eficientes em termos de energia, apresenta alguns problemas: são caros, lentos e não podem ser manobrados, especialmente em águas rasas.

Assim, Mahmoudian desenvolveu um veículo ágil chamado ROUGHIE (Research Oriented Underwater Glider for Hands on Investigative Engineering). Com a forma de um torpedo, o ROUGHIE tem cerca de um metro de comprimento e não apresenta nenhuma propulsão externa ou superfícies de controlo, além de uma asa traseira estática.

Quando enviado da costa ou de um barco, o ROUGHIE bombeia água nos seus tanques de lastro para alterar a sua flutuabilidade e fornecer o ângulo de planagem inicial.

Para controlar a sua inclinação, a bateria do veículo desloca subtilmente o seu peso para frente e para trás, agindo como o seu próprio mecanismo de controlo. Para conduzir, todo o conjunto de componentes internos é montado num trilho que gira, controlando com precisão a rotação do veículo. O design é modular e adaptável a várias aplicações.

“Esta é uma abordagem totalmente única”, disse Mahmoudian. “A maioria dos planadores subaquáticos só consegue operar em oceanos profundos e não são ágeis em espaços confinados. ROUGHIE tem um raio de viragem de apenas cerca de três metros, em comparação com um raio de viragem de aproximadamente 10 metros de outros planadores.”

O ROUGHIE é tão manobrável que a equipa de investigadores o tem testado no poço de mergulho do Morgan J. Burke Aquatic Center da Purdue University. Ao instalar um sistema de captura de movimento de câmaras infravermelhas debaixo de água, conseguem rastrear os movimentos do veículo e caracterizar o seu comportamento de manobra em três dimensões com precisão milimétrica.

“Programámos o ROUGHIE com padrões de voo antecipadamente e [o robô] executa estes padrões de forma autónoma”, disse Mahmoudian. “Consegue fazer movimentos padrão de dente de serra para cima e para baixo para viajar em linha reta, mas também consegue viajar em padrões circulares ou em forma de S, que usaria ao patrulhar no mar. O facto de realizar estas tarefas dentro do ambiente confinado de uma piscina usando nada além da atuação interna é incrivelmente impressionante”.

Esta capacidade de manobra significa que ROUGHIE consegue seguir caminhos complexos e explorar áreas do mundo real que outros planadores subaquáticos não conseguem.

“Consegue operar em mares rasos e áreas costeiras, o que é tão importante para estudos de biologia ou clima”, disse Mahmoudian. “E como é totalmente silencioso, não perturba a vida selvagem nem atrapalha as correntes de água como fazem os veículos motorizados.”

O ROUGHIE pode ser equipado com uma variedade de sensores, reunindo dados de temperatura, pressão e condutividade vitais para oceanógrafos. A equipa enviou ROUGHIE para pequenas lagoas e lagos com um fluorímetro para medir a proliferação de algas e com magnetómetros compactos, pata detetar anomalias como naufrágios e munições subaquáticas.

Esta estudo foi publicado no início de fevereiro na revista científica Sensors.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Uniforme da II Guerra Mundial encontrado num pacote "cheio de história"

Um uniforme de piloto da Força Aérea Real (RAF), usado na II Guerra Mundial, foi descoberto embrulhado num pacote feito de folhas de jornais e vai agora a leilão. De acordo com a cadeia televisiva CNN, …

Primeiro motociclo voador do mundo pode alcançar uma velocidade de quase 490 km/h

A empresa Jetpack Aviation concluiu os testes referentes ao projeto Speeder, para o desenvolvimento de uma aeronave que faz descolagens e aterragens na vertical. Segundo a companhia, o veículo, que se assemelha a um motociclo, …

Scarlett Johansson processa Disney por estreia de "Viúva Negra" no streaming

A atriz norte-americana processou a Disney, esta quinta-feira, por violação do contrato, na sequência do lançamento digital do filme "Black Widow" na plataforma de streaming, adiantando que o seu salário estava dependente das receitas de …

Incidente com módulo russo fez EEI mudar de posição

A Estação Espacial Internacional (EEI) perdeu, esta quinta-feira, o controlo de orientação e saiu da posição configurada, na sequência de um incidente com o módulo russo Nauka. A situação, que se prolongou durante 47 minutos, aconteceu …

Relatório dos CDC indica que variante Delta é tão contagiosa como a varicela

Um relatório interno dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos indica que a variante Delta é tão contagiosa como a varicela. O jornal Washington Post teve acesso a este relatório interno …

Task force concorda que número de mortos e internados vacinados seja divulgado

A sugestão apresentada pelo presidente da Assembleia da República, de se divulgar os dados da vacinação nos internamentos e óbitos por covid-19, "é muito sensata", defendeu o coordenador da task force do plano de vacinação. Em …

Lucro da CGD sobe 18% para 294 milhões de euros no primeiro semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou 294 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 18% do que no período homólogo, foi anunciado esta sexta-feira. "A Caixa Geral de Depósitos registou 294 milhões de …

Acordar uma hora mais cedo diminui (muito) o risco de depressão

Estudo envolveu mais de 800 mil pessoas. Risco de cair em depressão desce 23%. Um estudo recente indica que, se uma pessoa se levantar uma hora mais cedo do que o habitual, o risco de cair …

Adeptos no Dragão: acabou o "enorme vazio no coração do FC Porto"

O Estádio do Dragão vai voltar a ter pessoas nas bancadas em jogos do FC Porto, 17 meses depois. O regresso vai acontecer na estreia na I Liga, contra o Belenenses SAD, e o clube …

México planeia libertar milhares de reclusos idosos ou que foram torturados

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta quinta-feira que vai libertar por decreto reclusos detidos em circunstâncias especiais, como os que foram torturados, os maiores de 75 anos e os que estão …