Ronaldo com salários em risco na Juventus (mas o futuro não passa pelo Sporting)

Alessandro Di Marco / EPA

A Juventus está a negociar com os jogadores o atraso no pagamento de alguns salários devido à grave crise financeira que atravessa. Cristiano Ronaldo é um dos mais bem pagos do plantel e o seu futuro continua a ser alvo de especulações, mas não vai passar por Portugal.

A garantia é dada pelo empresário de Cristiano Ronaldo, Jorge Mendes, que assegura que “de momento, os planos para a carreira dele não passam por Portugal“, conforme declarações ao jornal Record.

Palavras que surgem depois de se ter noticiado que o título de campeão do Sporting poderia impulsionar o regresso de Cristiano Ronaldo à casa onde se formou como futebolista.



Jorge Mendes sublinha que “Cristiano está orgulhoso pelo título conquistado pelo Sporting”, mas descarta o seu regresso ao clube no futuro próximo.

Salário e benefícios fiscais “prendem” Ronaldo à Juve

O craque português tem contrato com a Juventus até Junho de 2022 e tem-se especulado quanto à sua continuidade na equipa. Tanto mais num ano em que a Vecchia Signora pode ficar afastada da Liga dos Campeões, pois ainda não conseguiu o apuramento para a prova.

A imprensa italiana tem reportado algum mal-estar no balneário da Juventus, notando que há jogadores desagradados com os privilégios de Cristiano Ronaldo.

Por outro lado, o facto de a Juventus poder falhar a participação na Champions League é visto como um potencial motor para a saída de Ronaldo da equipa. Contudo, começam a surgir rumores de que o craque poderá continuar para disputar a Liga Europa.

O desportivo La Gazzetta Dello Sport refere que o elevado salário do atleta de 36 anos, bem como os benefícios fiscais que Itália oferece aos estrangeiros, são motivos fortes para prender Ronaldo à Juventus.

Manchester United, Real Madrid e Paris Saint-Germain (PSG) têm sido apontados como potenciais interessados na compra do passe do jogador.

Neymar, que renovou recentemente com o PSG, confessou que sonha ainda poder jogar ao lado de Cristiano Ronaldo, o seu grande ídolo da juventude.

Mas o salário líquido anual da ordem dos 35 milhões de euros que Ronaldo ganha na Juventus pode assustar até mesmo estes clubes ricos, sobretudo a meio de uma crise financeira que está a afectar seriamente os gigantes do futebol.

Juventus pede “sacrifícios salariais” aos jogadores

Em Itália, a crise pandémica está a complicar e muito a vida aos clubes, nomeadamente à Juventus que está a tentar adiar o pagamento de quatro meses de salários aos jogadores.

A imprensa italiana reporta que o clube está em negociações com os jogadores no sentido de que façam “sacrifícios salariais”. O objectivo é adiar o pagamento dos salários de Março, Abril, Maio e Junho deste ano para o próximo ano fiscal.

Na época 2019/2020, a Juventus já tinha pedido o adiamento do pagamento de alguns salários. Nessa altura, os jogadores e a equipa técnica renunciaram a uma parte dos vencimentos relativos a quatro meses de salários, tendo recebido apenas 2,5 meses na época seguinte. Um acordo que permitiu ao clube poupar cerca de 33,75 milhões de euros.

Para esta época, a ideia será apenas adiar o pagamento dos salários, uma medida que já foi tomada pelo Inter de Milão, por exemplo.

O acordo de adiamento permitiria um desafogo de cerca de 80 milhões de euros, o que seria essencial para os depauperados cofres da Juventus. Nos últimos seis meses, o saldo foi de 113 milhões de euros de prejuízos, segundo avançou a imprensa italiana.

Além da difícil situação financeira acentuada pela pandemia de covid-19, a Juventus teme também possíveis sanções da UEFA por causa da participação na Superliga dos ricos. E falhar o apuramento para a Liga dos Campeões será outro duro golpe financeiro para o clube.

Dados que surgem numa altura em que Cristiano Ronaldo e Dybala aparecem nas notícias com os carros super-potentes e muito caros que terão adquirido ultimamente.

Após a derrota de 3-0 da Juventus diante do AC Milan, Ronaldo foi visitar a fábrica da Ferrari em Maranello (Itália) e, segundo alguns media, saiu de lá com um Monza que está avaliado em mais de 1,6 milhões de euros.

Já Dybala terá comprado um Lamborghini Aventador S Roadster que custará cerca de 385 mil euros.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Paulo Dybala (@paulodybala)

Susana Valente, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Isto do futebol é uma imoralidade. Os gladiadores dos tempos modernos, o ópio do povo. Também gosto de futebol, quando há espectáculo, correcção e fair-play. Mas este futebol enoja qualquer um.

RESPONDER

Casos disparam: 1350 novas infeções e seis óbitos

Nas últimas 24 horas, houve 1.350 novos casos positivos de covid-19 e morreram seis pessoas, segundo os dados do boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou 1.350 novos casos e seis óbitos por covid-19 …

Parlamento vai ouvir Medina e ministro dos Negócios Estrangeiros

Fernando Medina e Augusto Santos Silva vão ser ouvidos no Parlamento sobre o caso da partilha de dados pessoais de ativistas russos. O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e o ministro dos Negócios …

Mudanças na lei laboral podem prejudicar a retoma, avisa Centeno

É crucial para a retoma que haja "estabilidade e previsibilidade na legislação laboral", de forma a estimular o investimento empresarial e o crescimento económico, afirmou esta quarta-feira o governador do Banco de Portugal (BdP), Mário …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Von der Leyen dá luz verde ao Plano de Recuperação e Resiliência português. E "não é por acaso"

O primeiro-ministro, António Costa, e a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciaram esta quarta-feira que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) foi aprovado por Bruxelas.  A presidente da Comissão Europeia, Ursula von …

Kim Jong-un reconhece que país enfrenta "situação de tensão alimentar"

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, reconheceu que o país está a enfrentar uma "situação de tensão alimentar", informaram hoje os meios de comunicação oficiais. O país, cuja economia é alvo de múltiplas sanções internacionais impostas em …

Iniciativa Liberal apoia recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto

A Iniciativa Liberal vai apoiar a recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto nas próximas eleições autárquicas, considerando “inquestionável a mudança e o desenvolvimento” da cidade desde que o independente assumiu a presidência do …

Comissária europeia diz que variante Delta “diminui” proteção da vacina

A comissária europeia para a Saúde disse esta terça-feira que estão a surgir provas que demonstram que a variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2 “diminui a força do escudo protetor” criado pelas vacinas, instando à aceleração …

DGS diz que demora de conclusões sobre eventos-piloto não é por erro técnico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) rejeitou, esta terça-feira, que tenha havido erro técnico no tratamento de dados dos eventos-piloto da Cultura, ocorridos em abril e maio, mas admitiu que o processo está demorado. Numa declaração enviada …

Governo quer fazer alterações na duração de cargos de dirigentes

As mudanças que estão a ser preparadas passam por reduzir a duração dos cargos em substituição e, por outro lado, pelo ajustamento do período das comissões do serviço em função da avaliação. Segundo o Jornal de …

Responsável pelas manifestações em Lisboa é coordenador no Gabinete de Apoio à Presidência da CML

O responsável pelas manifestações na cidade de Lisboa é coordenador técnico no Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara liderada por Fernando Medina. De acordo com o semanário Expresso, António Santos tem sido, nos últimos …