Robôs em forma de animais ajudam a curar solidão e stresse de idosos nos EUA

(dr) Qoobo

O ronronar de um gato robô e o ladrar de um cão do mesmo tipo transformaram-se num tratamento eficaz para aliviar a ansiedade e a solidão dos moradores de uma residência para idosos no estado da Flórida, nos Estados Unidos.

Há um ano, o Palace Gardens, na cidade de Homestead, decidiu adotar como auxílio no tratamento dos residentes com doenças como o Alzheimer um gato e um cão robôs que se parecem muito com os animais de verdade.

A medida foi tão eficaz para os mais de 90 residentes do centro, que alguns deles já têm os seus próprios animais, comprados pelos familiares.

“A minha mãe tem perda de memória e tem dificuldade para articular o que quer dizer. Acaba por ficar nervosa e frustrada. Quando teve este animal, acalmou-se imediatamente”, contou Barbara Brunet, filha de uma das moradoras.

A reação foi a melhor possível e foi então que os familiares de outros residentes do Palace Gardens decidiram fazer o mesmo. Não demorou muito para o efeito tranquilizador ser comprovado.

“O gato ronrona, e ela vai lá e abraça. Sente-se muito melhor. A tensão desaparece logo. Não sei se acredita que é um animal real”, ponderou.

A meio da manhã, uma das salas do espaço começa a ser usada por idosos que, em círculo, fazem um exercício com bolas. Na sala ao lado, alguns residentes estão sentados em cadeiras com objetos sensoriais para brincar com cães, gatos e bonecas que centram o interesse da maioria deles.

Uma aura de calma invade a sala, enquanto duas mulheres acariciam um gato de pelo cinza que movimenta a cabeça com intensidade proporcional ao estímulo recebido.

Os olhares não largam o animal e o rosto complacente combina com caras de surpresa cada vez que o gato emite algum som ou faz um movimento mais forte do que o normal.

“De vez em quando eles surpreendem-se, e esse sentimento é bom”, afirmou Jennifer Almodóvar, terapeuta e coordenadora das atividades de tratamento da memória do centro.

Os cães, que têm a aparência de um Golden Retriever, também respondem ao som e ao tato, e quando recebem carinho saltam e ladram.

“Em muitos momentos, os idosos podem ficar nervosos e inquietos, mas quando lhes trazemos os cães e gatos eles acalmam-se e tentam se concentrar. É como se voltassem a ter a companhia que tiveram ao longo da vida”, explicou a terapeuta.

Assim como os animais, nesta sala eles também revivem sentimentos agora esquecidos, como o do instinto maternal, graças a bonecos em forma de bebé.

“Muitos deles tiveram filhos. Quando veem os bonecos, imediatamente têm esse instinto de cuidar e só os querem agarrar”, revelou.

Tanto é que, se por alguns instantes, a terapeuta segura algum dos bonecos de cabeça para baixo eles gritam: “Cuidado! Vai magoá-lo”.

Sem necessidade de limpar ou levar a passear, atividades que os residentes não poderiam fazer, os robôs de gato e cachorro e os bonecos tornam mais prazerosas as horas desses dedicados velhinhos do sul da Flórida.

// EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Primeiro não flutuava. Agora o novo submarino espanhol não cabe nas docas

Primeiro não flutuava, por excesso de peso, e agora, não cabe nas docas. O novo submarino da Marinha Espanhola é um embaraço para a Defesa do país vizinho e um caso flagrante de derrapagem, com …

Quase um milhão de refeições escolares desperdiçadas

Quase um milhão de refeições escolares que tinham sido encomendadas foram desperdiçadas porque os alunos faltaram, revela o relatório anual do ministério da Educação sobre cantinas concessionadas a privados. Entre setembro do ano passado e 31 …

Arrojada no céu: Aston Martin apresenta carro voador de luxo

A Aston Martin apresentou recentemente o Volante Vision Concept, uma aeronave arrojada e futurista destinada a transportar passageiros em voos de médias e longas distâncias. A Aston Martin pôs em cima da mesa as suas soluções …

Marta Soares recusa candidatura de Bruno de Carvalho

Bruno de Carvalho tentou formalizar a sua candidatura à presidência do Sporting, esta quarta-feira, tendo sido prontamente recusada por Jaime Marta Soares. O advogado de Bruno de Carvalho, Pedro Proença, deslocou-se esta quarta-feira ao Estádio de …

Hungria retira-se de pacto mundial sobre as migrações aprovado na ONU

A Hungria, com um Governo abertamente hostil à imigração, declarou que se retira do pacto mundial sobre as migrações aprovado, na semana passada, nas Nações Unidas, por considerar que encoraja o fluxo de pessoas "perigosas". O …

Lisboa vai proibir copos de plástico a partir de 2020

Um dos objetivos da Câmara Municipal de Lisboa para o ano em que a cidade será a Capital Verde Europeia é banir os copos de plástico até 2020. Segundo o Diário de Notícias, esta é uma …

Prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos dos Hells Angels

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa determinou prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos como medidas de coação no âmbito do processo do grupo Hells Angels e apresentações periódicas às autoridades para os restantes. Segundo …

Bruxelas aplica multa recorde de 4,3 mil milhões de euros à Google

A Comissão Europeia aplicou, esta quarta-feira, uma multa com valor recorde de 4,3 mil milhões de euros ao gigante norte-americano Google por abuso de posição no mercado devido ao sistema Android. Esta sanção, destinada a punir …

Rapazes salvos na Tailândia saíram do hospital e recordam "milagre"

As 12 crianças e o treinador de futebol que ficaram presos numa gruta inundada na Tailândia e que estavam internados desde a semana passada receberam esta quarta-feira alta hospitalar e falaram pela primeira vez desde …

Hotel processa sobreviventes do massacre de Las Vegas

A empresa que detém o hotel Mandalay Bay, em Las Vegas –  onde Stephen Paddock disparou sobre uma multidão num festival de música country –, processou mil de vítimas do ataque, argumentando não ter "qualquer …