Relatório revela 71 locais com elevado risco de inundações em Portugal

Portugal tem 71 zonas com elevado risco de inundação, de acordo com um relatório da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) que analisou fenómenos extremos ocorridos, fazendo previsões para o futuro.

O relatório “Avaliação Preliminar do Risco de Inundações em Portugal Continental” debruça-se sobre fenómenos climatéricos extremos, ocorridos desde Dezembro de 2011, analisando o potencial risco de acontecerem novamente no futuro.

O documento conclui que Alcobaça, Braga, Chaves, Esposende, Figueira da Foz, Lourinhã, Torres Vedras e Vila Real de Santo António são as oito cidades mais vulneráveis, revelando, pelo menos, dois locais com condições críticas para a ocorrência de inundações.

A avaliação da APA avisa também que há “um risco potencial de perda de território em 67% da orla costeira”, com destaque para Aveiro, Faro, Lisboa, Porto e Setúbal como as zonas mais mais vulneráveis e com maior risco de serem afectadas pela subida do nível do mar.

A APA atesta que as alterações climáticas têm grande influência no aumento do risco de inundações, frisando que, nos próximos tempos, se pode esperar a “diminuição da precipitação média anual” e a “concentração da precipitação em períodos mais curtos”.

A realidade será, assim, marcada por uma maior regularidade de fenómenos mais extremos.

O relatório da APA também alerta para as “insuficiências nos sistemas de drenagem urbana para fazer face a estes eventos”, o que aumenta os riscos de inundações.

O documento deve, assim, servir de base para que as Câmaras Municipais e a Protecção Civil tratem de precaver o futuro, delineando planos de gestão de risco para fazer face a futuros eventos incertos e perigosos.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Não existem “fenómenos climatéricos extremos”, mas sim fenómenos meteorológicos extremos. Clima e meteorologia, embora relacionados, são coisas diferentes. Meteorologia refere-se às características da atmosfera, num dado local e num determinado intervalo (curto) de tempo, aquilo que designamos pelo estado do tempo atmosférico, o tempo (weather em inglês). Clima corresponde à sucessão de estados de tempo que habitualmente se fazem sentir numa região e ao longo de uma longa série de anos (habitualmente trinta anos; a normal climatológica). É por isto que uma tempestade, como por exemplo um furacão, é um evento meteorológico e não climático. Depois, quando nos referirmos ao clima, é preferível utilizar a expressão “climático”, que provém do grego, do que “climatérico” que é um galicismo porque provém do francês.

RESPONDER

Genoma do tubarão branco revela razões para resistência a doenças e longevidade

Uma equipa internacional de cientistas descodificou o genoma do tubarão branco, descobrindo razões para o sucesso evolutivo de um predador que está no topo da cadeia alimentar e que resiste a doenças e ferimentos. A equipa …

Morreu o cientista que tornou popular o termo “aquecimento global”

O cientista que fez soar os primeiros alarmes sobre as alterações climáticas e tornou popular o termo "aquecimento global", Wallace Smith Broecker, morreu aos 87 anos, foi anunciado esta terça-feira. O antigo professor e investigador da …

Descoberta super-Terra a apenas oito anos-luz do Sistema Solar

Uma equipa internacional de investigadores, em colaboração com o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), no Porto, descobriu uma nova super-Terra, a "apenas" oito anos-luz de distância do Sistema Solar.  Segundo o IA, o …

Homem que assassinou uma mulher em 1993 foi detido graças a um guardanapo

O empresário Jerry Westrom foi preso e acusado de esfaquear uma mulher em Minneapolis em 1993, graças a um site de genealogia e um guardanapo que deitou fora depois de limpar a boca. O corpo de …

México vai converter ilha-prisão num centro educativo e cultural

O estabelecimento prisional foi construído em 1905 e vai ser encerrado por decreto presidencial, para dar lugar ao centro cultural Muros de Água Jose Revueltas. Dos 600 presos, 200 vão ser libertados. A prisão existente numa …

Depois de defender o Brexit, o homem mais rico do Reino Unido muda-se para o Mónaco

Jim Ratcliffe, o homem mais rico do Reino Unido e fundador da multinacional de produtos químicos Ineos, vai mudar-se para o Mónaco juntamente com dois dos seus principais executivos para poupar até 4,6 mil milhões …

Surto de sarampo nas Filipinas escala para 8.400 casos e 130 mortos

O surto de sarampo continua a agravar-se nas Filipinas, com 8.443 casos confirmados desde o início do ano e 136 mortes causadas pela doença, na maioria crianças menores de cinco anos, indicaram as autoridades. De acordo …

Estado deixa de apoiar compra de carros elétricos acima de 60 mil euros

O Estado vai deixar de apoiar a compra de carros elétricos com um preço superior a 60 mil euros. Esta alteração vai constar nas novas regras de incentivos à introdução no consumo de veículos de baixas …

Bolsas do IEFP para estagiários com mestrado e doutoramento vão aumentar

O programa Estágios Profissionais vai ser alterado com o objetivo de dar uma resposta mais célere às empresas, prevendo-se ainda um aumento do valor das bolsas para estagiários com mestrado e doutoramento, de acordo com …

Filipe Santos volta a fazer história ao bater recorde do Mundo de natação adaptada

Filipe Santos voltou a fazer história. O nadador algarvio bateu o recorde do Mundo na prova dos 25 metros mariposa, na Classe SM21 - Síndrome de Down, durante o Campeonato de Inverno de Natação Adaptada. …