Relatório revela 71 locais com elevado risco de inundações em Portugal

Portugal tem 71 zonas com elevado risco de inundação, de acordo com um relatório da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) que analisou fenómenos extremos ocorridos, fazendo previsões para o futuro.

O relatório “Avaliação Preliminar do Risco de Inundações em Portugal Continental” debruça-se sobre fenómenos climatéricos extremos, ocorridos desde Dezembro de 2011, analisando o potencial risco de acontecerem novamente no futuro.

O documento conclui que Alcobaça, Braga, Chaves, Esposende, Figueira da Foz, Lourinhã, Torres Vedras e Vila Real de Santo António são as oito cidades mais vulneráveis, revelando, pelo menos, dois locais com condições críticas para a ocorrência de inundações.



A avaliação da APA avisa também que há “um risco potencial de perda de território em 67% da orla costeira”, com destaque para Aveiro, Faro, Lisboa, Porto e Setúbal como as zonas mais mais vulneráveis e com maior risco de serem afectadas pela subida do nível do mar.

A APA atesta que as alterações climáticas têm grande influência no aumento do risco de inundações, frisando que, nos próximos tempos, se pode esperar a “diminuição da precipitação média anual” e a “concentração da precipitação em períodos mais curtos”.

A realidade será, assim, marcada por uma maior regularidade de fenómenos mais extremos.

O relatório da APA também alerta para as “insuficiências nos sistemas de drenagem urbana para fazer face a estes eventos”, o que aumenta os riscos de inundações.

O documento deve, assim, servir de base para que as Câmaras Municipais e a Protecção Civil tratem de precaver o futuro, delineando planos de gestão de risco para fazer face a futuros eventos incertos e perigosos.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Não existem “fenómenos climatéricos extremos”, mas sim fenómenos meteorológicos extremos. Clima e meteorologia, embora relacionados, são coisas diferentes. Meteorologia refere-se às características da atmosfera, num dado local e num determinado intervalo (curto) de tempo, aquilo que designamos pelo estado do tempo atmosférico, o tempo (weather em inglês). Clima corresponde à sucessão de estados de tempo que habitualmente se fazem sentir numa região e ao longo de uma longa série de anos (habitualmente trinta anos; a normal climatológica). É por isto que uma tempestade, como por exemplo um furacão, é um evento meteorológico e não climático. Depois, quando nos referirmos ao clima, é preferível utilizar a expressão “climático”, que provém do grego, do que “climatérico” que é um galicismo porque provém do francês.

RESPONDER

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …

A falhar pagamentos e com 260 mil milhões de dívida - como é que a Evergrande chegou até aqui?

A situação da imobiliária chinesa Evergrande, que tem uma dívida maior do que a economia portuguesa, está a deixar o mundo ansioso sobre uma eventual repetição da história da crise de 2008, que começou com …