Rio mantém confiança política em Elina Fraga e antecipa “mais histórias”

Miguel A. Lopes / Lusa

Elina Fraga, ex-bastonária da Ordem dos Advogados, é a nova vice-presidente do PSD

O presidente do PSD afirmou, esta terça-feira, que mantém a confiança política em Elina Fraga e antecipou que vão aparecer “mais histórias”, dizendo estar habituado a este tipo de polémicas e até gostar que assim seja.

“Do ponto de vista político, isto começou com um outro vice-presidente, o engenheiro Salvador Malheiro, passou essa questão, iniciámos agora a da dra. Elina Fraga, e vamos ver se vai ficar por aqui, eu acho que ainda vai haver mais histórias”, afirmou Rui Rio aos jornalistas, no final da primeira reunião da Comissão Política Nacional eleita no domingo.

O presidente do PSD disse estar habituado a este tipo de polémicas, nomeadamente quando esteve à frente da Câmara do Porto, assumindo que até funciona melhor “em tensão”: “Eu cá estou para essas histórias”.

“Normalmente começa assim e começa bem”, disse, na conferência de imprensa na sede do partido.

Sem concretizar de onde considera que vêm estas histórias – “vêm de vários sítios” -, Rio foi questionado se mantém a confiança política em Elina Fraga, depois de a Procuradoria-Geral da República (PGR) ter anunciado, na segunda-feira, que o Ministério Público abriu um inquérito na sequência de uma auditoria às contas da Ordem dos Advogados, que abrange o mandato desta ex-bastonária.

“Eu vou-lhe responder a isso, eu mantenho a confiança na dra. Elina Fraga, mas que isso não seja a razão para não lhe fazerem as perguntas todas e porem no ar as respostas todas, façam mais perguntas do que as que eu fiz”, afirmou.

“Estou absolutamente tranquila”

Imediatamente a seguir, Elina Fraga falou aos jornalistas na sede do PSD, fez uma longa declaração inicial (cerca de 15 minutos) e depois respondeu a apenas quatro perguntas, tendo saído da sala quando ainda estava a ser questionada pelos jornalistas.

Estou absolutamente tranquila com o mandato que fiz, absolutamente determinada em colocar-me ao serviço do meu país, como me coloquei ao serviço da Ordem dos Advogados durante três anos”, respondeu a ex-bastonária.

Para a nova vice-presidente do PSD, a auditoria às contas da “Ordem dos Advogados tem que ser situada numa luta que existiu na Ordem dos Advogados, que teve a ver com as próprias eleições”, “uma luta que foi intensa” e em relação à qual nunca foi chamada, “o que desde logo é estranho”.

“A queixa feita no Conselho Superior foi toda ela arquivada. Pedi ao atual bastonário cópia da auditoria logo quando saíram as notícias em novembro. Até hoje não me foi facultada qualquer cópia”, criticou.

De acordo com a nova vice-presidente do PSD, aquilo que pôde conhecer da auditoria foi-lhe facultado por um jornalista. “A Ordem dos Advogados nunca me facultou uma cópia da auditoria”, insistiu.

Elina Fraga diz que “é um privilégio e uma honra estar” no PSD, casa que diz ser sua já há algum tempo. “Em relação a todo o ruído, eu já tenho mundividência suficiente para perceber que determinados nomes geram reações em alguns poderes instituídos e portanto não me espanta que haja todo este ruído e toda esta reação ao meu nome”, observou.

Interrogado se sabia que Elina Fraga estava a ser investigada quando a convidou, Rui Rio apenas precisou que a ex-bastonária não está a ser investigada.

“As senhoras e os senhores são de letras, eu sou de ciências mas sei o que quer dizer a palavra investigada. Quando se manda fazer uma auditoria não é uma investigação, é ver se há matéria para investigação, a palavra investigar é uma apalavra que se utiliza e se banalizou na comunicação social”, afirmou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Huawei das infraestruturas" compra 23% da Mota-Engil por 169,4 milhões

A construtora portuguesa Mota-Engil anuncia que chegou a acordo com a chinesa Communications Construction Company (CCCC) para a venda de 23% das suas acções por 169,4 milhões de euros. A CCCC é considerada a "Huawei …

PSD confiante num plano de vacinação "a tempo e horas". CDS diz que se anda a "correr atrás do prejuízo"

O presidente do PSD considerou que o plano de vacinação para a covid-19 vai ser "polémico", mas disse acreditar que o Governo vai conseguir concluí-lo "a tempo e horas". Já o presidente do CDS-PP pediu …

Altice escreve a Costa a criticar leilão do 5G (e a informar sobre suspensão de projeto)

Os acionistas do grupo Altice Patrick Drahi (presidente) e Armando Pereira escreveram ao primeiro-ministro a criticar as regras do leilão do 5G, informando que, perante o atual panorama regulatório, veem-se forçados a suspender projetos. "Lamentamos que, …

Anulação de transferência para o Novo Banco foi um "percalço"

O presidente executivo do Novo Banco, António Ramalho, considerou hoje que a anulação, pelo parlamento, da transferência de 476 milhões de euros do Fundo de Resolução para o banco foi um "percalço". "O percalço que aconteceu …

Videojogos podem estar a ser usados para espalhar ideologia extremista e preparar ataques

Os videojogos 'online' podem estar a ser usados ​​para propagar ideologias extremistas e para preparar ataques terroristas, afirmou o coordenador antiterrorista da União Europeia (UE), Gilles de Kerchove. A 09 de novembro, Gilles de Kerchove já …

Ex-ministro grego Yanis Varoufakis pede boicote à "black friday" da Amazon

O economista e ex-ministro das Finanças grego Yanis Varoufakis pediu um boicote de um dia à Amazon, na 'black friday', enquanto sindicalistas, ativistas ambientais, defensores da privacidade e da justiça tributária planeiam ações coordenadas contra …

Bolsonaro nega ter chamado covid-19 de "gripezinha", mas fê-lo pelo menos duas vezes

O Presidente brasileiro negou na quinta-feira ter-se referido à covid-19 como "gripezinha", afirmando que não há nenhum registo que prove o oposto, apesar de a imprensa ter partilhado pelo menos dois vídeos com esse conteúdo. "Falei …

Cuba anuncia mais duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos contra a covid-19

Cuba anunciou esta quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projetos de vacinas contra a covid-19, que aumentam para quatro o número de possíveis fármacos deste tipo desenvolvidos na ilha para combater a …

Governo garante que não haverá limite de idade na vacinação. Marcelo fala em "ideia tonta"

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde garantiu, esta sexta-feira, que a vacinação para a covid-19 não terá qualquer limite de idade e que os idosos e doentes com comorbilidades serão uma prioridade. Numa conferência …

Descontos nas ex-SCUT poupam privados, mas é o Estado quem sai lesado

Os descontos nas ex-SCUT, aprovados em Parlamento esta quinta-feira, poupam os privados, mas geram perdas de 1.500 milhões de euros para o Estado. Uma maioria de deputados ditou a aprovação da parte de uma proposta do …