Rio diz que Costa anda aos “ziguezagues”, traça linhas vermelhas ao PAN e enterra geringonça

9

ppdpsd / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

Rio criticou Costa por andar aos “ziguezagues”, traçou linhas vermelhas à negociação com o PAN e disse que votar no PS é votar numa nova geringonça.

Depois da entrevista de António Costa à Renascença, esta terça-feira foi a vez de Rui Rio dar o seu testemunho a poucos dias das eleições legislativas.

A tendência de vitória do PSD que as sondagens da última semana evidenciavam é confirmada por um novo estudo de opinião, feito pela Aximage para o Jornal de Notícias, Diário de Notícias e TSF, no qual os sociais-democratas (34,4%) suplantam os socialistas (33,8) por uma margem de 0,6 pontos percentuais.

“Todos nos esforçamos por fazer a nossa sondagem e perceber o que estamos a sentir na população. O PSD tem vindo a crescer. Se me perguntasse há dois meses se eu achava que o PSD estava à frente, eu diria que provavelmente que não. Havia condições para o PSD poder ganhar as eleições no caso de haver eleições. O Governo e o primeiro-ministro foi-se desgastando e eu fui construindo uma relação de confiança no eleitorado”, disse Rio à Renascença.

O líder do PSD diz que, até mesmo dentro do partido, queriam que “passasse a vida a criticar o Governo”. No entanto, a principal característica que as pessoas procuram num primeiro-ministro “não é ele dizer muito mal dos outros”.

Questionado sobre a probabilidade de negociar com o PAN após as eleições, Rio traçou algumas linhas vermelhas.

“Se o PAN puser em cima da mesa aspetos fundamentalistas, não é possível”, atirou. “Eu tenho linhas vermelhas não só com o PAN, com todos. Tem de se pôr em cima da mesa da negociação coisas sensatas, que o outro não gostaria de aceitar mas que pode e deve aceitar”.

Rio sublinhou que quem ganhar as eleições provavelmente não terá maioria absoluta, pelo que terá obrigatoriamente de negociar.

E em caso de derrota: estaria Rui Rio disposto a falar com o PS? O social-democrata tem dúvidas.

“António Costa tem andado notoriamente aos ziguezagues. Ora diz uma coisa, ora diz outra. Antes, não dialogava com ninguém. Há dois dias, disse que afinal dialogava com toda a gente. Não sei em que acreditar”, disse Rio, em declarações à Renascença.

“Não sei o que vai ele fazer e os portugueses também não sabem. Mas têm realmente de pensar que votar no PS e em António Costa tem uma altíssima probabilidade de ter uma geringonça, com o BE ativo dentro do Governo”, disse o antigo autarca.

Para Rui Rio, o principal problema é que o PS “não querer reformar praticamente nada”.

“Tudo em que possa mexer minimamente com algum interesse instalado o PS até vai de peito feito e no dia seguinte regressa de cauda entre as pernas e recua em tudo”, atirou Rio.

Embora diga que quem vença as eleições é obrigado a dialogar, Rio volta a fechar uma porta à direita, nomeadamente ao Chega: “Não está rigorosamente nada em cima da mesa. A resposta ao Chega é não”.

Questionado sobre a sua continuidade na liderança do partido, caso perca as eleições, Rio diz que “vamos ver o resultado”. Ainda assim, garante que não está “agarrado ao lugar” e sai “sem dificuldade”.

O tema da Educação fechou a entrevista de Rui Rio à Rádio Renascença, com o presidente social-democrata a defender um modelo para uma rede de creches “tendencialmente gratuita”.

  Daniel Costa, ZAP //

9 Comments

  1. Há dois Costas, o que não fará acordos com ninguém e o que para salvar a pele, fará acordos com todos! Portanto, restará ao povo avaliar a qualidade do artista!

    • O problema não é o Costa ser o artista que todos conhecemos; é os outros ainda serem piores (não que o R Rio, como pessoas, seja pior – mas quem anda a sua volta, como os mitras do gangue do Passos, etc).

      • Pois é, os que rodeiam o Costa os do gangue Sócrates o tal que nos trouxe a troika e suas consequências, esses sim, é gente fiche!

        • O gangue do Sócrates rodeia o Costa??!
          Ahahaa… e nota-se bem, basta ver aquela entrevista cheia de “mimos” ao Costa/PS, do Sócrates em cima das eleições!…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE