Ricardo Salgado libertado por 3 milhões

Mário Cruz / Lusa

Ricardo Salgado, ex-presidente do BES

O ex-presidente do Banco Espírito Santo, Ricardo Salgado, viu esta quarta-feiara as suas medidas de coação alteradas, podendo ficar em liberdade, mediante o pagamento de uma caução de três milhões de euros, revelou o Ministério Público.

O Tribunal de Instrução Criminal determinou que a prisão domiciliária de Ricardo Salgado fosse “substituída pela prestação de uma caução de 3 milhões de euros”.

“O arguido fica igualmente sujeito à proibição de contactos, designadamente com os restantes arguidos no processo, e à proibição de se ausentar para o estrangeiro”, refere uma nota à imprensa divulgada pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

A alteração da medida de coação surge no momento em que legalmente tinha de ser feita uma reavaliação da medida em vigor.

Ricardo Salgado encontra-se em prisão domiciliária, desde 24 de julho, no âmbito do processo “Universo Espírito Santo”, situação em que se manterá “até ser proferido despacho que julgue válida a prestação de caução”.

O ex-banqueiro ficou “sujeito à obrigação de permanência na habitação”, sem vigilância eletrónica, mas com polícia à porta da sua moradia em Cascais, a pedido do Ministério Público, que considerava existir perigo de fuga.

Além de Ricardo Salgado, foram constituídos arguidos na investigação ao “Universo Espírito Santo” a ex-diretora diretora financeira do BES, Isabel Almeida, e António Soares, Pedro Luís Costa, José Castella e Cláudia Boal de Faria, antigos responsáveis de topo em diversas empresas do grupo.

Em causa no processo estão suspeitas da prática de crimes de falsificação, falsificação informática, burla qualificada, abuso de confiança, fraude fiscal, corrupção no sector privado e branqueamento de capitais.

Ricardo Salgado é também arguido no processo Monte Branco, por branqueamento de capitais.

Defesa admite contestar caução

A defesa do ex-presidente do Banco Espírito Santo admitiu hoje contestar a alteração das medidas de coação de Ricardo Salgado que incluem o pagamento de uma caução de três milhões de euros para ficar em liberdade.

Em declarações à entrada para o julgamento do caso das Secretas, onde é advogado do presidente da Ongoing, Nuno Vasconcelos, Francisco Proença de Carvalho disse que Ricardo Salgado, a quem tinha sido decretada a prisão domiciliária, vai reagir muito em breve à decisão do juiz Carlos Alexandre.

O advogado acrescentou que a reação da defesa será conhecida muito em breve, depois de comunicada ao juiz.

Lembrou, a propósito, que está ainda pendente um recurso relativo às medidas de coação que tinham sido aplicadas a Ricardo Salgado e que os fundamentos desse pedido se mantêm válidos.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Portugueses abram os olhos.. isto vai ser assim: pagou 3 milhões de outro processo, agora paga mais 3 deste, e está livre.. daqui a 2 anos é ilibado, e as cauções são devolvidas.. para quem roubou mais de 500 milhões, isto são trocos.. e é assim que o país vai seguindo.. corrupto, sujo, e pidesco!

  2. A pois é amigo Paulo era bom que os abrissem mas quando é altura de votos quem não vota é considerado uma pessoa que não liga ao Pais e não lhe quer bem,alias muitos que por aqui passam durante o ano só falam mal de um e de outro partido como se fossem a vida deles em vez de incentivarem a não votar pois isto só muda quando um dia nenhum Português o faça e ai sim os partidos de certeza absoluta que teriam de agir de outra forma, a quem diga pois é pior a ementa que o soneto mas o que é certo é que ao fim de tantos anos estamos cada vez pior por todos estes maus motivos.

RESPONDER

Lei aprovada no Parlamento pretende facilitar prescrições de multas a partidos políticos

O projeto foi aprovado na generalidade no Parlamento, e está em discussão na especialidade. A Entidade das Contas e Financiamentos Políticos (ECFP) teme os efeitos da nova legislação sobre as prescrições de multas a partidos …

Noiva de Khashoggi processa príncipe herdeiro saudita

Hatice Cengiz, noiva de Jamal Khashoggi, colocou um processo contra o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman e outros alegados mentores do assassínio. A noiva do jornalista Jamal Khashoggi, assassinado na Turquia em outubro de …

Papa Francisco defende pela primeira vez uniões de facto para casais homossexuais

O Papa Francisco defendeu a regulação do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, afirmando que os homossexuais têm direito a constituir família. "Homossexuais têm o direito de constituir família. São filhos de Deus", defendeu o …

“Uma desgraça completa”. Ex-ministro do PSD arrasa atuação do Ministério da Saúde no combate à pandemia

O antigo governante do PSD Fernando Leal da Costa acusou esta quarta-feira o Ministério da Saúde de “falta de liderança” na gestão da pandemia de covid-19, e falou até de “uma desgraça completa” do ponto …

Ministro defende que investimento nas Forças Armadas “é tão relevante” como na saúde

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, destacou o papel das Forças Armadas no combate à pandemia de covid-19 e defendeu que o investimento público nesta área “é tão relevante” quanto na saúde ou …

Giro. João "Rosa" Almeida segura liderança da geral

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) manteve esta quarta-feira a liderança da Volta a Itália em bicicleta, numa 17.ª etapa ganha pelo australiano Ben O'Connor (NTT). O'Connor, de 24 anos, cumpriu os 203 quilómetros entre Bassano del …

Investimento público atinge máximo de uma década em 2021

Dados do relatório do Orçamento do Estado mostram que o Governo conta terminar 2020 com um investimento público de 4.884 milhões de euros (75 milhões de euros a menos do que a previsão do Orçamento …

Audições urgentes pedidas pelo PS sobre StayAway Covid são por escrito ou em dezembro

O Parlamento aprovou, esta terça-feira, a audição de entidades e personalidades sobre a obrigatoriedade da aplicação Stayaway Covid, proposta pelo PS, "com caráter de urgência", por escrito ou em dezembro, após o debate do Orçamento …

Taxa de nascimentos de linces no Vale do Guadiana é a mais alta da Península Ibérica

A taxa de nascimentos na população de linces ibéricos no Vale do Guadiana é a mais elevada da Península Ibérica, segundo os resultados dos censos 2019 divulgados hoje pelo Instituto da Conservação da Natureza e …

Pai de aluna teria ligações ao assassino do professor decapitado em França

Os investigadores encontraram uma possível ligação entre o assassino do professor francês Samuel Paty, decapitado em Paris, e o pai de uma aluna. Em declarações à AFP, citadas pelo Diário de Notícias, uma fonte próxima do …