Revista Lui publica fotografias de Sara Sampaio nua sem autorização

Sara Sampaio / Facebook

A modelo portuguesa Sara Sampaio

Sara Sampaio publicou um texto nas redes sociais no qual denuncia a “pressão agressiva” de que foi alvo por parte da revista francesa masculina “Lui” para se deixar fotografar nua. A manequim portuguesa já anunciou que vai processar a publicação.

“Quero que todos os modelos e todas as mulheres saibam que têm direito a fazer as suas próprias escolhas sobre o seu corpo e a sua imagem” é assim que começa a denúncia da modelo no instagram.

O caso é recente e passou-se durante uma sessão com o fotógrafo David Bellemere para a edição de outono da revista francesa masculina “Lui”, que aceitou “sob a condição de não haver nudez”. Um “acordo claro”, escreve a modelo portuense, de 26 anos.

Fui agressivamente pressionada a fazer fotografias de nus no ‘estúdio, perguntaram-me porque não queria mostrar os meus mamilos ou ficar completamente nua. Ao longo do dia, tive de me defender constantemente e reiterar os meus limites quanto a imagens de nudez, de me certificar que tapava o meu corpo o máximo possível“, escreve.

Sara conta, numa publicação em inglês partilhada nas redes sociais, que quando reviu as imagens finais (as escolhidas pela revista para ocupar as suas páginas), verificou “que houve exposições acidentais” de partes do seu corpo “que não queria expor”.

“Falei com a revista e garantiram-me que essas imagens não iam ser usadas. A revista mentiu e publicou uma fotografia de capa minha com nudez, o que é uma clara violação do nosso acordo”.

“Fui vítima de bullying. Muitas vezes, mostravam-me imagens de mim nua como exemplo para me coagirem a posar despida, e sempre que recusava fui criticada e julgada como sendo uma pessoa difícil”, sublinha a manequim.

A escolha de “como, quando, onde e a que propósito” se deve deixar fotografar sem roupa é sua, frisa a jovem. “Sinto-me confortável com o meu corpo e com a nudez em circunstâncias que considero uma forma de arte. Só porque concordei em posar nua no passado, não dá a ninguém o direito a para assumir que o farei de novo em qualquer circunstância. A escolha é minha. E quando eu fizer essa escolha, espero ser tratada com respeito e profissionalismo“, prossegue.

O caso não fica por aqui, já que Sara Sampaio avançou com um processo judicial contra a “Lui”.

“O que me fizeram é inaceitável. Sinto-me violada, maltratada e desrespeitada como profissional e como mulher. Quero fazer o que puder para evitar que isto volte a acontecer-me, e aos outros”, explica. “Infelizmente, não se trata de um incidente isolado, e eu não estou sozinha. Se as modelos continuarem a partilhar as suas experiências angustiantes, o bullying e os abusos, que na indústria da moda são sistemáticos, virão à luz”.

https://twitter.com/lui/status/915529452813156353

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

    • Ora bem, bela pergunta Luís.
      Devia ser para ficarem guardadas numa gaveta, só pode… Enfim…
      Se a menina Sara sentiu-se violada, imagine-se as outras que foram literalmente violadas! E os homens também são vítimas de assédio, não são só as mulheres, não se esqueçam disso. O mundo da moda também é igual ao mundo de Hollywood, respeito o sentimento da Sara, pois a rapariga se calhar não quis recusar tirar as fotos, porque teve medo de começar a perder trabalhos… O mesmo se passa com os atores.
      O poder a governar pelo medo.

RESPONDER

Antigo primeiro-ministro da Escócia enfrenta 14 acusações de abuso sexual

Alex Salmond, o antigo primeiro-ministro da Escócia que desencadeou uma tentativa de independência do Reino Unido, compareceu em tribunal para enfrentar 14 crimes de abuso sexual alegadamente cometidos enquanto liderava o país. Entre os crimes está …

César, Louçã, Domingos Abrantes, Rio e Balsemão eleitos para Conselho de Estado

O Conselho de Estado é um órgão de consulta do Presidente da República composto por 19 membros, cinco dos quais eleitos pela Assembleia da República. Carlos César (PS), Francisco Louçã (BE), Domingos Abrantes (PCP), Rui Rio …

China já está a trabalhar no desenvolvimento de redes 6G

As autoridades chinesas divulgaram esta sexta-feira que já iniciaram pesquisas para o desenvolvimento de redes sem fio de sexta geração, apenas algumas semanas depois de as três principais operadoras de telecomunicações do país terem lançado …

Miguel Morgado desiste de se candidatar à liderança do PSD

O ex-adjunto de Pedro Passos Coelho anunciou, esta sexta-feira, que desistiu de avançar com a sua candidatura para liderar o PSD. Miguel Morgado anunciou, esta sexta-feira, através do Facebook, que "não foi infelizmente possível no presente …

Merkel fará a sua primeira visita ao antigo campo de concentração de Auschwitz

A chanceler alemã, Angela Merkel, pretende visitar o antigo campo de concentração nazi de Auschwitz na Polónia, pela primeira vez nos seus 14 anos no cargo, anunciou na quinta-feira um jornal de Munique. Segundo Sueddeutsche Zeitung, …

Bebé encontrado no lixo já está com uma família de acolhimento

O bebé encontrado num ecoponto, no início do mês, e que esteve até quinta-feira hospitalizado, já está com uma família de acolhimento, informou a Santa da Misericórdia de Lisboa esta sexta-feira. A instituição refere numa nota …

Fisco vai controlar declarações de IRS de beneficiários do programa "Regressar"

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai desenvolver mecanismos para verificar se os contribuintes abrangidos pelo regime fiscal do programa "Regressar" reúnem as condições exigidas, prevendo-se que parte desse controlo ocorra com a entrega da declaração …

Greta Thunberg vai de Lisboa a Madrid num carro elétrico emprestado por Espanha

A Junta da Extremadura, região espanhola, disponibilizou um carro elétrico à jovem ativista sueca Greta Thunberg para que possa viajar de Lisboa para Madrid para assistir à Cimeira do Clima respeitando o meio ambiente, adiantou …

Enfermeiros garantem voltar à luta com os 200 mil que sobraram do crowdfunding

Os enfermeiros, que no ano passado iniciaram o "Movimento Greve Cirúrgica", pretendem voltar às ações de protestos com os cerca de 200 mil euros que restaram da campanha de crowdfunding. A intenção é revelada por …

OCDE: Nova crise pode tirar metade do rendimento às famílias portuguesas

Uma nova crise económica e financeira a nível global pode ter efeitos dramáticos para as famílias portuguesas, levando à perda de metade dos seus rendimentos. Esta é a previsão da Organização para a Cooperação e …