Restaurante “diferente” chama Erica Fontes a um naco de carne

Erica Fontes / Facebook

A actriz pornográfica portuguesa Erica Fontes.

Um restaurante portuense publicou no Facebook uma fotografia de um pedaço de carne de vaca, comparando-o com a atriz porno Érica Fontes, atitude que levou a um movimento de revolta nas redes sociais.

“Podia perfeitamente ser um pedaço da Érica Fontes… Mas é de uma outra vaca”. Assim era a legenda da fotografia de um naco de carne que o restaurante Tascö, no Porto, publicou no Facebook esta quinta-feira.

A publicação rapidamente levantou uma onda de indignação, considerada por muitos uma piada de muito mau gosto, tendo sido apagada a pedido da equipa da atriz.

Os responsáveis acabaram por publicar um pedido de desculpas que, logo a seguir, também foi eliminado.

“Agradecemos a compreensão demonstrada e como prometido, a pedido da sua equipa, retiramos o post. Pedimos naturalmente desculpa”, podia ler-se.

O responsável pela comunicação garante que não era intenção do restaurante ofender a atriz e que faz tudo parte de uma estratégia de diferenciação.

“Não houve qualquer intenção de ofensa à Érica Fontes, nem tão pouco de promoção do Tascö”, explicou ao Diário de Notícias Miguel Rizzo.

“Se fosse Ricardo Araújo Pereira ou o Rui Xará a fazer o post ninguém criticava, mas como é um restaurante, as pessoas acham que não deve comunicar assim. Não concordamos. Temos o nosso ADN”, defende.

Com quase 12 mil seguidores, o responsável diz que o estabelecimento “é muito mais do que um restaurante” e que a equipa “gosta de ter uma voz ativa na sociedade”.

“Brincar tudo bem, mas a liberdade acaba onde começa a dos outros. A equipa dela mandou um email a pedir para retirarmos o post por causa dos direitos de utilização do nome. Foram muito simpáticos e cordiais e até nem me pareceram chateados”, explicou também ao Observador.

“Tentamos fazemos as coisas de forma genuína e diferente. Às vezes vamos de encontro ao gosto das pessoas, outras vezes não”, conclui.

“Estratégia de comunicação”

Não é a primeira vez que a chamada estratégia de comunicação e o humor “diferente” do restaurante causa polémica nas redes sociais.

Na própria página de Facebook do tascö se encontram comentários a reclamar contra algumas “liberdades” tomadas pelo restaurante no tratamento aos clientes.

É o caso de José Carvalho, que reclama contra comentários jocosos de carácter político que encontrou na conta que o restaurante lhe apresentou no fim da refeição.

Um mundo perfeito seria cavaco silva num colete de forças” pode ler-se no recibo de pagamento da minha refeição no vosso restaurante.
Pedir a conta e ter de levar com as vossas pseudo-piadas não é agradável… Pelo menos tenham a decência de ser transparentes. Coloquem estes dizeres na ementa, assim o cliente pode decidir se quer continuar no restaurante ou vir embora de imediato. Se eu soubesse que isto iria aparecer no recibo nem um copo de água teria pedido…
José Carvalho

As opiniões dividem-se entre quem defende a liberdade de expressão, e os que acusam o estabelecimento comercial de mau-gosto – algo particularmente grave no caso de um restaurante.

ZAP

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Francisco Pratas (pela foto) dá a ideia, que já devia suficiente “maduro”,
    para não insultar quem não tem na a haver com a estória…
    Quanto a esta, só mostra o “vale tudo” de agora….

  2. Francisco Pratas (a ver pela foto) dá a ideia, que já devia suficiente “maduro”,
    para não insultar quem não tem na a haver com esta estória…
    Quanto a esta, só mostra o “vale tudo” de agora….

Mexia não vai deixar que chineses interfiram no plano estratégico da EDP

O presidente da EDP, António Mexia, garantiu que não vai deixar que nenhum acionista impeça o desenvolvimento do plano estratégico da empresa, deixando o aviso à China Three Gorges. Em entrevista concedida ao Jornal Económico, António …

Impostos indiretos subiram com Governo de Costa e são já 55% da carga fiscal

Os impostos indiretos têm vindo a aumentar em Portugal. Dados da Direção-Geral do Orçamento mostram que o peso da tributação indireta no total da receita fiscal do subsector Estado, em 2018, ascendeu a 55,4%, o …

Espanha pode ficar isenta de cumprir caudais do rio Tejo por causa da falta de chuva

Os caudais do Tejo podem ficar ainda mais baixos dentro de semanas. Com a falta de chuva, Espanha deverá invocar a exceção prevista na Convenção de Albufeira para não libertar os valores mínimos de água …

Haaland tem cinco namoradas e meio mundo atrás dele (mas pode seguir o caminho da Red Bull)

Apesar do interesse de grandes clubes do futebol mundial, Haaland pode seguir o trilho da Red Bull e transferir-se para do Salzburg para o Leipzig. O norueguês é uma das maiores jovens promessas da atualidade. Erling …

PSD pondera propor fim dos debates quinzenais e torná-los mensais

O PSD está a ponderar apresentar uma proposta para acabar com os debates quinzenais com o primeiro-ministro e torná-los mensais. A proposta passa também pela substituição de um desses "duelos" atuais por um debate temático …

Segunda vítima mortal nos protestos de Hong Kong. Xi Jinping condena manifestações

O quarto dia consecutivo de protestos ficou marcado pela morte de um homem de 70 anos. Esta é a segunda vítima mortal desde o início das manifestações em Hong Kong. De acordo com a imprensa internacional, …

Governo prepara dois novos escalões de IRS para a classe média

O primeiro-ministro afirmou esta quinta-feira que o objetivo do Governo no próximo Orçamento é dar “um primeiro passo” para conferir uma maior progressividade no IRS e diminuir o peso deste imposto sobre os vencimentos da …

Dois procuradores do caso Tancos vão sair do DCIAP

Os procuradores Vítor Magalhães e João Valente, da equipa que investigou o caso Tancos, vão sair do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) no âmbito do movimento de magistrados do Ministério Público (MP), …

Cerca de 40% dos hospitais têm ruturas diárias de medicamentos

Os preços "excessivamente baixos dos medicamentos genéricos" são a causa mais importante identificada pelos hospitais para as ruturas de fornecimento. Quase 40% dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) indicam ter diariamente ruturas no fornecimento …

Secretário de Estado: despenalizações como a que absolveu o Benfica vão terminar. "Será inapelável"

João Paulo Rebelo assegurou que a entrada em vigor da lei de combate à violência no desporto evitará situações como a que levou à recente anulação do castigo imposto ao Benfica. O secretário de Estado da …