Reino Unido e Alemanha suspendem uso dos Airbus A400M

Airwolfhound / Flickr

Avião militar de transporte táctico Airbus A400M

Avião militar de transporte táctico Airbus A400M

O ministério da Defesa do Reino Unido anunciou hoje que suspendeu temporariamente as operações dos seus aviões Airbus A400M, depois da queda no sábado do avião militar de carga desse modelo vitimando quatro pessoas.

A força aérea britânica tem dois aviões de transporte militar A400M, o primeiro dos quais foi entregue em novembro passado, e encomendou um total de 22 aeronaves, que espera receber nos próximos anos.

“As operações dos aviões britânicos A400M estarão interrompidas durante a investigação sobre o acidente em Sevilha. Os nossos pensamentos estão com as famílias e amigos daqueles que estiveram envolvidos no acidente”, disse um porta-voz da Defesa.

Também a Alemanha suspendeu temporariamente a operação do seu único avião militar de carga Airbus A400M, até serem conhecidos os resultados da investigação do acidente, anunciou fonte militar.

“Depois da queda do A400M, perto de Sevilha, decidiu-se este sábado suspender, até nova ordem, os voos de treino do único A400M alemão da força aérea alemã”, disse um assessor de imprensa das forças armadas à agência de notícias France Presse.

Quatro funcionários da Airbus morreram e outros dois ficaram feridos na queda do avião, que estava a ser testado e tinha como destino um cliente na Turquia.

A aeronave caiu nas proximidades do Aeroporto de San San Pablo, em Sevilla, pelas 13:00 locais (12:00 Lisboa), após a descolagem.

A Airbus enviou uma equipa de técnicos ao local para investigar as causas do acidente em coordenação com as autoridades espanholas.

No avião seguiam um piloto, um copiloto, um mecânico e três engenheiros, cujas identidades ainda são desconhecidos.

Um dos feridos, um homem, de 49 anos, foi transportado para um hospital de Sevilha com traumatismo torácico, enquanto o outro, cuja idade não é referenciada, apresentava traumatismo craniano, queimaduras na face e fratura das pernas.

HooLengSiong/ Flickr

O Airbus A400M é uma alternativa ao mítico avião norte-americano de transporte táctico Hércules C-130

O Airbus A400M é uma alternativa ao mítico avião norte-americano de transporte táctico Hércules C-130

O Airbus A400M é um avião de transporte militar táctico equipado com 4 motores TP400-D6, desenvolvido pela Airbus Military.  É o maior propulsor do mundo e a sua produção industrial começou em 2011.

O projeto desta aeronave militar nasceu em 2003, após o acordo de sete países (Alemanha, França, Espanha, Reino Unido, Turquia, Bélgica e Luxemburgo), que concordaram em comprar 180 unidades.

O programa tinha previsto um investimento inicial de 20 mil milhões de euros, mas foi aumentado em 11 mil milhões pela quantidade de tecnologia que requer este modelo.

O seu primeiro voo só ocorreu em dezembro de 2009, com quase dois anos de atraso, precisamente em Sevilha, Espanha.

Vários países cancelaram ou ajustaram as suas encomendas do aparelho, devido a sucessivos atrasos na entrega, e ao seu preço, que subiu consideravelmente e chegou aos 100 milhões de euros por aeronave.

Em setembro de 2013, a Airbus entregou a primeira unidade à Força Aérea francesa, que confirmou os 50 pedidos previstos.

O objectivo estratégico da Airbus com este aparelho é apresentar uma alternativa viável ao mítico avião norte-americano de transporte táctico Hércules C-130.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Europa alarga restrições. Alemanha limita festas, Eslováquia em emergência e Itália não facilita

Os país europeus estão a anunciar novas medidas restritivas contra a covid-19, num altura em que o número de infeções voltou a aumentar e o inverno está a chegar. De acodo com o Diário de Notícias, …

Jogos da seleção com Espanha e Suécia vão ter adeptos nas bancadas

Os próximos jogos da seleção portuguesa frente à Espanha e à Suécia, no estádio Alvalade XXI, foram autorizados a receber público, revelou, esta terça-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "No jogo de preparação entre as …

Santos Silva rejeita apoio a Ana Gomes (e diz que polémica com embaixador dos EUA foi ultrapassada)

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, falou, em entrevista à TVI24 esta terça-feira, sobre a aprovação do Orçamento de Estado para 2021 e as eleições presidenciais e desvalorizou a polémica com o embaixador …

Santa Clara-Gil Vicente vai ser o primeiro jogo da I Liga com público

O jogo entre o Santa Clara e o Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga, vai ter uma assistência de mil pessoas, sendo o primeiro jogo profissional da época a ter público no estádio …

Uma rara "anomalia climática" agravou a 1.ª Guerra e a gripe espanhola

Uma equipa de cientistas descobriu uma anomalia climática que ocorre uma vez em cada 100 anos durante a I Guerra Mundial, que provavelmente aumentou a mortalidade durante a guerra e a pandemia de gripe nos …

Marcelo defende que "ninguém lhe perdoaria" se permitisse agora uma crise política

O Presidente da República defende que "ninguém lhe perdoaria" se permitisse a criação de condições para uma crise política no atual contexto de crise sanitária e consequente crise económica. Marcelo Rebelo de Sousa defendeu esta …

"Cada qual no seu lugar". Jerónimo avisa Marcelo que “tudo tem limites” nos poderes presidenciais

O secretário-geral do PCP avisou Marcelo Rebelo de Sousa que “tudo tem limites” quanto aos poderes presidenciais, face aos sucessivos apelos para a viabilização do Orçamento do Estado de 2021 pela esquerda ou pelo PSD. “Cada …

Ferro Rodrigues não aceita projeto de lei do Chega por inconstitucionalidade

O projeto de lei do Chega para limitar o cargo de primeiro-ministro e outros governantes apenas a portadores de nacionalidade portuguesa originária foi rejeitado pela Assembleia da República devido a inconstitucionalidade. O despacho do presidente da …

Os cientistas já sabem porque é que alguns sapos têm uns olhos "enormes"

Os cientistas acabam de descobrir porque é que alguns sapos têm os olhos enormes comparativamente com a dimensão do seu corpo. De acordo com uma nova investigação, cujos resultados foram recentemente publicados na revista científica …

Morreu o emir do Kuwait, Sabah Al-Ahmad Al-Sabah, aos 91 anos

O emir do Kuwait, xeque Sabah Al-Ahmad Al-Sabah, morreu esta terça-feira aos 91 anos nos Estados Unidos, onde estava desde julho a receber tratamento médico, anunciou a corte do emirado. "É com grande tristeza e dor …