Reino Unido bane dois anúncios publicitários que promovem estereótipos de género

No Reino Unido, a Philadelphia e a Volkswagen foram as primeiras vítimas de uma lei que quer banir os preconceitos de género da publicidade.

As novas regras, introduzidas no início do ano, proíbem a representação de homens e mulheres em atividades estereotipadas. O objetivo é contribuir para parar de “limitar como as pessoas se vêem a si mesmas e como os outros as vêem e as decisões de vida que elas tomam”.

A Advertising Standards Authority (ASA) proibiu os dois anúncios, após reclamações do público, argumentando que aqueles perpetuam estereótipos de género.

No anúncio da Philadelphia, a marca norte-americana de queijo, dois pais de dois bebés estão num restaurante onde a comida circula num tapete rolante e, encantados com os pratos que passam, onde o queijo é rei, deixam as crianças esquecidas nesse mesmo tapete. Quando as recuperam, comprometem-se a não contar às mães o que se passou.

https://www.youtube.com/watch?v=avtzdOTbzbo

Para os queixosos, a ideia de que os homens não sabem tomar conta dos filhos é um estereótipo. No entanto, a marca, em resposta à ASA, declarou que não escolheu representar duas jovens mães que perdessem os filhos precisamente para não ser condenada, refere o jornal britânico The Guardian. Ainda assim, a ASA foi intransigente na sua proibição.

Já na campanha publicitária da Volkswagen, os homens fazem alpinismo, são astronautas, fazem desporto, mesmo com uma perna biónica. Já as mulheres que surgem, uma dorme e outra está sentada num banco de jardim a tomar conta do seu bebé, enquanto o Golf passa silencioso. O texto que surge no ecrã diz: “Quando aprendemos a adaptarmo-nos, podemos conquistar o que quisermos.”

Os queixosos apontam para o preconceito de que as mulheres são passivas e os homens ativos. Para a Volkswagen o anúncio não é sexista e sublinha que cuidar de um recém-nascido também é uma experiência de mudança de vida, de adaptação, como diz o slogan. Apesar disso, a ASA “concluiu que o anúncio apresentava estereótipos de género de uma forma que poderia causar danos”.

Não é a primeira vez que há campanhas publicitárias que são classificadas como sexistas. Em 2016, a Microsoft foi criticada por fazer um anúncio onde os homens constroem robôs e as mulheres fazem vídeos com gatos. No mesmo ano, o mayor londrino quis retirar um anúncio sexista dos transportes públicos porque promovia uma imagem irrealista do corpo feminino.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Para mim sexismo é haver provas ou testes para o mesmo emprego ou para o que quer se seja facilitadas para as mulheres, pois se o trabalho vai ser igual, salário igual, porque hão de as provas ser mais fáceis para as mulheres?! Será que o trabalho vai facilitar por serem mulheres.. Mas isso já não interessa.. Apenas o que é contra o homem importa, neste mundo misandrico!

RESPONDER

Governo francês vai dar 100 euros a famílias carenciadas para pagar energia

O Governo francês vai entregar um cheque de 100 euros a 5,8 milhões de famílias de menores recursos para ajudar a pagar a fatura energética. A medida anunciada pelo executivo vai ter um custo de 580 …

Incidência e R(t) recuam em dia com mais 1.023 infetados e sete mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 1.023 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Apoiantes de Navalny acusam Google e Apple de "censura" política

Os apoiantes de Alexei Navalny acusaram hoje as empresas Google e Apple de terem suprimido o apelo ao voto "útil" proposto pelo oposicionista através das respetivas plataformas, denunciando "censura" num processo eleitoral em que a …

Presidente da República argentino cancela viagens para impedir que vice assuma Governo

Cristina Kirchner é parceira maioritária na coligação de Governo e exige, entre outras mudanças, a substituição de ários ministros, secretários e presidentes de organismos públicos. Recentemente, tem mostrado em público o seu descontentamento face à …

"Bazuca" europeia não resolve problema da falta de habitação

De acordo com vários especialistas, as 26 mil casas identificadas como prio­ritárias pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) não chegam para as necessidades do país, que podem chegar às 46 mil. A questão da aplicação …

Peça que terá sido usada no batismo de D.Maria II está à venda. Estado não a compra por ser demasiado cara

Há uma semana que está à venda uma peça que pertenceu à coroa portuguesa. Terá pertencido à família real depois do Terramoto de 1755 e, de acordo com o antiquário que agora a comercializa, terá …

"Dupla pancada". Vítimas de violência doméstica são deixadas ao abandono sem indemnização

Mais de 80% das vítimas de violência doméstica, a maioria mulheres, não recebem indemnizações, nem dos agressores nem do Estado. Se as vítimas não tiverem sofrido uma incapacidade para o trabalho por um período igual ou …

Ministério Público declara ilegal eleição de André Ventura

Ministério Público invalidou a mudança nos estatutos do Chega, incluindo a eleição direta de André Ventura. O líder do partido admite um novo congresso. No início do mês, o Ministério Público (MP) pediu ao Tribunal Constitucional …

Ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos demite-se por causa do Afeganistão

Sigrid Kaag demitiu-se do seu cargo de ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos, depois de o Parlamento considerar que o Governo fez uma má gestão da retirada de cidadãos do Afeganistão. A ministra dos Negócios …

Rio "atirou" Costa aos macacos e pediu aos eleitores que "penalizem" o descaramento do PS

Rui Rio afirma nunca ter visto um "desplante" semelhante ao do PS no que respeita a promessas eleitorais como o que está a acontecer na atual campanha para as autárquicas. Mais um dia, mais uma capelinha. …