Reino Unido bane dois anúncios publicitários que promovem estereótipos de género

No Reino Unido, a Philadelphia e a Volkswagen foram as primeiras vítimas de uma lei que quer banir os preconceitos de género da publicidade.

As novas regras, introduzidas no início do ano, proíbem a representação de homens e mulheres em atividades estereotipadas. O objetivo é contribuir para parar de “limitar como as pessoas se vêem a si mesmas e como os outros as vêem e as decisões de vida que elas tomam”.

A Advertising Standards Authority (ASA) proibiu os dois anúncios, após reclamações do público, argumentando que aqueles perpetuam estereótipos de género.

No anúncio da Philadelphia, a marca norte-americana de queijo, dois pais de dois bebés estão num restaurante onde a comida circula num tapete rolante e, encantados com os pratos que passam, onde o queijo é rei, deixam as crianças esquecidas nesse mesmo tapete. Quando as recuperam, comprometem-se a não contar às mães o que se passou.

https://www.youtube.com/watch?v=avtzdOTbzbo

Para os queixosos, a ideia de que os homens não sabem tomar conta dos filhos é um estereótipo. No entanto, a marca, em resposta à ASA, declarou que não escolheu representar duas jovens mães que perdessem os filhos precisamente para não ser condenada, refere o jornal britânico The Guardian. Ainda assim, a ASA foi intransigente na sua proibição.

Já na campanha publicitária da Volkswagen, os homens fazem alpinismo, são astronautas, fazem desporto, mesmo com uma perna biónica. Já as mulheres que surgem, uma dorme e outra está sentada num banco de jardim a tomar conta do seu bebé, enquanto o Golf passa silencioso. O texto que surge no ecrã diz: “Quando aprendemos a adaptarmo-nos, podemos conquistar o que quisermos.”

Os queixosos apontam para o preconceito de que as mulheres são passivas e os homens ativos. Para a Volkswagen o anúncio não é sexista e sublinha que cuidar de um recém-nascido também é uma experiência de mudança de vida, de adaptação, como diz o slogan. Apesar disso, a ASA “concluiu que o anúncio apresentava estereótipos de género de uma forma que poderia causar danos”.

Não é a primeira vez que há campanhas publicitárias que são classificadas como sexistas. Em 2016, a Microsoft foi criticada por fazer um anúncio onde os homens constroem robôs e as mulheres fazem vídeos com gatos. No mesmo ano, o mayor londrino quis retirar um anúncio sexista dos transportes públicos porque promovia uma imagem irrealista do corpo feminino.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Para mim sexismo é haver provas ou testes para o mesmo emprego ou para o que quer se seja facilitadas para as mulheres, pois se o trabalho vai ser igual, salário igual, porque hão de as provas ser mais fáceis para as mulheres?! Será que o trabalho vai facilitar por serem mulheres.. Mas isso já não interessa.. Apenas o que é contra o homem importa, neste mundo misandrico!

RESPONDER

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …

"A bola apenas bateu no peito". VAR admite erro no penálti do Portimonense-FC Porto

O vídeo-arbitro do encontro entre Portimonense e FC Porto, Vasco Santos, admitiu esta quarta-feira que não existiu razão para assinalar grande penalidade a favor do clube portista. "No momento em que o árbitro apita fiquei com …

Na Índia, usar cigarros eletrónicos já pode dar prisão

O Governo indiano anunciou esta quinta-feira a proibição de cigarros eletrónicos no país, de 1,3 mil milhões de pessoas, numa ação que pretende ser a favor da saúde e contra os vícios. "A decisão foi tomada …

Iñaki Urdangarín pode sair da prisão dois dias por semana

Detido na cadeia de Brieva, Ávila, há 15 meses, Iñaki Urdangarín, cunhado do rei de Espanha, soube esta terça-feira que poderá sair da prisão duas vezes por semana para fazer voluntariado numa instituição que ajuda …

Criança com anemia aplástica grave submetida a transplante inédito em Portugal

Um menino de quatro anos com anemia aplástica grave foi submetido a um transplante com células estaminais de sangue do próprio cordão umbilical, um tratamento inédito em Portugal realizado no Instituto Português de Oncologia (IPO) …

Renováveis baixaram fatura da luz em 2,4 mil milhões na última década

A produção de eletricidade a partir de fontes renováveis permitiu ao sistema elétrico português acumular uma poupança de 2,4 mil milhões de euros ao longo dos últimos 10 anos. Esta é a principal conclusão de um …

Constitucional chumba barrigas de aluguer pela segunda vez

O Tribunal Constitucional chumbou, esta quarta-feira, pela segunda vez, o diploma do Parlamento sobre gestação de substituição, depois de um chumbo no ano passado. O BE apresentou uma proposta em que se previa "que a gestante …

Furacão Humberto ganha força a caminho das Bermudas

O furacão Humberto aumentou de intensidade nas últimas horas e atingiu a categoria 3 a caminho das Bermudas, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) nesta quarta-feira. O terceiro furacão da temporada no Atlântico, …

Brasil é o país lusófono com mais refugiados. Já Portugal tem as maiores remessas dos emigrantes

Um relatório das Nações Unidas (ONU) revelou que o Brasil é o país lusófono que acolhe mais refugiados, Portugal é o que recebe mais remessas dos emigrantes e Moçambique teve o maior aumento de estrangeiros …