Rei da Suécia retirou estatuto de Alteza Real a cinco netos (para o bem de todos)

O Rei da Suécia, Carl Gustaf, decidiu retirar a cinco dos seus sete netos — todos os que não são filhos da princesa Vitória, herdeira direta da coroa sueca — o estatuto de Alteza Real.

A decisão foi detalhada e explicada numa nota publicada no site oficial da Casa Real Sueca, citada pelo Observador. “O objetivo destas mudanças é definir de que membros da Família Real se pode esperar que cumpram deveres oficiais de Chefe de Estado ou relacionados com o estatuto de Chefe de Estado. Sua Majestade, o Rei, decidiu que os filhos de Suas Altezas Reais príncipe Carl Philip [filho do Rei] e princesa Sofia e os filhos de Sua Alteza Real princesa Madalena e Mr. Cristopher O’Neill deixarão de ser membros da Família Real”.

A nota dá conta de que estes cinco netos do Rei Carl Gustaf a quem foi alterado o estatuto Real, que têm entre um e oito anos — príncipe Alexandre, duque de Södermanland; príncipe Gabriel, duque de Dalarna; princesa Leonor, duquesa de Gotland; príncipe Nicolas, duque de Ångermanland; e princesa Adriana, duquesa de Blekinge — “vão manter os seus títulos de Duque e Duquesa, previamente atribuídos por Sua Majestade”.

Na prática, embora permaneçam elementos da realeza, os cinco príncipes a quem foi alterado o estatuto deixarão de ser chamados de “Sua Alteza Real”, perderão benefícios fiscais e deixarão de estar obrigados ao cumprimento de obrigações Reais.

Relativamente aos benefícios, perderão o direito de receber anualmente o appanage, um fundo anual alimentado pelos impostos dos cidadãos que serve para cobrir despesas dos membros da Família Real. Já quanto às obrigações, as cinco crianças ficarão livres do dever de participação em múltiplos eventos de Estado que impliquem a representação da Monarquia Sueca.

A decisão do Rei da Suécia surge na sequência de uma discussão pública no país sobre a necessidade dos contribuintes suecos pagarem a tantos elementos da Família Real, tendo-os como disponíveis para cumprir funções monárquicas e obrigações decorrentes da sua afinidade com o estatuto de possível futuro Chefe de Estado.

“O Parlamento anunciou há uns anos que teria de rever alguns princípios da Monarquia. Um deles era o tamanho da Família Real”, explicou à BBC Roger Lundgren, apresentado pela estação britânico como “especialista em assuntos Reais”.

À BBC, o historiador sueco Dick Harrison sublinhou o sentimento vigente entre contribuintes suecos de que não existia necessidade de pagarem a tantos elementos da família Real, destacando ainda a possibilidade que as crianças passarão agora a ter de seguirem cursos de vida “mais normais”. Teoricamente, as cinco crianças poderão continuar a ser candidatas futuras ao trono e deverão aparecer em eventos sociais — mas deixarão de ter os deveres e as benesses económicas previstas no seu anterior estatuto.

Em 1980, a monarquia sueca tinha já dado um passo sem precedentes ao tornar-se a primeira a alterar as regras de sucessão, impondo que o candidato direto à sucessão fosse sempre o descendente mais velho do Rei, independentemente do seu género. A princesa Vitória, que tem 42 anos (mais dois que o príncipe Carl Philip e mais cinco que a princesa Madalena), é a principal candidata à sucessão. Os filhos da princesa Vitória — princesa Estela e o príncipe Óscar — foram os únicos a quem não foi alterado o estatuto real.

Os dois filhos mais novos do Rei, príncipe Carl Philip e princesa Madalena, congratularam-se com a decisão do Rei em retirar o estatuto de Suas Altezas aos seus filhos. Através de publicações nas redes sociais, a princesa Madalena afirmou que esta alteração estava a ser “planeada há muito tempo” e dará aos seus três filhos “uma maior oportunidade de moldar as suas vidas”, ao passo que o seu irmão sublinhou que os seus dois filhos poderão fazer “escolhas mais livres” nas suas vidas daqui para a frente.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …

Afinal, Irão já não vai pedir ajuda para analisar caixas negras do avião

O Irão recuou na intenção de enviar para análise as gravações da caixa negra do avião ucraniano, que abateu acidentalmente na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais, revelou a agência noticiosa iraniana. Citado …

Bruno Fialho sucede a Marinho e Pinto na liderança do PDR

Bruno Fialho é o novo presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), ao obter 75% dos votos na eleição deste sábado para escolher o sucessor de António Marinho e Pinto, que anunciou o abandono do cargo …

Legislador russo culpa "arma climática" dos EUA pelo inverno quente de Moscovo

Alexei Zhuravlyov, membro da câmara baixa do Parlamento da Rússia (Duma), culpou uma alegada "arma climática" secreta dos Estados Unidos pelas anómalas temperaturas que se fizeram sentir este inverno em Moscovo.  Em declarações à estação de …

Nova espécie de louva-a-deus empala as suas presas como se fossem fondue

O Carrikerella simpira, uma nova espécie de louva-a-deus, caça as suas presas perfurando-as de um lado ao outro com as suas patas em forma de tridente. Cientistas descobriram uma nova espécie de louva-a-deus com uma característica …

Astrónomos descobrem que o fósforo foi gerado na formação de estrelas

Astrónomos descobriram que o fósforo, elemento químico essencial à vida, se constituiu durante a formação de estrelas e sugerem que chegou à Terra através de cometas. Uma equipa de astrónomos detetou monóxido de fósforo na região …

Nova máquina repara e mantém fígados vivos fora do corpo humano durante uma semana

Um novo sistema consegue manter um fígado humano vivo fora do corpo durante sete dias, período no qual o órgão danificado pode ser reparado e preparado para o transplante. As tecnologias convencionais conseguem sustentar um fígado …

Rui Rio vence segunda volta. Líder reeleito quer "estabilidade, lealdade e unidade"

O presidente social-democrata, Rui Rio, afirmou hoje que espera poder “trabalhar com estabilidade e lealdade”, recusou que o PSD esteja “partido” e vincou estar “a iniciar o momento para marcar a unidade” no partido. O líder …

Gatos não se importam de comer pessoas mortas (e há um estudo que mostra como o fazem)

Uma nova investigação analisou como é que dois gatos selvagens se alimentaram de cadáveres humanos. Os animais mostraram preferência por corpos específicos ao longo de vários dias. No Forensic Investigation Research Station, no estado norte-americano do …