Regulador obriga Elon Musk a deixar conselho de administração da Tesla

O presidente executivo do grupo do setor automóvel Tesla concluiu um acordo com o regulador da bolsa americana, que o acusa de fraude, e terá de deixar temporariamente o cargo no conselho de administração e pagará uma coima.

Elon Musk e a Tesla fizeram um acordo para pagar um total de 40 milhões de dólares de coima e uma série de concessões para cumprirem a lei, na sequência de uma acusação do regulador de violação das regras face aos investidores.

A Securities and Exchange Commission, regulador comercial norte-americano, anunciou o acordo em comunicado, apenas dois dias depois de ter acusado Musk. O acordo exige que Musk deixe o cargo de presidente do conselho de administração da empresa por pelo menos três anos, embora possa continuar como presidente executivo da empresa.

A autoridade bolsista dos EUA pediu a um tribunal federal para destituir Elon Musk da presidência e gestão da Tesla, acusando-o de fraude com declarações falsas sobre a retirada da empresa da bolsa.

A SEC, equivalente à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, especificou na queixa apresentada na quinta-feira que Musk garantiu falsamente, num texto colocado no Twitter, a 7 de agosto, que tinha financiamento para comprar as ações cotadas a 420 dólares por ação, um substancial prémio em relação à cotação da altura.

“Estou a considerar tornar a Tesla privada a 420 dólares. Financiamento assegurado”, escreveu o presidente executivo da empresa na rede social, assegurando que tinha o financiamento necessário – declarações que fizeram disparar o valor das acções da empresa na bolsa.

O tweet de Musk surgiu horas depois de o Financial Times ter reportado que o Fundo de Saúde soberano da Arábia Saudita – país exportador de petróleo – tinha adquirido uma participação importante, entre os 3% e os 5%, na Tesla Inc.

Na queixa, apresentada pela SEC no Tribunal do Distrito de Manhattan, afirma-se que Musk não discutiu, nem confirmou os termos da operação com qualquer instituição que o pudesse financiar, que o CEO da Tesla que se comportou de forma “temerária”, e que a sua mensagem era “falsa e enganosa”, tendo prejudicado os investidores da empresa.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • Pois… é muita rapidez e eficiência…
      Nem sequer foram esses (SEC-Securities and Exchange Commission) que não viram nenhum problema no Lehman Brothers – o que só levou à maior falência de todos os tempos e a uma crise financeira a nível mundial!…

Responder a ah Cancelar resposta

Era marketing. Fortnite voltou (e está diferente)

Depois de 10 temporadas, um buraco negro engoliu a ilha na qual diariamente milhões de jogadores tentavam sobreviver, matando-se uns aos outros. Durante um dia e meio, ninguém podia jogar. O susto acabou esta terça-feira, …

Cientistas determinam o que diminui a fertilidade das mulheres com o avanço da idade

Investigadores da Universidade de Copenhaga mapearam alguns dos mecanismos que podem afetar a fertilidade das mulheres desde a adolescência até a menopausa. A fertilidade natural das mulheres flutua entre altos e baixos na forma de uma …

Dono do Paris Saint-Germain quer comprar o Leeds (e torná-lo no novo Manchester City)

A Qatar Sports Investments (QSI), empresa que é detida por Nasser Al Khelaifi, quer dar o salto para o mercado inglês e adquirir o Leeds United, emblema que milita atualmente no segundo escalão. Na semana em …

Município italiano proíbe Google Maps. App faz com que muitas pessoas se "percam"

O autarca do município italiano de Baunei, na Sardenha, proibiu o uso do Google Maps na região, argumentando que "muitas" pessoas se perderam por causa de "sugestões enganosas" do serviço de localização. A informação é …

Pedalar mais dá direito a prémios. Tecnologia portuguesa desperta interesse de Copenhaga

Depois de se ter estreado em Matosinhos e de ter despertado interesse em Nova Iorque, um programa português que premeia comportamentos de mobilidade ambientalmente sustentáveis chamou a atenção em Copenhaga. O AYR, desenvolvido pela empresa CEiiA …

Associação de Armas americana editou artigos da Wikipédia para desacreditar o Holocausto

A National Rifle Association (Associação Nacional de Armas) dos Estados Unidos tem estado a editar artigos da Wikipédia de forma a desacreditar o Holocausto. Um trabalho de investigação da Splinter identificou pelo menos 150 edições em …

Bebé recém-nascida encontrada enterrada viva numa sepultura na Índia

Uma bebé recém-nascida enterrada viva foi encontrada na Índia por um pai que estava a enterrar a filha, que morreu após o parto, revelou o chefe da polícia local, Abhinandan Singh. A menina foi encontrada dentro …

Reutilização é a verdadeira alternativa a plástico descartável

A alternativa aos produtos de plástico descartáveis tem sido outros produtos também descartáveis, mas a melhor solução passa pela reutilização, indica um relatório divulgado esta terça-feira, que dá exemplos de sucesso. O documento, “The Reusable solutions: …

Booking abandona a criptomoeda do Facebook

  Booking junta-se ao Mastercard, eBay, Visa, PayPal, Stripe e Mercado Pago e desiste do projeto da Associação Libra, promovida por Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, para a desenvolver a infraestrutura financeira que está na base …

Michael Jackson era "doente mental" e uma pessoa "perturbadora", diz Elton John

Elton John defende na sua autobiografia que Michael Jackson era "verdadeiramente doente mental" e uma pessoa "perturbadora", recordando os encontros que teve com o rei da pop, falecido em junho de 2009. O músico britânico escreveu …