/

Receitas do IMI sobem o dobro do previsto e batem recorde

3

SXC

As receitas do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) situaram-se nos 1121 milhões de euros até Agosto deste ano. Valor que representa mais 135 milhões de euros do que o montante verificado no mesmo período em 2014 e um novo recorde.

O Dinheiro Vivo avança que está em causa “um crescimento homólogo de 13,7%, ou seja, mais do dobro do que previam as últimas projecções de subida desta receita para o conjunto do ano – que apontavam para 6,3%”.

Estão em causa mais 135 milhões de euros do que os valores verificados em 2014.

Já no segundo semestre de 2014, os proprietários de imóveis tinham pago mais cerca de 450 milhões de euros, segundo nota a mesma publicação.

Números que, segundo o fiscalista Tiago Caiado Guerreiro, comprovam que os proprietários pagam um IMI “extremamente elevado”, conforme declarações ao Dinheiro Vivo.

Várias autarquias têm aderido, entretanto, ao módulo do IMI Familiar que permite reduções em função do número de filhos. Uma situação que, contudo, está a gerar polémica por ser uma decisão que depende exclusivamente das autarquias.

“Porque é que uma autarquia baixa o IMI para as famílias com filhos e a que lhe fica ao lado se recusa a aplicar um benefício que é da maior justiça”, questiona a Associação Lisbonense de Proprietários citada pelo Dinheiro Vivo.

E depois de pagas as primeiras prestações do IMI, em Abril e Julho, os proprietários devem preparar-se para a próxima factura que deve ser liquidada durante o mês de Novembro.

ZAP

3 Comments

  1. Sobem o dobro porque houve aumentos de 500% no IMI de muitas habitações!! Não percebo onde está a admiração deste resultado!!

  2. Um exemplo; Actualizado – 349 € de IMI em Lx.- fracção com 100m2 vs uma vivenda em Lx.- com 224m2 de IMI 134€ antes da actualização! Sobretudo nos grandes centros O IMI ficou demasiado elevado (para as camaras municipais esbanjarem para além das receitas dos parquímetros), mas que havia disparidades colossais lá isso havia!

  3. Receitas do IMI sobem o dobro do previsto pelo facto dos nossos RICOS GOVERNANTES não saberem nem terem qualidades politicas mas sim arruaceiras para porem os desgraçados a pagarem esses interesses partidários nas contas publicas que estão no caminho da amargura e agora com este ato eleitoral o CASO BPN vem mesmo a calhar para todos os eleitores saberem e verem em quem irão dar o seu lindo VOTO. Só LIXO.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.