Rebeldes do Iémen disparam míssil contra a Arábia Saudita

B.alotaby / Wikimedia

O míssil tinha como alvo o palácio presidencial em Riade, a capital da Arábia Saudita.

Os rebeldes Houthi, que lutam contra o governo no Iémen, dispararam um míssil para atingir o palácio real saudita.

As forças armadas sauditas anunciaram, esta terça-feira, ter intercetado um míssil balístico lançado contra a capital, Riade. O projétil foi disparado do Iémen, pelo movimento rebelde Houthi que está a combater o Governo iemenita, reconhecido pela Arábia Saudita.

O disparo do míssil foi anunciado pelo canal de televisão do movimento, Al Massira, e tinha como alvo uma reunião entre líderes sauditas no palácio real al-Yamama. O ataque acontece, assim, horas antes de a Arábia Saudita anunciar o orçamento anual, numa conferência de imprensa aonde deveriam estar presente vários ministros.

De acordo com o Diário de Notícias, testemunhos na capital saudita dizem ter ouvido o barulho da explosão e partilharam nas redes sociais vídeos e imagens de uma nuvem de fumo.

Este é já o segundo míssil disparado pelos rebeldes iemenitas sobre Riade em dois meses. No dia 4 de novembro, a Arábia Saudita intercetou um míssil balístico direcionado ao aeroporto Rei Khaled, também em Riade.

A Arábia Saudita acusa o Irão de fornecer armas aos rebeldes e impôs um bloqueio ao Iémen, pedindo fiscalizações rigorosas por parte das Nações Unidas.

Na semana passada, os EUA apresentaram destroços do que dizem ser armas iranianas fornecidas aos rebeldes Houthis, afirmando ser uma prova da violação das resoluções da ONU. O Irão nega as acusações.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Retoma da normalidade". Bruxelas propõe este mês livre-trânsito digital para vacinados e recuperados

A Comissão Europeia vai apresentar este mês uma proposta legislativa para criar um livre-trânsito digital que permita retomar as viagens em altura de pandemia de covid-19, comprovando a vacinação ou a recuperação dos cidadãos. A informação …

Noiva de Khashoggi pede "punição imediata" de Mohammed bin Salman

As declarações da noiva de Jamal Khashoggi surgem depois de as autoridades norte-americanas terem publicado um relatório em que Mohammed bin Salman é acusado de ter ordenado o assassínio do jornalista. Joe Biden está a ser …

Covax permite que países mais pobres comecem a receber a vacina (mas só garante 20% da vacinação)

A Covax visa fornecer vacinas contra a covid-19 a 20% da população de 200 países e territórios que estão incluídos no sistema através de um sistema de financiamento que permite a 92 economias de baixo …

Reino Unido vacinou 20 milhões com 1.ª dose. País deteta casos de variante de Manaus

O ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, anunciou no domingo que mais de 20 milhões de pessoas no Reino Unido já receberam a primeira dose da vacina contra covid-19. "Estou absolutamente encantado por informar que mais …

Famílias numerosas já podem pedir desconto no IVA da luz

As famílias com cinco ou mais elementos podem pedir a redução do IVA da eletricidade ao seu fornecedor a partir desta segunda-feira e têm de comprovar a sua condição de família numerosa. Em causa está a …

Netflix foi a grande vencedora da noite dos Globos de Ouro

  A 78.ª edição dos Globos de Ouro decorreu de forma virtual, com apresentação de Tina Fey e Amy Poehler e a participação de alguns dos laureados do ano passado. Os Globos de Ouro, prémios de cinema …

Portugal regista mais 34 óbitos e 394 novos casos. O menor número desde setembro

Portugal registou esta segunda-feira 394 novos casos de infeção por covid-19 e mais 34 mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

Nicolas Sarkozy condenado a três anos de prisão por corrupção

Nicolas Sarkozy foi esta segunda-feira condenado a três anos de prisão por corrupção e tráfico de influências, tornando-se o segundo chefe de Estado condenado em França, após Jacques Chirac em 2011. O ex-Presidente francês foi condenado …

Câmara de Lisboa oferece viagem de táxi a idosos que vão tomar a vacina

Os residentes em Lisboa com mais de 80 anos ou 50 anos e patologias associadas podem deslocar-se gratuitamente de táxi para tomar a vacina contra a covid-19. Os custos da viagem são assumidos pela autarquia …

Liquidez é "abundante" mas "é preciso fazê-la chegar" à economia, diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, indicou que a crise de 2008 e de 2020 não são comparáveis devido à abundância de dinheiro disponível e que há liquidez para travar o impacto económico, mas …