Quem é o Thierry Henry de hoje? Rafael Leão

AC Milan / Twitter

Rafael Leão, jogador do AC Milan

O antigo médio defensivo Alessio Tacchinardi considera que o avançado português Rafael Leão é um jogador com as mesmas características do mítico ponta de lança francês Thierry Henry.

Atualmente a jogar em Itália com a camisola do AC Milan, o jogador formado no Sporting é considerado pelo antigo jogador da Juventus Alessio Tacchinardi como “um diamante ainda por lapidar, mas que “dentro de um ano ou dois, Rafael Leão vai ser a estrela da nova geração”.

Em declarações ao desportivo italiano Tuttosport, o antigo médio vai mais longe, e diz mesmo que “Il primo Henry è il Leao di oggi“.

«Rafael Leão é o Henry de hoje. As características de ambos são as mesmas, a  velocidade, o um contra um”, explica Tacchinardi, “ele vai sempre por fora para partir a defesa”.

Com 123 internacionalizações pela Fança, com passagens pelo Mónaco e Juventus, Thierry Henry notabilizou-se com as camisolas do Arsenal, que envergou durante oito anos, e do Barcelona, por mais quatro. Considerado um dos melhores avançados de sempre na Premier League, marcou 290 golos em 600 jogos oficiais.

Alessio Tacchinardi diz ter sido esmagado nas redes sociais por esta comparação, mas que “é só ver vídeos de ambos. Eles são iguais, não vejo um jogador na Europa capaz de fazer o que ele faz no um contra um“.

Segundo o antigo médio, Leão “ainda não é consistente, tem de crescer e melhorar, mas isso e outra coisa. Quando mostra sua força consegue passar qualquer um. É um diamante ainda por lapidar, mas que pode ser moldado”.

“Não existe melhor equipa do que o Milan para a sua explosão em definitivo”, diz ainda Tacchinardi acerca do jogador das escolas de Alcochete. “Dentro de um ano ou dois, Rafael Leão vai ser a estrela da nova geração”.

Na quinta-feira, um golo de Rafael Leão ajudou o AC Milan a eliminar o Génova da Taça de Itália, com uma vitória por 3-1 após prolongamento. Ao Sport Mediaset, o avançado admitiu que “queria ter cruzado e não atirar, de propósito, à baliza”.

“Queria cruzar porque temos o Giroud, que é muito bom no ar. Se não tenho espaço para rematar, tento cruzar e era isso que estava a procurar fazer“, confessou Leão.

O jogador, que se transferiu do Lille para o AC Milan em 2019, após a polémica rescisão de contrato com o Sporting na sequência da invasão da Academia de Alcochete, marcou esta época 7 golos e fez 5 assistências na liga italiana.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE