Quatro feridos com arma branca junto à antiga redação do Charlie Hebdo

Ian Langsdon / EPA

Quatro pessoas foram esta sexta-feira feridas, duas das quais com gravidade, com armas brancas em Paris, junto ao edifício da antiga redação do jornal satírico Charlie Hebdo, anunciou a polícia da capital de França.

Dois dos feridos estão em estado de “emergência absoluta”, adiantou a prefeitura.

Um responsável policial indicou que, num primeiro momento, as autoridades pensaram que dois suspeitos estariam envolvidos, mas que agora acreditam que foi apenas uma pessoa, detida junto à Praça da Bastilha, no leste de Paris, muito perto do local do ataque.

De acordo com o jornal francês Le Figaro, o suspeito, detido nas escadarias da Ópera da Bastille pelas 12h45 locais, teria sangue nas suas roupas.

Desconhecem-se para já as circunstâncias do ocorrido.

A SIC Notícias dá conta que no local do ataque está montada uma grande operação policial. Foi organizado um cordão de segurança e as autoridades estão a pedir à população que se afaste da zona do incidente.

Por precaução, as creches e escolas nas proximidades foram encerradas, assim como as estações de metro, escreve ainda o jornal Público. “Milhares de alunos foram confinados” por precaução, indicou a câmara municipal de Paris.

O primeiro-ministro francês, Jean Castex, suspendeu um discurso que se preparava para fazer e dirigiu-se ao centro de crise do Ministério do Interior.

A antiga redação do jornal foi alvo, a 7 de janeiro de 2015, de um ataque ‘jihadista’ que fez 12 mortos e cinco feridos graves. O processo do Charlie Hebdo começou no passado dia 1 de setembro, no Tribunal de Paris, a julgar 14 pessoas consideradas como cúmplices neste ataque, já que os irmãos Kouachi – que conseguiram entrar na redação, matando 12 pessoas – foram abatidos pela polícia alguns dias após o crime.

Estão também em causa os ataques perpetrados por Amedy Coulibaly, nos dias que se seguiram ao atentado ao “Charlie Hebdo” e que terão sido coordenados com os irmãos Kouachi: a morte de uma polícia em Montrouge, nos arredores da capital, e a morte de outras quatro pessoas num supermercado, também nos arredores de Paris.

O ataque contra o Charlie Hebdo provocou ondas de choque por toda a França, revelando divisões num país que se orgulha do seu multiculturalismo e gerando um intenso debate sobre a integração da comunidade muçulmana e a liberdade de imprensa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. multiculturalismo é tão bom, recomenda-se que o levem até aos parlamentos por essa europa fora e especialmente aos bairros onde mora a fina elite de cada país.

    • A fina elite de cada país mora em bairros multiculturais, com a fina elite de empresários, celebridades, etc. de muitos outros países e culturas. Onde é que pensa que vivem os príncipes arabes, os empresários africanos, os empresários aisáticos e outros quando estão na Europa? No seu bairro? Em Almada? No bairro do Cerco no Porto? No bairro amarelo na Caparica?

Meghan Markle revela que passou por aborto espontâneo. "Perder um filho é uma dor quase insuportável"

Meghan Markle revelou que teve um aborto espontâneo em julho, contando a sua experiência traumática na esperança de ajudar outras pessoas. A Duquesa de Sussex descreveu o aborto num artigo de opinião publicado hoje no jornal …

FC Porto e Sporting com duelos de "primeira" na Taça, Benfica à espera

O sorteio realizado, esta quarta-feira, deu a conhecer os adversários do FC Porto e do Sporting na quarta eliminatória da Taça de Portugal. Benfica ainda aguarda o resultado da partida entre Vilafranquense e Sanjoanense. O FC …

Von der Leyen lembra Hungria e Polónia que milhões de europeus estão à espera

A presidente da Comissão Europeia deplorou, esta quarta-feira, o impasse na aprovação do Orçamento Plurianual e do Fundo de Recuperação, apontando que os líderes devem uma resposta urgente a milhões de cidadãos europeus angustiados, incluindo …

Lista da Bloomberg ordena os 50 países que respondem melhor à pandemia. Portugal fora dos 30 primeiros

O Ranking da Bloomberg avalia dez critérios que dizem respeito à forma como os países dominaram a pandemia. Portugal aparece sensivelmente a meio, melhor no acesso à saúde, pior no fator económico. A Bloomberg, grupo de …

Altice Portugal corta relações institucionais com a Anacom

A Altice Portugal anunciou, esta quarta-feira, que decidiu suspender "qualquer relacionamento institucional" com a Autoridade Nacional das Comunicações (Anacom). "No atual contexto, em que toda a economia nacional e seus agentes se sentem já esclarecidos e …

Ana Gomes espera que Marcelo pare de alimentar "tabu" sobre uma recandidatura

A candidata presidencial Ana Gomes disse nesta quarta-feira esperar que o atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, não continue a alimentar o "tabu" sobre uma recandidatura, "até para não se valer do cargo" …

Bloco de Esquerda vai votar contra o Orçamento do Estado

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), que vai ser votada, na Assembleia da República, esta quinta-feira. De acordo com o jornal Público, a decisão ainda vai …

Agência europeia de aviação prepara-se para autorizar regresso do Boeing 737 MAX

A Agência Europeia para Segurança da Aviação (EASA) manifestou hoje intenção de aprovar o regresso da aeronave Boeing 737 MAX aos céus da União Europeia (UE), mas apenas se forem cumpridos requisitos técnicos e de …

Xi Jinping dá os parabéns a Joe Biden pela vitória nas eleições

O Presidente chinês deu os parabéns pela vitória ao Presidente eleito dos Estados Unidos, esta quarta-feira, expressando esperança num espírito de cooperação entre os dois países, para que todos fiquem a ganhar. A China foi uma …

Cristiano Ronaldo é o único português nomeado para os prémios "The Best"

O avançado da Juventus é o único português nomeado para os prémios "The Best", inserido na lista de 11 candidatos na categoria de melhor futebolista de 2020, divulgada hoje pela FIFA. Cristiano Ronaldo reparte a nomeação …