Quase 70% dos jovens considera normal comportamentos violentos no namoro

Mais de metade dos jovens inquiridos num estudo da União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR) já sofreu atos de violência no namoro e mais de dois terços aceita como normal comportamentos violentos na intimidade.

O inquérito nacional da UMAR 2018 sobre violência no namoro, que envolveu cerca de 4.600 jovens, com uma média de idades de 15 anos, alerta para as “elevadas taxas de vitimação e, sobretudo, de legitimação da violência“.

“É preocupante” verificar que 68,5% dos jovens (3.186) considera natural pelo menos um comportamento violento na intimidade e que 56% diz já ter sofrido atos de vitimação, indica o inquérito, divulgado no Dia dos Namorados.

Analisando os vários tipos de vitimação, o estudo revela que 18% foi vítima de violência psicológica, 16% de perseguições, 12% de violência através das redes sociais, 11% de situações de controlo, 7% de violência sexual e 6% de violência física por parte de um companheiro ou companheira.

Na violência psicológica, os insultos são os atos de violência com maior prevalência (29%), seguido de humilhar e rebaixar a vítima (15%) e de ameaças (11%).

Na violência através das redes sociais, o comportamento mais frequente é entrar no Facebook ou noutra rede social sem autorização da vítima (20%). Foram também relatadas situações de partilha online de conteúdos íntimos sem autorização (4%).

Para os autores do estudo, “estes comportamentos abusivos online são inquietantes na medida em que estes atos podem tornar-se públicos, e eventualmente virais”. “Esta forma de violência tem um potencial de dano muito alto” a que é preciso estar atento, uma vez que se trata de “uma população muito jovem e que estará a iniciar a sua vida íntima e sexual”.

No controlo nas relações de intimidade, a questão mais prevalente foi a proibição imposta à vítima de estar ou falar com amigos (21%).

O comportamento mais relatado na violência sexual foi o de pressionar a vítima para beijar o companheiro/a à frente de outras pessoas (8%), refere o estudo, que considera “preocupante” a percentagem de jovens (5%) que disseram ter sido pressionados pelo companheiro para ter relações sexuais.

A violência física “continua a ter uma prevalência preocupante“, tendo em conta a idade dos jovens, com 6% a contarem que foram vítimas de comportamentos físicos abusivos. Segundo o estudo, o tipo de violência mais legitimado é o controlo (29%), seguido da perseguição (26%), da violência sexual (25%), da violência através das redes sociais (24%), da violência psicológica (16%) e da violência física (8%).

Em todos os comportamentos “os rapazes legitimam mais a violência do que as raparigas”, sendo ainda “mais frequente nos/as jovens” que sofreram “atos de vitimação (76,9%)”. Esta diferença “é significativa” na violência sexual, com 34% dos rapazes a legitimar estes comportamentos, contra 16% das raparigas.

Para os autores do estudo, a legitimação destes comportamentos “pode advir do facto” de, na cultura portuguesa, “estes comportamentos não serem considerados violência (apesar de já criminalizados) e serem muitas vezes romantizados”.

Comparando estes dados com os do inquérito do ano anterior, a UMAR verificou uma “ligeira subida” da legitimação e da vitimação da violência, o que indica a “urgência de uma intervenção com os/as jovens, o mais precoce e continuadamente possível”, para prevenir “a violência sob todas as formas”.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Qualquer dia a maior idade tem de ser aos 15 anos para responsabilizar criminalmente as bestinhas. Mas por outro lado se 70% acha normal daqui a 20 anos serão a maioria dos adultos. Aumentará a violência sobre idosos e crianças? Cá para mim estas crianças passam muito tempo sozinhas e devaneiam mentalmente.

RESPONDER

Augusto Inácio (de) novo diretor-geral do Sporting

O Sporting anunciou hoje, através de um comunicado, que o novo diretor-geral de futebol é Augusto Inácio, que regressa assim aos «leões» para substituir André Geraldes. No mesmo comunicado, pode ler-se que o presidente do Sporting, …

Morreu Júlio Pomar

O pintor e artista plástico português Júlio Pomar faleceu esta terça-feira, no Hospital da Luz, em Lisboa. Tinha 92 anos. O artista plástico português faleceu esta terça-feira, aos 92 anos, em Lisboa. O pintor modernista é …

Jovem britânico em fuga responde à polícia no Facebook (e é detido)

A polícia de West Yorkshire, no Reino Unido, fez um apelo no Facebook a pedir informações sobre o paradeiro de um jovem. O próprio desaparecido respondeu ao apelo e foi detido. No texto publicado na rede …

Casa de 600 mil euros pode custar liderança do Podemos a Pablo Iglesias

O líder do Podemos e a companheira, porta-voz do partido, poderão renunciar aos seus cargos de deputados devido à polémica compra de uma vivenda de 600 mil euros. Segundo o Diário de Notícias, o líder do …

Sim, há igrejas para ateus. E são cada vez mais

O declínio constante da religião no mundo ocidental está atualmente a rever-se no crescimento das chamadas igrejas ateístas. De acordo com o Pew Research Center, os "religiosamente não filiados" são agora o segundo maior grupo religioso …

Mais de 80% dos doentes sem acesso a cuidados paliativos

Entre 69 a 82% dos doentes que morrem em Portugal necessitam de cuidados paliativos, mas mais de 80% não os têm porque as respostas são insuficientes. Os maiores hospitais do país, incluindo o Instituto Português de …

Atentado no Afeganistão faz pelo menos 16 mortos e 38 feridos

Pelo menos 16 pessoas morreram e 38 ficaram feridas, na explosão de uma camioneta armadilhada em Kandahar, sul do Afeganistão, no momento em que agentes da polícia tentavam desarmadilhá-la, anunciaram as autoridades. "Os últimos números disponíveis …

Giuseppe Conte: um desconhecido sem experiência política para dirigir o Governo italiano

Giuseppe Conte é o nome proposto ao presidente pela Liga e pelo Movimento 5 Estrelas. O Presidente italiano, Sergio Mattarella, terá a última palavra em relação à escolha do primeiro-ministro. Giuseppe Conte. É este o nome …

Detidos por álcool e droga vão ser enviados para consultas médicas

Quem conduzir sob o efeito de álcool ou de estupefacientes vai ser encaminhado para consultas médicas em vez de ser punido com penas de prisão ao fim de semana ou trabalho comunitário. Retirar pessoas das cadeias …

Há 20 anos, com muito "cagaço", vulcões e o Gil, a Expo98 mudou Lisboa (e o país)

Foi há 20 anos que a Expo 98, inaugurada a 22 de Maio de 1998, transfigurou a zona oriental de Lisboa, mas também mudou a face do país, naquele que foi o primeiro grande evento …