Quantos ovos pode consumir por semana sem prejudicar o coração? Os cientistas já têm um número

Uma equipa internacional de cientistas concluiu que o consumo de quatro ovos por semana não compromete a saúde do coração da população em geral.

A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista European Journal of Clinical Nutrition, surge depois de o consumo de ovos ter sido várias vezes associado ao aumento de colesterol, bem como ao risco de doenças cardiovasculares.

Para chegar a este número, o estudo, que contou com a participação de vários cientistas de universidades de Itália, Polónia, Dinamarca, Holanda, Suíça e Espanha, analisou todas as evidências científicas sobre o tema até agora publicadas – no total, foram tidas em conta 39 investigações e 1,8 milhões de participantes.

“Este é o estudo mais exaustivo que já foi publicado sobre o consumo de ovos e a saúde cardiovascular”, explicaram os cientistas do Centro Espanhol de Pesquisa Biomédica em Fisiopatologia da Obesidade e Nutrição (CIBEROBN), que participou na investigação, citado pela agência noticiosa espanhola Europa Press.

“O resultado final concluiu que, muito provavelmente, não há nenhuma razão científica real para desencorajar o consumo de ovos pela população em geral”, disse Estefanía Toledo, cientista da Universidade de Navarra, em Espanha, envolvida na investigação.

O mesmo estudo sugere ainda que comer, em média, um ovo por dia, não está associado  a um risco maior de vir a sofrer de uma doença cardiovascular, exceto em casos de insuficiência cardíaca e apenas em estudos realizados nos Estados Unidos ou em estudo levados a cabo previamente em diabéticos.

“Aos diabéticos deve-se recomendar que mantenham a ingestão de até quatro ovos por semana e não mais”, explicou a cientista do CIBEROBN.

“Exceto pela reação adversa acima menciona – presente apenas em diabéticos e apenas em norte-americanos – para a insuficiência cardíaca, para todos os outros aspetos da doença cardiovascular (ataques cardíacos, derrames, mortes cardiovasculares, doença cardiovascular total), o consumo de ovos tende mais a ser protetor do que prejudicial”.

Toledo frisa que quatro ovos é o número recomendável para população em geral e aponta uma possível justificação para os números dos norte-americanos.

“Especula-se que a polémica associada ao estudo realizado nos Estados Unidos pode dever-se ao facto de o ovo vir normalmente acompanhado com alimentos menos saudáveis, como é o caso do bacon, principalmente no pequeno almoço (…) Não está ainda claro se terá esses efeitos adversos quando faz parte de um padrão alimentar saudável, como o tradicional padrão alimentar mediterrâneo”, rematou.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

RESPONDER

“Se Jesus tem dito que sim, não seria o Bruno Lage a substituir Rui Vitória”

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, revelou que o atual treinador das águias, Jorge Jesus, já era um nome pensado na altura em que Bruno Lage assumiu a cadeira deixada por Rui Vitória. "Disse …

LMM sugere divisão do país por zonas de risco. "Recolher obrigatório é inevitável. A situação é muito séria"

Como é habitual Luís Marques Mendes deixou o seu comentário semanal sobre o estado do país na SIC, e esta semana os temas quentes foram a Fórmula 1, que decorreu durante o fim de semana …

FC Porto-Olympiacos e Benfica-Standard Liège vão ter adeptos nas bancadas

Os encontros entre o FC Porto e o Olympiacos e o Benfica e o Standard Liège, para a Liga dos Campeões e a Liga Europa, vão poder ter adeptos nas bancadas. Este domingo, o FC …

Uma carta de desamor ao BE e uma geringonça despedaçada. OE passa, mas com margem mínima

O PCP vais abster-se e o Bloco de Esquerda vai votar contra. O Orçamento do Estado para 2021 deverá passar na generalidade, mas com uma margem estreita de três votos. O Orçamento do Estado para 2020 …

Monstros marinhos no deserto? Restos de ancestral do peixe-boi encontrados em deserto no Egito

De acordo com um novo estudo, há 40 milhões de anos, o Deserto Oriental Africano era o lar dos ancestrais dos peixes-boi e dos dugongos.  No ano passado, uma equipa de arqueólogos encontrou fósseis de um antigo …

Mourinho voltar a criticar o VAR (e lembra penálti do City frente ao FC Porto)

O treinador do Tottenham, o português José Mourinho, voltou a criticar o VAR, recordando o penálti assinalado contra o FC Porto no jogo frente ao Manchester City a contar para a fase de grupos da …

Salgado e outros banqueiros suspeitos de desviar milhões de euros do BES Angola

O ex-presidente do BES, Ricardo Salgado, o ex-líder do BESA, Álvaro Sobrinho, o ex-administrador do BES, Amílcar Morais Pires, e o ex-administrador do BESA, Hélder Bataglia, são suspeitos de desviar milhões de euros do BES …

Uma mão cheia de vitórias. Benfica procura melhor arranque na I Liga em 38 anos

O Benfica, líder do campeonato, vai procurar manter o pleno de vitórias na I Liga portuguesa de futebol na receção ao Belenenses SAD, na partida de encerramento da quinta jornada, disputada nesta segunda-feira às 20h15. Com …

Açores. Direita tem mais mandatos do que a esquerda. PSD quer dialogar (mas Chega exclui coligação)

A Assembleia Legislativa dos Açores passará a ter representantes de sete forças políticas, com o Chega, a Iniciativa Liberal e o PAN a chegar pela primeira vez ao parlamento regional onde o PS já não …

Descoberta nova proteína capaz de alterar o ADN e prevenir doenças

Um grupo de investigadores da Universidade de Sevilha, em colaboração com equipas das Universidades de Murcia e Marburg, identificou uma nova proteína que permite recompor o ADN. A proteína em questão chama-se criptocromo, e evoluiu …