Quanto vale a vida do seu cão (e a importância que isso tem)

Quanto vale a vida do seu cão? A resposta a esta pergunta pode ser mais importante do que aquilo que pensa e pode mudar drasticamente o preço que pagamos pela sua saúde e bem-estar.

Os norte-americanos adoram os seus animais de estimação, gastando mais de 70 mil milhões de dólares no ano passado com os seus companheiros. Este valor excede em muito os 7 mil milhões gastos legalmente em canábis os 32 mil milhões em pizza.

Esta grande soma torna evidente que os americanos valorizam muito a vida dos seus animais de estimação. Mas qual é o valor real? Investigadores foram à procura de uma resposta para o animal de estimação que os americanos mais gostam: o cão.

Os investigadores concluíram que o valor médio do cão é de cerca de 10 mil dólares. Embora alguns possam não levar a sério este estudo, os cientistas acreditam que ela tenha implicações importantes para a medicina, saúde e bem-estar humano. Os resultados do estudo foram publicados no mês passado na revista Journal of Benefit-Cost Analysis.

 

Como podemos avaliar o inestimável? Inicialmente, os analistas solucionaram este dilema contando com um foco no capital humano — isto é, estimando a produtividade e os rendimentos futuros dos indivíduos. Naturalmente, isto introduziu grandes discrepâncias nas análises. Também colocou um desafio particularmente frustrante em relação a um grupo que não tinha um salário: donas de casa.

Tendo em conta estas limitações, os investigadores começaram a confiar na avaliação contingente, que é a disposição de pagar por certos bens. Esta abordagem baseada no consumidor atribui valores monetários a pequenas mudanças no risco que são agregadas às populações, que são normalmente conhecidos como “preços sombra”.

No que diz respeito à valorização da vida humana, as agências federais atualmente estabelecem valores a rondar os 10 milhões de dólares.

Outros “preços sombra” foram estabelecidos para contabilizar o custo de violações e agressões sexuais (aproximadamente 300 mil dólares em 2016) e até para a preservação de águias (359 dólares por pessoa em 2016). Contudo, nunca antes tinha sido estabelecido um valor para a vida de um cão.

De inestimáveis a 10 mil dólares

Então, quanto vale a vida de um cão? Para a maioria dos amantes de cães, a resposta é óbvia: eles não têm preço. Por mais verdadeira que seja esta resposta, ela fornece poucas orientações sobre como avaliar o efeito de decisões privadas e públicas nos nossos companheiros de quatro patas.

Para dar uma resposta, os investigadores realizaram um grande estudo e usaram as preferências declaradas dos indivíduos para avaliar quanto estão dispostos a pagar para conseguir pequenas reduções no risco de mortalidade dos seus cães.

As estimativas chegaram ao valor estatístico da vida de um cão: cerca de 10 mil dólares.

A aplicação mais óbvia das descobertas está diretamente relacionada à regulamentação da saúde e segurança dos animais de estimação. Agências federais e estaduais publicam centenas de milhares de páginas de regulamentação anualmente. Muitas vezes, isto afeta a vida e a saúde dos animais, incluindo os cães.

Novas leis emitidas na sequência de inúmeros casos de alimentos para cães ou produtos farmacêuticos contaminados são um exemplo disso. Com mais de 1 milhão de cães mortos no trânsito anualmente, outro uso potencial está relacionado com os investimentos nas leis de segurança no trânsito.

Obviamente, as descobertas fornecem um ponto de partida para a compensação em casos de delito resultantes de ferimentos e mortes de cães. Conforme atualmente adjudicado, a compensação é baseada exclusivamente no valor de mercado do cão. Naturalmente, isso limita severamente a compensação para muitos donos de cães, principalmente aqueles cujos cães não são de raça pura.

Assim, a remuneração para os proprietários deve ser muito maior para compensar a perda de companhia e o sofrimento emocional associado.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Chega quer câmaras nas fardas e nos carros-patrulha

O Chega, liderado por André Ventura, apresentou um projeto de resolução a defender que os agentes das forças de segurança nacionais devem poder utilizar câmaras, que seriam introduzidas nas fardas e nos carros-patrulha. O partido liderado …

"Não tenho o apoio de Assunção Cristas", diz João Almeida

O candidato à liderança do CDS-PP defende que o partido deve, no imediato, fortalecer-se e depois participar numa "plataforma à direita" de alternativa ao PS, com o PSD, mas sem o Chega. "A alternativa à governação …

Campanha internacional quer salvar leões subnutridos em parque no Sudão

Várias fotografias de leões subnutridos no zoo de Al-Qureshi, no Sudão, atraíram a atenção de milhares de pessoas, que tentam agora salvar os animais. O fotógrafo Ashraf Shazly encontrou cinco leões malnutridos, enjaulados e sem …

Joacine Katar Moreira defende mais direitos para deputados não inscritos em partidos

A deputada única do Livre, Joacine Katar Moreira, defendeu nesta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos, durante uma reunião do grupo de trabalho para racionalizar os votos objecto de …

Nova universidade internacional de Soros pretende combater populismo e alterações climáticas

O filantropo multimilionário George Soros vai investir mil milhões de dólares (cerca de 904 milhões de euros) numa universidade internacional que terá como foco a oposição a governos autoritários e às alterações climáticas. Segundo avançou o …

"O índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual a nós", diz Bolsonaro

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse, durante um vídeo em direto em que comentava a criação do Conselho da Amazónia, que "o índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual …

Jorge Brito Pereira deixa de ser advogado de Isabel dos Santos

O advogado anunciou, esta sexta-feira, que saiu da sociedade de advogados Uría Menéndez Proença de Carvalho, suspendeu a atividade profissional e, como consequência, vai cessar "o patrocínio jurídico" à empresária angolana. "Face às informações publicadas nos …

621 milhões de euros. Ministra reconhece que redução do défice no SNS ficou aquém

A ministra da Saúde reconheceu, esta sexta-feira, que a redução do défice do SNS em 2019 para 621 milhões ficou aquém do que estava previsto, sublinhando o aumento dos custos com pessoal. A ministra da Saúde, …

Governo prevê descontos nas portagens no interior

A ministra da Coesão Territorial disse esta sexta-feira que o novo modelo de desconto das portagens para o interior do país prevê descontos para quem vive, para quem trabalha e para quem visita no …

Excesso de higiene está a tornar a nossa saúde mais frágil, aponta estudo

Um grupo de investigação do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) divulgou recentemente um estudo sobre a perda de diversidade da flora intestinal - também denominada como microbiota - e as consequências desta diminuição na nossa …