“Ignorantes e incompetentes”. Pyongyang ataca Coreia do Sul e recusa conversações

Korea Summit Press / EPA

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, durante a Cimeira de Panmunjom

O principal negociador do processo de paz da Coreia do Norte criticou a Coreia do Sul e voltou a dizer que as negociações de paz serão suspensas caso as exigências de Pyongyang não sejam cumpridas.

Ri Son Gwon, o principal negociador do processo de paz da Coreia do Norte, chamou esta quinta-feira “ignorante e incompetente” ao Governo sul-coreano. Além disso, denunciou treinos de combate aéreo conjunto entre os EUA e a Coreia do Sul e ameaçou novamente suspender as negociações de paz caso não sejam cumpridas as exigências de Pyongyang.

As declarações foram proferidas após uma série de declarações que colocaram em risco o processo de paz e desnuclearização da Península da Coreia e a cimeira entre Kim Jong-un e Donald Trump, marcada para dia 12 de junho. Pyongyang cancelou também um encontro com os representantes do Sul.

Segundo o comunicado citado pela agência norte-coreana KCNA, Ri Son Gwon criticou a Coreia do Sul por permitir que “escumalha humana” falasse na sua Assembleia Nacional.

Embora o comunicado não especificasse a quem se referia, a Reuters recorda que o antigo diplomata norte-coreano Thae Yong Ho, que fugiu para a Coreia do Sul há dois anos, realizou uma conferência de imprensa, esta segunda-feira, na Assembleia Nacional em Seul, por ocasião do lançamento das suas memórias.

“A não ser que a situação séria que levou à suspensão das conversações de alto nível entre o norte e o sul seja resolvida, nunca mais será fácil sentar cara a cara com o atual regime da Coreia do Sul”, diz o comunicado, citado pelo Público.

“Nesta oportunidade, as atuais autoridades sul-coreanas provaram claramente serem um grupo ignorante e incompetente desprovidos do sentido elementar da situação atual”, acrescentou Ri Son Gwon.

Pyongyang protesta ainda contra o exercício anual Max Thunder, um treino militar em curso entre a Coreia do Sul e os Estados Unidos, que envolve centenas de aviões de ambos os países, entre os cais os caças F-22 Raptor, contestados pela Coreia do Norte, que os encara como aparelhos de ameaça de bombardeamentos cirurgicos.

Na quarta-feira, a agência oficial norte-coreana classificou o exercício Max Thunder como “provocação brutal“, interpretando-o como um treino para invadir a Coreia do Norte, escreve a Renascença.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Evento raro". Nasceu uma baleia-branca no maior aquário do mundo (e o momento foi gravado)

Whisper, uma baleia-branca de 20 anos, deu à luz uma cria saudável em 17 de maio após uma gravidez de 15 meses, marcando a chegada do mais novo cetáceo do Georgia Aquarium, numa altura em …

Telemóveis são uma ferramenta poderosa contra a desigualdade de género em África

Ao dar às mulheres acesso a informação que, de outra forma, era quase impossível de obter, os telemóveis estão a salvar e a transformar vidas. De acordo com o site IFLScience, o estudo responsável por esta …

Desde março, morreram mais de 100 elefantes no Botsuana. Ninguém sabe porquê

As autoridades do Botsuana estão a investigar a morte de 110 elefantes na região do Delta do Okavango desde março, anunciou esta semana o Ministério do Meio Ambiente, Conservação de Recursos Naturais e Turismo daquele …

Um robô aprendeu a fazer uma omelete. E ficou melhor do que o esperado

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, treinou um robô a preparar uma omelete. Para os investigadores, avaliar se um robô cozinhou uma refeição com sucesso é uma fonte interessante de …

Covid-19 já matou mais no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães da II Guerra

A pandemia de covid-19 já matou mais pessoas no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães durante a II Guerra Mundial. O novo coronavírus oriundo da China já matou cerca de 50.000 pessoas em território …

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …