“Ignorantes e incompetentes”. Pyongyang ataca Coreia do Sul e recusa conversações

Korea Summit Press / EPA

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, durante a Cimeira de Panmunjom

O principal negociador do processo de paz da Coreia do Norte criticou a Coreia do Sul e voltou a dizer que as negociações de paz serão suspensas caso as exigências de Pyongyang não sejam cumpridas.

Ri Son Gwon, o principal negociador do processo de paz da Coreia do Norte, chamou esta quinta-feira “ignorante e incompetente” ao Governo sul-coreano. Além disso, denunciou treinos de combate aéreo conjunto entre os EUA e a Coreia do Sul e ameaçou novamente suspender as negociações de paz caso não sejam cumpridas as exigências de Pyongyang.

As declarações foram proferidas após uma série de declarações que colocaram em risco o processo de paz e desnuclearização da Península da Coreia e a cimeira entre Kim Jong-un e Donald Trump, marcada para dia 12 de junho. Pyongyang cancelou também um encontro com os representantes do Sul.

Segundo o comunicado citado pela agência norte-coreana KCNA, Ri Son Gwon criticou a Coreia do Sul por permitir que “escumalha humana” falasse na sua Assembleia Nacional.

Embora o comunicado não especificasse a quem se referia, a Reuters recorda que o antigo diplomata norte-coreano Thae Yong Ho, que fugiu para a Coreia do Sul há dois anos, realizou uma conferência de imprensa, esta segunda-feira, na Assembleia Nacional em Seul, por ocasião do lançamento das suas memórias.

“A não ser que a situação séria que levou à suspensão das conversações de alto nível entre o norte e o sul seja resolvida, nunca mais será fácil sentar cara a cara com o atual regime da Coreia do Sul”, diz o comunicado, citado pelo Público.

“Nesta oportunidade, as atuais autoridades sul-coreanas provaram claramente serem um grupo ignorante e incompetente desprovidos do sentido elementar da situação atual”, acrescentou Ri Son Gwon.

Pyongyang protesta ainda contra o exercício anual Max Thunder, um treino militar em curso entre a Coreia do Sul e os Estados Unidos, que envolve centenas de aviões de ambos os países, entre os cais os caças F-22 Raptor, contestados pela Coreia do Norte, que os encara como aparelhos de ameaça de bombardeamentos cirurgicos.

Na quarta-feira, a agência oficial norte-coreana classificou o exercício Max Thunder como “provocação brutal“, interpretando-o como um treino para invadir a Coreia do Norte, escreve a Renascença.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ministério da Saúde indiano sem dados sobre médicos que morreram de covid-19. Associação fala em 382 óbitos

Depois de o Ministério da Saúde indiano ter afirmado esta semana que o não dispõe dos dados sobre os profissionais de saúde que morreram devido à covid-19, a Associação Médica do país publicou uma lista …

Chega apresenta proposta que prevê castração química para pedófilos

O projeto de revisão constitucional do Chega, entregue hoje no parlamento, prevê a remoção dos órgãos genitais a criminosos condenados por violação de menores, algo que em si mesmo encerra dúvidas de conformidade com a …

Fluminense: as derrotas pós-Evanilson e as quatro ausências de Fred

O reforço do FC Porto deixou a equipa brasileira que, desde essa transferência, contabiliza mais derrotas do que vitórias. A instabilidade de Fred não ajuda. Portugal continua mais atento ao Flamengo do que ao Fluminense, mesmo …

MP suíço pede 28 meses de prisão para presidente do PSG e 3 anos para Valcke

O Ministério Público suíço pediu, esta terça-feira, uma pena de 28 meses de prisão para Nasser Al-Khelaïfi, presidente do Paris Saint-Germain, e de três anos para Jérôme Valcke, antigo número dois da FIFA. Trata-se dos primeiros …

Empresa japonesa cria lâmpada UV inócua para humanos que inativa coronavírus

Uma empresa japonesa desenvolveu uma lâmpada de radiação ultravioleta que inativa o novo coronavírus, recorrendo a um comprimento de onda que um estudo científico diz ser inócuo para os seres humanos. A lâmpada Care 222 foi …

Trump pede à ONU atribuição de sanções à China por ter "ocultado factos relevantes"

O Presidente dos EUA, Donald Trump, exortou hoje as Nações Unidas a “pedirem responsabilidades à China” pela sua atuação na fase inicial da expansão da pandemia de covid-19. Na sua intervenção durante o debate geral da …

Há um "clima de medo e insatisfação" nas Forças Armadas, diz Associação de Sargentos

O presidente da Associação Nacional de Sargentos (ANS), Lima Coelho, disse à Rádio Renascença que se vive um "clima de medo e insatisfação nas Forças Armadas", que inclui ameaças, avaliações injustas, demora excessiva das reclamações …

Teletrabalho e questões ambientais são prioridade para o PS no início da sessão legislativa

A líder parlamentar do PS afirma que duas das principais prioridades da sua bancada no início da presente sessão legislativa vão passar pela regulamentação do teletrabalho e pela aprovação de uma lei de bases do …

Justiça alemã abre novo inquérito contra suspeito do desaparecimento de Maddie

A justiça alemã abriu um novo inquérito contra o principal suspeito do desaparecimento de Maddie McCann, relativo à violação de uma jovem irlandesa, em 2004, anunciou, esta terça-feira, o procurador de Brunswick. "Posso confirmar que investigamos …

Mais de metade dos portugueses acredita que os fundos europeus vão ser mal geridos

Mais de metade dos portugueses (60,6%) acredita que os fundos europeus que Portugal vai receber para fazer face à pandemia vão ser mal geridos, revela uma sondagem da Intercampus para o Jornal de Negócios e …