Putin toma posse como Presidente da Rússia pela quarta vez

Kremlin / POOL / EPA

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, tomou posse para um quarto mandato

Vladimir Putin foi reconduzido como Presidente da Rússia, esta segunda-feira, num quarto mandato que durará até 2024, depois de ter liderado o país durante 18 anos, enquanto chefe de Estado ou de Governo.

Reeleito em março com 76,7% dos votos, o resultado mais elevado desde que chegou ao poder, Vladimir Putin impôs-se mais do que nunca como o homem forte de uma Rússia que o próprio recolocou na primeira linha na cena internacional, devido a tensões crescentes com o Ocidente.

Com uma grande margem em relação aos seus adversários e uma participação superior à das presidenciais de 2012, Putin agradeceu aos russos, na noite da reeleição, e disse ver na sua folgada vitória “a confiança e a esperança do povo”.

A oposição e as organizações não-governamentais russas apontaram milhares de irregularidades no escrutínio, entre as quais o enchimento de urnas e a chegada de autocarros transportando eleitores pressionados pelos respetivos empregadores.

A cerimónia de posse do Presidente russo foi precedida de uma série de manifestações realizadas no sábado em todo o país, em resposta à convocatória do principal opositor do Kremlin, Alexeï Navalny, com o mote “Putin não é o nosso czar”.

Essas concentrações, que foram proibidas pelas autoridades, foram em muitos casos dispersadas pela força e resultaram em mais de 1.500 detenções, entre as quais a do próprio Navalny, libertado pouco depois.

Declarado inelegível devido a uma condenação penal que considerou orquestrada pelo Kremlin, o principal opositor de Putin não pôde candidatar-se a estas eleições presidenciais.

Segundo a RTP, Putin chegou ao Kremlin numa limousine de fabrico russo, que irá a partir de agora substituir os veículos importados usados a nível oficial. No Hall Andreyevsky, o Presidente, com a mão pousada numa cópia decorada a ouro da Constituição, prometeu servir o povo russo, guardar os seus direitos e liberdades e proteger a soberania russa.

Depois do juramento, o chefe de Estado afirmou estar consciente da sua “grande responsabilidade” e prometeu defender a “integridade invencível da mãe-pátria”.

“Ao assumir este cargo sinto um peso colossal de responsabilidade“, afirmou, citado pelo canal televisivo. “O meu objetivo de vida e de trabalho tem sempre sido servir o nosso povo, a nossa pátria”, acrescentou.

Sem grandes surpresas, o Presidente de 65 anos assume o quarto mandato presidencial depois da sua primeira eleição em 2000, para além de ter assumido o cargo de primeiro-ministro entre 2008 e 2012.

Nos primeiros dois mandatos, Putin cumpriu quatro anos, em cada um, à frente do Kremlin, tendo a duração dos mandatos sido ampliada para seis anos a partir de 2012.

As eleições aconteceram num momento de tensão entre a Rússia e o Reino Unido, na sequência do envenenamento do ex-agente duplo russo Serguei Skripal.

Além disso, o conflito sírio, a acusação de ingerência nas presidenciais norte-americanas e a crise ucraniana – com a anexação da Crimeia após o referendo de março de 2014 – são cenários que têm justificado um crescente clima de tensão, e que implicaram no último caso a adoção de duras sanções internacionais pela União Europeia e EUA.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Palavra “mulher” já tem nova definição

O dicionário online Priberam e o canal de televisão FOX Life uniram-se para desafiar os portugueses a participar na revisão do significado da palavra "mulher". Três semanas depois, apresentam-nos o resultado. Esta terça-feira, o dicionário online …

EUA emitem alerta sobre "ataques sónicos" na China

Esta quarta-feira, a embaixada norte-americana na China emitiu uma alerta após um funcionário do Governo ter sofrido uma lesão cerebral. A embaixada norte-americana na China emitiu um alerta depois de um funcionário ter sofrido uma lesão …

Descobertas 481 moedas romanas dos séculos I ao III em Braga

Um museu em Braga descobriu 481 moedas romanas datadas do século I ao século III que permitem perceber o circuito de comércio no Mediterrâneo na época do Império Romano. Esta quarta-feira, o Museu Pio XII, em …

José Manuel Coelho condenado a ano e meio de prisão domiciliária

O deputado do PTP/Madeira foi, esta quarta-feira, condenado a um ano e seis meses de prisão domiciliária pela prática de vários crimes de difamação e de divulgação de fotografias ilícitas. José Manuel Coelho foi julgado na …

Maternidade só deixa mãe ver as filhas recém-nascidas depois de pagarem a conta

Uma mãe esperou cinco dias para ver as suas filhas recém-nascidas porque não tinha dinheiro para pagar as despesas médicas. Juliana Logbo esperou cinco dias depois do parto para ver as suas filhas gémeas e recém-nascidas …

Novo escândalo de abusos sexuais no Chile leva à suspensão de 14 sacerdotes

A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou, esta terça-feira, a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. "Estes padres cometeram atos que podem constituir crimes nos domínios …

94% das universitárias de Coimbra já foram alvo de assédio sexual

Um estudo realizado pela UMAR Coimbra sobre a violência sexual em contexto académico revela que 94,1% das mulheres inquiridas já foram alvo de assédio sexual, 21,7% de coerção sexual e 12,3% reportaram já terem sido …

Israel admite: o famigerado F-35 já se estreou em combate

A força aérea israelita admitiu ter usado, pela primeira vez, o poderoso caça bombardeiro numa ação de combate contra dois tanques, numa missão recente. Um dos aviões de combate mais avançados do mundo, o novo caça-bombardeiro …

Proposta do PS sobre a habitação suspende despejos já em curso

O PS avançou com uma proposta de alteração ao seu próprio projeto. A medida abrange inquilinos com mais de 65 anos ou com grau de incapacidade igual ou superior a 60% desde que residam há …

Função Pública vai ter aumentos em 2019 (mas não nos salários)

O ministro das Finanças referiu, esta quarta-feira, no Parlamento, que os funcionários públicos vão ter aumentos em 2019, através da "via do descongelamento de carreiras". Mas sobre um eventual aumento dos salários não se pronunciou. "Todos …