PSD: Temido deixa de ter “desculpas” com reforço orçamental na Saúde

PSD / Flickr

David Justino presidente do Conselho Estratégico Nacional do PSD

Esta quarta-feira, o Governo anunciou 800 milhões de euros de reforço no orçamento da Saúde. David Justino, do PSD, já reagiu e disse que a ministra Marta Temido fica “sem desculpas” daqui para a frente.

O orçamento para a Saúde vai ser reforçado em 800 milhões de euros em 2020, num plano que prevê a contratação de mais de 8.000 profissionais e 550 milhões para reduzir os pagamentos em atraso.

Esta quarta-feira, o PSD saudou a iniciativa do Governo de António Costa, mas disse que, a partir de agora, a ministra da Saúde fica “sem desculpas” se a situação do Serviço Nacional de Saúde (SNS) não melhore daqui para a frente.

Foi à TSF que David Justino, vice-presidente do PSD, referiu que o plano do Executivo vai ao encontro de alguns pontos do próprio programa eleitoral dos sociais-democratas. Para o dirigente, se as questões dos recursos humanos, do investimento no SNS e da gestão forem trabalhadas em conjunto, “isto pode conduzir a um avanço significativo na superação das dificuldades”. Caso contrário, se os problemas no setor continuarem, a responsabilidade é de Marta Temido.

Por sua vez, Carlos César, presidente do PS, sublinhou o facto de o Governo dar este primeiro passo para resolver os problemas na saúde, nomeadamente a suborçamentação crónica deste setor. O responsável frisou ainda que este plano de investimentos “é consequência da boa gestão das finanças públicas que o Governo tem vindo a fazer”.

À mesma rádio, Carlos César rejeitou que o plano de melhoria de resposta do SNS tenha sido aprovado para satisfazer as exigências do Bloco de Esquerda. Em vez disso, é uma “consequência do programa do Governo e das prioridades estabelecidas no programa eleitoral do PS”, defendeu.

Palavra do Governo na saúde “vale muito pouco”

Ricardo Baptista Leite, vice-presidente da bancada do PSD, escusou-se a comentar o anúncio feito esta quarta-feira de reforço das verbas da saúde, justificando que “a palavra do Governo vale muito pouco” num setor com muitas “promessas não cumpridas”.

O grupo parlamentar do PSD marcou uma declaração na Assembleia da República para criticar que a ministra da Saúde tenha desmarcado uma audição em sede de comissão parlamentar prevista para quinta-feira, alegando estar em “sessões contínuas” do Conselho de Ministros, depois de a própria ministra ter agendado a reunião para dia 12, por estar indisponível hoje.

“O que constatamos é que a senhora ministra hoje não esteve disponível para vir ao parlamento, mas esteve disponível para fazer uma conferência de imprensa”, criticou o deputado do PSD, referindo-se ao Conselho de Ministros.

Baptista Leite apelou ainda ao primeiro-ministro, António Costa, para que “liberte por umas horas” a ministra da Saúde na quinta-feira à noite, de modo a que Marta Temido possa prestar esclarecimentos sobre o que classificou de “maior crise de sempre do Serviço Nacional de Saúde”.

A senhora ministra está em fuga, foge das suas responsabilidades”, acusou.

Questionado sobre o anúncio feito hoje precisamente por Marta Temido de que haverá um reforço do Programa Operacional da Saúde em 800 milhões de euros, que vão estar já contemplados no Orçamento do Estado para 2020, Baptista Leite disse que o PSD prefere aguardar pelo documento.

“Não teríamos tempo para olhar para a lista de promessas passadas não cumpridas pelo PS e pelo Governo na saúde. O PSD, como partido responsável, não irá comentar processos de intenção, promessas ou atos de propaganda deste Governo, aguardamos pela vinda do Orçamento”, afirmou.

Perante a insistência dos jornalistas, o deputado apontou em concreto a “promessa não cumprida” de que todos os portugueses iriam ter médico de família em 2019, dizendo existirem mais de 700 mil cidadãos sem esta valência.

“A palavra deste Governo vale muito pouco, vamos aguardar pelo documento oficial do Orçamento do Estado”, afirmou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Netflix responde a senadores norte-americanos e avança com série

Na passada sexta-feira, a Netflix respondeu aos cinco senadores do Partido Republicano dos Estados Unidos da América que, numa carta, questionaram a decisão de adaptar a trilogia O Problema dos Três Corpos, a série literária …

Há sobras de comida que sabem realmente melhor no dia seguinte (e os cientistas já sabem porquê)

Não é mito. Existem realmente sobras de comida que sabem melhor no dia seguinte e um especialista da Universidade de Oxford (Reino Unido) - que adora caril - explica o porquê à luz da Ciência. …

Teme-se que a violência doméstica dispare depois dos incêndios da Califórnia

Teme-se que os casos de violência doméstica disparem depois de os incêndios da Califórnia serem extintos, avança a revista norte-americana Vice, que ouviu responsáveis por espaços de abrigo para as vítimas. Desastres naturais de grandes …

Comunidade Vida e Paz ajudou 420 pessoas por dia no ano passado

Em 2019, a Comunidade Vida e Paz apoiou cerca de 420 pessoas em situação de sem-abrigo por dia e distribuiu 138 mil refeições. Além disso, a organização ajudou regularmente 26 famílias carenciadas, entre 78 adultos …

Realidade Virtual dá nova vida ao Mayflower, o navio que levou os ingleses para o Novo Mundo

Mayflower foi o famoso navio que, em 1620, transportou os chamados Peregrinos, do porto de Southampton, Inglaterra, para o Novo Mundo. A Realidade Virtual ajudou a trazê-lo de volta à vida. Os Peregrinos do Mayflower foram …

Iniciativa Liberal recorre à lei para exigir que plano de liquidez da TAP seja enviado às Finanças

O deputado da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim Figueiredo, exigiu que o ministro das Finanças, João Leão, remeta o plano de liquidez da TAP à Comissão de Orçamento e Finanças, no prazo de dez dias, ao abrigo …

Museu britânico deixa de exibir coleção de cabeças humanas

O Museu Pitt Rivers em Oxford, no Reino Unido, decidiu retirar da sua exposição permanente crânios e cabeças humanas encolhidas (tsantsas), que terão sido encontradas por exploradores europeus nas suas viagens às Américas e à …

Lactogal assume derrame de leite no rio UI

A empresa agroalimentar Lactogal, de Oliveira de Azeméis, assumiu esta segunda-feira que o derrame de leite no rio Ul, afluente do rio Antuã, se deveu ao colapso de um dos seus tanques e que estão …

O James Bond da vida real foi um arquivista na Polónia comunista (e pode ter enganado os caçadores de espiões)

O James Bond da vida real foi um arquivista e diplomata britânico que viveu na Polónia comunista na década de 1960, revelam documentos esta semana partilhados pelo Instituto Polaco da Memória Nacional. O diplomata James …

Japão mantém plano original. Tocha olímpica passará pelas 47 prefeituras do país

O percurso da tocha olímpica, que se iniciará em março de 2021, manterá o trajeto inicialmente previsto, um ano após o plano original, informou esta segunda-feira o Comité Organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio. A tocha …