PSD reúne-se com generais contra a lei do Governo para reforma das Forças Armadas

José Sena Goulão / Lusa

Os sociais-democratas vão receber os mais altos representantes dos oficiais generais na reserva que têm criticado publicamente a proposta de lei do governo para reformar o comando superior das Forças Armadas que visa reforçar o poder do chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA).

Segundo o Diário de Notícias, a reunião vai realizar-se já amanhã, dia 22 de abril, à tarde.

Do lado dos sociais-democratas estará Ângelo Correia, coordenador da Defesa Nacional do Conselho Estratégico Nacional do PSD, e os deputados Ana Miguel dos Santos e Carlos Reis.

Já da parte do Grupo de Reflexão Estratégica Independente (GREI) estarão presentes o almirante Melo Gomes, o general Pinto Ramalho, o general Taveira Martins, e o general Luís Sequeira.

Esta reunião mostra ao Governo que o apoio do PSD não é incondicional para esta reforma – e do qual o executivo precisa para a ver aprovada por uma maioria de dois terços no parlamento.

Como recorda o jornal, os “laranjas” têm na área da Defesa pontos de conflito com João Cravinho, sendo que o partido os quer ver resolvidos o mais rápido possível.

Exemplo disso é o caso do quadro permanente de praças no Exército e na Força Aérea, cuja criação o governo tem adiado, mas que os sociais-democratas consideram “uma das medidas mais importantes para combater a crónica falta de efetivo nas Forças Armadas”.

Também a derrapagem nas obras no ex-Hospital Militar de Belém, cuja responsabilidade o partido quer ver apurada, indo além da auditoria interna, que o ministro João Cravinho enviou ao Tribunal de Contas, está a inquietar o partido de Rui Rio.

Até agora as posições defendidas pelos oficiais-generais e outros, que têm publicado vários artigos de opinião contra a proposta do governo, não têm sido valorizadas pelo PSD.

No entanto, enquanto na proposta do governo que era conhecida nessa altura os chefes de Estado-Maior do Exército, Força Aérea e Marinha não tinham nenhum poder deliberativo, nem sequer iam a despacho com o ministro, já na versão aprovada em Conselho de Ministros os chefes continuaram a ter a última palavra nos recursos hierárquicos.

Melo Gomes considera “as modificações em relação à proposta original” como “pura cosmética” e que “o essencial dos alertas” feitos pelo GREI “foi, pura e simplesmente, ignorado”. O almirante, que tem sido um dos mais ativos porta-vozes contra a reforma do governo.

Para o GREI “a solução de concentrar numa única entidade – o CEMGFA – todo o poder de decisão a nível estratégico e operacional, e de juntar as competências e prerrogativas de comandante de forças e de administrador de topo, faz desaparecer a maior parte dos graus intermédios de comando e de direção, e será uma fonte de permanente atrito”.

O Conselho de Ministros aprovou há 12 dias duas propostas de lei para reformar as FA, centralizando competências no Chefe do Estado-Maior General das FA (CEMGFA), entre outras medidas, com alterações à Lei de Defesa Nacional e uma nova Lei Orgânica de Bases das FA (LOBOFA).

Na ocasião da aprovação das propostas de lei em conselho de ministros, o responsável da tutela, Gomes Cravinho, mostrou-se confiante em conseguir “consenso alargado” no parlamento sobre a reforma desvalorizou qualquer “turbulência” no seio da instituição militar, atribuindo-a somente aos “antigos chefes”.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Em dia sem registo de mortes, Portugal contabiliza 450 novos casos

Esta sexta-feira, Portugal não regista qualquer óbito. Nas últimas 24 horas, houve 450 novos casos positivos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Não morreu ninguém infetado com o novo …

Câmara de Torres Vedras deteta migrantes a viverem em armazéns e antigas pecuárias

Além de espaços sem condições de habitabilidade, como armazéns e pecuárias desativadas, a autarquia tem conhecimento de "casas alugadas a pessoas migrantes onde existe sobrelotação". A Câmara de Torres Vedras, no distrito de Lisboa, levantou coimas …

Parlamento aprova "direito ao esquecimento" para quem superou doenças graves

O Parlamento aprovou esta sexta-feira, na generalidade, o projeto-lei do PS que pretende consagrar o “direito ao esquecimento” para acabar com a discriminação de pessoas que tiveram cancro. O Parlamento aprovou, na generalidade, o projeto-lei do …

No seu último discurso, presidente do Supremo atira críticas aos megaprocessos

António Piçarra, presidente do Supremo Tribunal de Justiça, centrou o seu último discurso na falta de eficácia do sistema judicial em tratar os processos especialmente complexos de corrupção. Para o presidente do Supremo Tribunal de Justiça, …

Viagens não essenciais de e para o Reino Unido permitidas a partir de segunda-feira

Cristóvão Norte, deputado do PSD, criticou a indefinição em torno das viagens do Reino Unido para Portugal, em entrevista à BBC. Entretanto, esta manhã, fonte governamental revelou que as viagens não essenciais de e para …

PPP na saúde levou Estado a "poupar" mais de 200 milhões

As Parceiras Público-Privadas (PPP) dos hospitais de Braga, Vila Franca de Xira, Loures e Cascais trouxeram ao Estado uma "poupança" de 203 milhões de euros, menos de um terço do que se esperava no arranque …

Praias podem receber mais banhistas este verão

Apesar de o semáforo de lotação das praias se manter nesta época balnear, a percentagem de ocupação sobe para os 90%. Quem não respeitar as regras estará sujeito a coimas. As limitações à lotação, introduzidas no …

Ritmo de vacinação da UE ultrapassa o dos EUA e China. Grécia reabre turismo

Atualmente, o ritmo de vacinação da União Europeia ultrapassa o registado nos Estados Unidos da América e na China, de acordo com os dados da plataforma Our World in Data. Os dados recolhidos pelo Público …

"Síndrome de Havana" tem sido cada vez mais reportada por militares dos EUA

Diplomatas norte-americanos, espiões e funcionários da Defesa nacional dos EUA sofreram mais de 130 casos de lesões cerebrais, conhecidos como síndrome de Havana. Segundo o jornal The New York Times, três agentes da CIA revelaram ter …

Caso Maddie. Polícia alemã tem novas provas contra Brueckner

A polícia alemã tem novas provas contra Christian Brueckner, o principal suspeito do rapto de Madeleine McCann, que desapareceu do empreendimento turístico Ocean Club, no Algarve, há 14 anos. De acordo com o procurador Hans Christian …