PSD vai votar contra o OE2021. PS acusa Rio de abandonar defesa do “interesse nacional”

O secretário-geral adjunto socialista disse esta quarta-feira que não surpreende o voto contra do PSD à proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), considerando, no entanto, que Rui Rio “deixou cair” o valor do “interesse nacional”.

“Não sendo uma surpresa, não deixa de ser contraditório que Rui Rio, perante uma das maiores crises que se abateu sobre o mundo, sobre a Europa e sobre o nosso país, tenha, num momento tão crítico da vida nacional, deixado cair um valor que sempre afirmou querer defender: o valor do interesse nacional”, disse José Luís Carneiro, em declarações aos jornalistas na sede nacional do PS, no Largo do Rato, em Lisboa.

O presidente do PSD anunciou esta quarta-feira o voto contra do partido na proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), dizendo que esse é “o único voto coerente” e porque outra votação nem sequer “evitaria uma crise política”.

Rui Rio fez este anúncio no encerramento das jornadas parlamentares do PSD, que decorreram esta quarta-feira na Assembleia da República.

“Não é o nosso orçamento, mas no interesse do país nós até nos poderíamos abster por causa da pandemia, por causa da presidência portuguesa que se inicia, porque o Presidente da República está com poderes diminuídos, nem sequer pode dissolver o parlamento, porque temos necessidade de recuperar a economia e otimizar as ajudas da União Europeia”, enumerou Rio, na reta final de um discurso de cerca de 45 minutos.

O líder do PSD apontou, no entanto, a razão pelo qual o partido não seguirá esse caminho da abstenção: “O primeiro-ministro disse que o seu projeto é com o PCP e com o BE e que, no momento em que precisasse do PSD para aprovar o Orçamento, o seu Governo terminava nesse momento”, afirmou, citando uma recente entrevista de António Costa ao Expresso.

O secretário-geral adjunto do PS acrescentou que “não deixa de ser curioso que aqueles que na primeira fase da pandemia mais propostas apresentaram para reforçar o investimento público em determinados setores venham agora dizer que votam contra” a proposta de OE2021.

José Luís Carneiro sublinhou que “estar contra o Orçamento do Estado e esta proposta” significa “estar contra o reforço” do Serviço Nacional de Saúde (SNS), do sistema educativo nacional, do investimento nos transportes públicos, no investimento nas políticas de habitação e também é “estar contra as políticas que visam combater e erradicar a pobreza”.

O dirigente socialista disse ainda não estar surpreendido com o voto contra do PSD ao diploma, considerando que “quem está a favor do congelamento do salário mínimo nacional e do corte na despesa pública, seja contra” um orçamento “que recusa a austeridade”.

Questionado sobre se equaciona fazer daqui a algum tempo uma declaração semelhante, mas, desta vez, a reagir a um eventual voto contra do BE e o PCP, o secretário-geral adjunto socialista respondeu que “está feita a prova” de que este orçamento é “de esquerda e tem uma resposta à crise do país com políticas de esquerda”.

A uma semana da votação na generalidade, na Assembleia da República, o Governo ainda não tem garantida aprovação do Orçamento do Estado de 2021, estando em conversações com o BE, PCP, PEV e PAN.

O PCP admitiu esta quarta-feira que “naturalmente” o voto favorável no Orçamento do Estado de 2021 está “mais distante” e insistiu que mantém todas as opções em aberto, como a abstenção e o voto contra.

Já o BE adiantou que, nas negociações orçamentais, o Governo recusou qualquer abertura para as propostas bloquistas sobre o Novo Banco e lei laboral, mas apresentou sugestões sobre SNS e prestação social, que estão a ser analisadas pelo partido.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Falta de vergonha na cara! Qual foi o voto do PS em 2012/13/14? Nesses anos não estávamos só em crise como tínhamos a independência nacional sob tutela por um acordo negociado e assinado pelo PS!
    Onde estava nessa altura o interesse nacional?
    Pimenta na língua e vergonha na cara!

RESPONDER

Relatório do Novo Banco. Centeno, Costa e Ramalho ficam mal na fotografia

A versão final do relatório do Novo Banco apontou mais responsabilidades a Mário Centeno e António Costa, visto estarem ambos no governo durante a venda. A tese do Banco de Portugal sobre as injecções de …

OE. PSD fecha a porta a negociações, mas socialistas preferem mantê-la aberta

Rio remete a posição do PSD para declarações de António Costa em que o primeiro-ministro admitiu a intenção de se demitir caso o Orçamento só seja aprovado com votos dos sociais-democratas. Já José Luís Carneiro, …

FC Porto empata com a Roma em jogo manchado por conflito entre jogadores

O FC Porto empatou hoje 1-1 com os italianos da Roma, treinados pelo português José Mourinho, em jogo de preparação para a próxima temporada, disputado no Estádio Municipal da Bela Vista, em Lagoa. A equipa italiana, …

Benfica abre investigação para averiguar eventuais conflitos de interesses de Vieira

O SL Benfica vai abrir uma investigação interna para averiguar eventuais conflitos de interesses durante a presidência de Luís Filipe Vieira. O clube diz que não pode afirmar nem excluir a "eventual existência no passado de …

Estados Unidos e Rússia em diálogo discreto em Genebra para estabilizar relações

Delegações dos Estados Unidos e da Rússia continuaram esta quarta-feira, em Genebra, o diálogo iniciado na mesma cidade pelos respetivos presidentes, Joe Biden e Vladimir Putin, em junho, para discutir a estabilidade estratégica entre as …

Primeira medalha para Portugal nos Jogos Olímpicos

Jorge Fonseca conseguiu a medalha de bronze no judo. Cãibras condicionaram o acesso do português à final. "Quero ser o maior desportista nacional de todos os tempos", comentou. Portugal entrou para a lista de países com …

Marcelo pressiona Governo a virar a página, deixa recado à oposição e passa batata quente a Costa

Marcelo Rebelo de Sousa foi o convidado especial do programa Circulatura do Quadrado. Sem vestir a pele de comentador, o Presidente da República pediu ao Governo um "novo discurso" de transição para o pós-pandemia, uma …

Com as eleições à porta, escolha de listas de candidatos autárquicos cria nova guerra no PS-Braga

O PS-Braga, que já tinha estado em clima de tensão depois da escolha do candidato autárquico Hugo Pires, abre agora uma nova guerra: as listas de candidatos autárquicos não foram votadas. Segundo o Observador, a queixa …

"Príncipes da Torre". Um dos crimes mais misteriosos de sempre pode ter sido resolvido

Novas evidências sugerem que Ricardo III pode mesmo ter ordenado o assassinato de dois príncipes em Inglaterra. É talvez uma das maiores histórias de mistério de assassinato da história britânica — um jovem rei e o …

Vem aí o draft da NBA e Neemias Queta pode fazer história por Portugal

Neemias Queta pode fazer história ao tornar-se o primeiro português a jogar na NBA, a principal liga de basquetebol dos Estados Unidos e do mundo. Nesta madrugada de quinta-feira, dia 29, para sexta-feira, dia 30, a …