Protestos contra resultado das eleições fazem 6 feridos e 29 detidos em Paris

Jeremy Lempin / EPA

Manifestantes em Paris, França, em confrontos com a polícia anti-motim na sequência de protestos contra a lei El Khomri

Seis pessoas ficaram feridas, incluindo três agentes das forças de segurança, e 29 foram detidas em protestos contra o resultado da primeira volta das presidenciais, em Paris, informou esta segunda-feira a prefeitura da polícia.

No total, os agentes controlaram cerca de 140 pessoas, mas só 29 manifestantes ficaram detidos, informou a mesma fonte, citada pela EFE.

As praças da Bastilha e da República, em Paris, acolheram manifestações contra a passagem à segunda volta da candidata de extrema-direita, Marine Le Pen, e do independente Emmanuel Macron, que se enfrentam a 7 de maio na segunda volta.

O protesto foi convocado por movimentos antifascistas e anticapitalistas, que pretendiam montar barricadas para mostrar a sua recusa em entrar no jogo dos políticos e a sua vontade de construir um “outro mundo”.

A manifestação foi convocada às 18h00 (17h00 em Lisboa), duas horas antes do fecho das mesas de voto, e os distúrbios, com petardos e danos em veículos e montras, começaram quando as projeções anteciparam a passagem à segunda volta do ex-ministro da Economia e da líder da Frente Nacional.

Em outras cidades, como Lyon, Bordéus, Grenoble ou Toulouse, também se realizaram manifestações.

Segundo os media, registaram-se no total cerca de 40 protestos em diferentes partes do país, mas o número total de detidos não foi divulgado.

Os dados da primeira volta, quando estavam apurados 97% dos votos, indicam que o centrista venceu a primeira volta com quase mais 2,5 pontos percentuais do que a candidata da extrema-direita.

Segundo os dados do Ministério do Interior, quando faltam apurar apenas 3% dos votos, Macron obteve 23,86%, enquanto Le Pen conquistou 21,43%.

Em terceiro lugar ficou o conservador François Filon, com 19,94%, enquanto Jean-Luc Mélenchon (esquerda) obteve 19,62% dos votos. O socialista Benoît Hamon obteve uma derrota histórica para o seu partido, com 6,35% dos votos.

O candidato liberal já recebeu o apoio de outros candidatos presidenciais derrotados e, de acordo com projeções, Macron irá derrotar a adversária com mais de 60% dos votos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

É preciso esforço grande agora para salvar o Natal, alerta Santos Silva

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse esta quarta-feira ser necessário “um esforço muito grande” para travar a propagação do coronavírus ” para salvar o Natal” das famílias dos cerca de 5 milhões …

"É uma treta". Ronaldo publica (e depois apaga) crítica a teste à covid-19

O futebolista Cristiano Ronaldo, capitão da seleção portuguesa, modificou a publicação efetuada esta quinta-feira no Instagram, tendo retirado a frase “PCR é uma treta”, em referência ao teste de despiste à presença do novo coronavírus. Um …

PSD confiante em geringonça, mas Ventura lembra que não tem "duas caras". Carlos César quer PS no poder

Com a solução governativa dos Açores em aberto, André Ventura já disse que está fora de questão integrar uma geringonça com "partidos do sistema", mas admite viabilizar um Governo do PSD na região com algumas …

Lage rasga elogios a João Félix. "Vai ser uma das referências do futebol europeu e mundial"

O antigo técnico do Benfica Bruno Lage teceu rasgados elogios ao internacional português João Félix, que esta terça-feira somou dois golos e fez uma boa exibição no jogo do Atlético de Madrid frente ao RB …

"Sentimo-nos em Itália". Médicos do Tâmega e Sousa contradizem hospital e reiteram situação de rutura

Médicos do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) ouvidos pelo semanário Expresso reiteram que os hospitais que integram o centro, o de Penafiel e o de Amarante, se encontram perto da rutura, contradizendo a …

Vieira reeleito em votação histórica para o sexto (e último) mandato

O presidente do Benfica esta quarta-feira eleito para um sexto mandato, manifestou "orgulho" por vencer o ato eleitoral mais concorrido da história do clube e apelou a que os benfiquistas "respeitem os resultados" do escrutínio. "Vencer …

Bélgica anuncia confinamento parcial. Ministro visita hospital e mostra-se "chocado" com o que viu

O chefe do governo federal na Bélgica anunciou ontem novas medidas de confinamento que entraram em vigor à meia-noite em todo o território. Em causa está uma crescente preocupação com o aumento de infetados que, …

O caso mais antigo de osteopetrose foi descoberto no esqueleto de um homem da Idade do Ferro

Uma equipa de cientistas alemães descobriu o caso mais antigo conhecido de osteopetrose, ou doença dos "ossos da pedra", nos restos mortais de um homem de 20 anos da Idade do Ferro. A osteopetrose é uma …

Orçamento sem favas contadas. Governo depende mais do PCP (que aproveita para apertar o cerco)

A aprovação do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, que contou com o voto contra do Bloco de Esquerda e a abstenção do PCP, deixou o Governo mais dependente da apreciação final do documento …

Oito em cada 10 portugueses é a favor do recolher obrigatório. Metade rejeita novo confinamento

Uma sondagem da Aximage para o Jornal de Notícias e TSF concluiu que a maioria dos portugueses é favor de que Portugal adote o recolher obrigatório, mas é contra um novo confinamento. De acordo com a …