Protestos no Iraque. Mais de 260 pessoas morreram desde 1 de outubro

Murtaja Lateef / EPA

Pelo menos 269 pessoas morreram desde o início de outubro no Iraque em protestos severamente reprimidos pelas forças de segurança e durante os quais outros grupos armados cometeram assassínios deliberados, alertou esta sexta-feira a ONU.

Na manhã desta sexta-feira, o Alto Comissariado dos Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) em Genebra foi informado da morte de cinco manifestantes na noite de quinta-feira em frente ao prédio do governo de Bassorá. Além dos mortos, pelo menos 8.000 feridos, incluindo militares e agentes de segurança, foram registados entre 1 de outubro e 7 de novembro.

O número exato de vítimas pode ser muito maior. A maioria destas foi atingida por munição real disparada por forças de segurança e elementos armados, que muitos descreveram como milícias privadas”, disse o porta-voz do Alto Comissariado, Rupert Colville.

Outros sofreram o “uso desnecessário, desproporcional e impróprio de armas menos letais, como gás lacrimogéneo“, acrescentou o responsável.

A agência da ONU também está a acompanhar várias queixas sobre detenções, não apenas de manifestantes e ativistas, mas também de pessoas ligadas às redes sociais, embora tenha dito que está a enfrentar uma “falta de transparência” que dificulta o avanço nestas investigações.

Além dessas prisões, surgiram relatórios que revelam casos de sequestro de manifestantes e voluntários, que vão aos protestos para ajudá-los. “Todas essas reclamações devem ser investigadas rapidamente, precisamos esclarecer o paradeiro dos desaparecidos e saber quem são os responsáveis”, afirmou Colville.

Dezenas de milhares de pessoas saíram às ruas desde o início de outubro em Bagdad e no sul do país para exigir mudanças políticas amplas. Os manifestantes reclamam da corrupção generalizada, da falta de oportunidades de emprego e os péssimos serviços básicos, incluindo cortes regulares de energia, apesar das vastas reservas de petróleo do Iraque.

Os protestos espalharam-se para diferentes cidades do Iraque, apesar da repressão e da ameaça de que a lei antiterrorismo será aplicada a todos os que usarem a violência que sabotam propriedades públicas ou que atacam agentes de segurança com armas de fogo.

A pena de morte pode ser aplicada, temendo-se que possa ser usada para intensificar a repressão de pessoas que não são realmente responsáveis por nenhum desses atos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Vibrações provocadas por "estrelamotos" permitem precisar a idade da Via Láctea

Os tremores estelares registados pelo telescópio espacial Kepler, da NASA, ajudaram a responder a um antigo enigma sobre a idade do "disco espesso" da Via Láctea. Uma equipa de cientistas, liderada por investigadores do Centro de …

Este casaco foi desenhado para nos ajudar a dormir em qualquer lado

A britânica Vollebak lançou um casaco, inspirado nos astronautas, que facilita a ideia de poder dormir, literalmente, em qualquer lado. A pensar em todas aquelas pessoas que gostam de fazer uma sesta ou outra, independentemente do …

DJ Juice WRLD morre aos 21 anos

A estrela do hip-hop norte-americano Juice WRLD faleceu este domingo (8), depois de sofrer convulsões no Aeroporto de Midway, em Chicago, avança o TMZ. O rapper tinha feito 21 anos a 2 de dezembro. De acordo …

"A Favorita" arrebata prémios do cinema europeu

O filme "A Favorita", do realizador grego Yorgos Lanthimos, arrecadou oito prémios da Academia de Cinema Europeu, numa cerimónia realizada em Berlim. "A Favorita" conquistou, entre outros, os prémios de Melhor Filme Europeu, Melhor Comédia, Realização …

Belenenses 1-1 Porto | "Dragão" escorrega e deixa fugir líder

O FC Porto não foi além de um empate na visita ao Jamor, ante o Belenenses. André Santos abriu as “hostilidades” e Alex Telles, na marcação de uma grande penalidade, fixou o resultado final. Com esta …

Caligrafia desleixada de Isabel I denuncia-a como a tradutora anónima de um livro romano

A rainha Isabel I de Inglaterra foi identificada como a tradutora anónima do livro "Anais" de Tácito. As idiossincrasias da sua caligrafia acabaram por ser fundamentais para a descoberta. Na análise a uma tradução de século …

Hashtags políticas como #MeToo tornam as pessoas menos propensas a acreditar em notícias

Tendem a passarem despercebidas, mas as hashtags são mais importantes do que julgamos. A questão que se impõe é: serão benéficas para a saúde democrática da Internet? Uma hashtag (#) é uma marca funcional, amplamente usada …

Sporting 1-0 Moreirense | "Leão" resolve à cabeçada

O Sporting regressou às vitórias na Liga NOS, embora não sem sentir algumas dificuldades, em especial no ataque. Os "leões" bateram o Moreirense por 1-0, numa partida em que remataram muito (28, máximo na Liga até …

Orçamento do Estado. "Sentido de voto do BE está completamente em aberto"

A coordenadora do BE afirmou, este domingo, que o sentido de voto do partido sobre o Orçamento do Estado para 2020 está "completamente em aberto", desejando que o Governo socialista atenda às reivindicações bloquistas. "Fizemos uma …

João Cotrim Figueiredo eleito presidente da Iniciativa Liberal com 96% dos votos

João Cotrim Figueiredo foi eleito, este domingo, presidente da Comissão Executiva da Iniciativa Liberal, uma candidatura única que recolheu 96% dos votos na III Convenção Nacional do partido. A III Convenção Nacional do partido decorre hoje …