Protecção Civil defende avisos de catástrofes por telemóvel

A possibilidade de acidentes graves ou catástrofes devia ser difundida via telemóvel e a sociedade devia ser sensibilizada para evitar comportamentos de risco, defendeu esta quinta-feira o Conselho Português de Protecção Civil (CPPC).

Num comunicado a propósito das grandes ondas que no princípio da semana provocaram danos em diversos locais da costa portuguesa, o CCPC afirma em comunicado que os avisos através de mensagem telefónica, devido por exemplo a agitação marítima forte, são possíveis e um recurso para o qual o Conselho tem alertado “desde 2007”.

“O sistema de difusão celular de mensagens permite enviar a todos os telemóveis de um país, de uma região, de um município, ou apenas de uma localidade, informação relevante contendo, nomeadamente, instruções de prevenção e de autoprotecção”, salienta o CPPC.

A Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) considerara já hoje que, sobre o recente mau tempo, os avisos e alertas funcionaram, mas admitiu que há aspectos que podem ser melhorados no sentido de “avisar a população de uma forma mais assertiva”.

Na quarta-feira, o CPPC já tinha considerado insuficiente a acção da ANPC, da Autoridade Marítima Nacional e da maioria dos Serviços Municipais de Protecção Civil relativamente “à emissão e difusão de avisos e medidas de prevenção e autoprotecção” face às condições meteorológicas adversas que atingiram o país.

Para melhores resultados, defende o CPPC no comunicado de hoje, é necessário formar de forma articulada agentes de protecção civil, limitando erros como o de adquirir recursos que já existem, e sujeitar os serviços municipais de protecção civil a acções de formação obrigatória.

E é preciso ainda, diz o comunicado, identificar períodos de risco e não permitir que nesses momentos circulem pessoas em determinadas zonas, como devia ter acontecido no caso desta semana.

No início da semana uma forte agitação marítima provocou estragos um pouco por toda a costa, com ondas excepcionalmente grandes a derrubarem estruturas e provocar inundações. Imagens amadoras colocadas na Internet dão conta de muitas pessoas demasiado perto da orla marítima. Não se registaram vítimas mortais.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Tribunal aceita afastamento de juiz Paulo Registo do caso Football Leaks

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) aceitou o pedido de escusa apresentado pelo juiz Paulo Registo, a quem foi distribuído o processo de Rui Pinto, criador do Football Leaks. Segundo o acórdão do TRL, a …

Governador do Rio de Janeiro acusado de fraude com hospitais de campanha

O Ministério Público brasileiro indicou ter reunido provas de que o governador do Rio de Janeiro comandou uma organização que defraudou a construção de hospitais de campanha, no âmbito do combate à covid-19. De acordo com …

Centeno já cativou mais de 1025 milhões de euros no Orçamento de 2020

As cativações no Orçamento do Estado (OE) para 2020 ascendem a 1025,5 milhões de euros, revelou o boletim da Direção-Geral do Orçamento relativo a abril, montante inferior ao do OE 2019. Segundo avançou o Expresso esta …

Supremo Tribunal anula presidência parlamentar de Juan Guaidó

Esta terça-feira, o Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela reconheceu como presidente do parlamento Luís Parra, um dissidente da oposição. O Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela (STJ) declarou nula a junta de direção da Assembleia …

Há 285 novos casos de covid-19. São quase todos na Grande Lisboa

A região de Lisboa continua a registar o maior número de novos casos de covid-19 registados no país. A Direcção Geral de Saúde (DGS) anuncia hoje 31.292 infectados com o coronavírus, mais 285 do que …

Com bens arrestados e a filha a pagar contas, é quase impossível cobrar multa de 3,7 milhões a Ricardo Salgado

O Tribunal Constitucional confirmou a multa de 3,7 milhões de euros que foi aplicada pelo Banco de Portugal ao banqueiro Ricardo Salgado, mas é quase impossível cobrar esse valor. O ex-presidente do BES tem os …

França suspende tratamentos com hidroxicloroquina

O Governo francês decidiu esta quarta-feira suspender os tratamentos à base de hidroxicloroquina para pacientes infetados com a covid-19. O Executivo revogou o decreto de 11 de maio que autorizava a prescrição e a administração …

Decisão unânime. Deputados vão pedir para ver contrato de venda do Novo Banco (e para ouvir Carlos Costa)

Os deputados da comissão de orçamento e Finanças aprovaram esta quarta-feira por unanimidade o requerimento do Bloco de Esquerda para que seja entregue ao parlamento o contrato de venda do Novo Banco ao Lone Star. Segundo …

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de Bruxelas. 15,5 mil milhões a fundo perdido

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de euros em subvenções e empréstimos no âmbito do Fundo de Recuperação da União Europeia (UE), após a crise da covid-19, que ascende a um total de 750 mil …

"Taxa covid" cobrada por clínicas e hospitais privados não é ilegal (e pode alastrar ao comércio)

Aumentaram, nos últimos dias, as queixas à DECO, a Associação de Defesa do Consumidor, relacionadas com o pagamento de taxas adicionais no acesso a hospitais e clínicas privadas. Taxas que se destinam a pagar os …