Projecto Re-Food inaugura mais núcleos em Lisboa na primavera e chega ao Porto no Outono

O projeto Re-Food, que consiste na distribuição de comida recolhida em restaurantes por famílias carenciadas, em Lisboa, inaugura na primavera mais quatro núcleos, um deles em Alfragide, o primeiro fora da capital, e chega no outono ao Porto.

O mentor do projeto, o norte-americano Hunter Halder, revelou hoje, em declarações à Lusa, que estão em “fase de implementação” novos núcleos do Re-Food em São Sebastião da Pedreira, Olivais e Carnide, em Lisboa, e em Alfragide, na Amadora.

A 09 de março de 2011, o norte-americano Hunter Halder, a viver em Portugal há mais de vinte anos, iniciou sozinho o projeto Re-Food na freguesia de Nossa Senhora de Fátima.

Em janeiro de 2013 foi inaugurado um núcleo do projeto em Telheiras, em outubro abriu outro na Estrela e em dezembro um outro no Lumiar.

Em formação estão também as equipas dos núcleos de São Domingos de Benfica e da Misericórdia, que, segundo Hunter Halder, “são capazes de abrir na primavera também”.

No outono, em setembro, o projeto deverá chegar mais longe, mais propriamente ao Porto.

Já em março, no dia 12, há uma reunião “aberta a toda a comunidade”, na Foz do Douro, para os interessados em colaborar com o projeto.

refoodportugal/Facebook

-

Antes, há outras reuniões de preparação, a 25 de fevereiro, na Misericórdia, e a 26 em Alcântara, e a 13 de março no Areeiro.

Além destes núcleos, o responsável destacou a “equipa empenhada e pronta a começar” no Parque das Nações, em Lisboa, “mas que não tem local”.

“É um caso muito difícil, ali [naquela zona] é tudo novo. Há muitas lojas vazias, precisamos que alguém generoso ofereça uma loja”, apelou Hunter Halder.

Também as equipas que querem começar a trabalhar em Belém, São Francisco Xavier e Alvalade “estão sem espaço”.

Os espaços onde funcionam os núcleos do Re-Food foram cedidos por várias instituições, entre elas a Câmara Municipal de Lisboa, juntas de freguesia, congregações religiosas e associações.

Mas há mais núcleos novos a serem pensados, ou, como diz Hunter Halder, “em fase embrionária”, em Almada, na Covilhã, em Almancil (Loulé), em Oeiras, em Cascais e em Amesterdão, na Holanda.

Com o “crescimento exponencial” do projeto, a equipa do Re-Food, referiu Hunter Halder, precisa de um espaço onde montar um escritório, “de preferência no centro da cidade”.

“Tem que ser um espaço 100% voluntário e precisamos também de quem faça trabalho administrativo”, apelou o responsável.

Neste momento, segundo Hunter Halder, o Re-Food tem cerca de 680 beneficiários, que “são ajudados todos os dias”, e 745 voluntários, que “dedicam ao projeto, cada um, cerca de duas horas uma vez por semana”.

Além de mais de 300 restaurantes, o projeto conta com apoios esporádicos, caso do Salão Internacional do Setor Alimentar e Bebidas (SISAB), onde os voluntários do Re-Food foram hoje buscar 200 quilogramas de comida.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

40 marinheiros do porta-aviões Charles de Gaulle com sintomas de covid-19

Quarenta marinheiros do porta-aviões francês Charles de Gaulle apresentaram recentemente "sintomas compatíveis" com os da infeção pelo novo coronavírus e estão sob "observação médica reforçada", anunciou o Ministério da Defesa. "A partir de hoje, uma equipa …

Medidas para as prisões, apoios às empresas, suspensão de tarifas. Parlamento discute mais de 100 iniciativas

Medidas excecionais para prisões e banca, mais apoios às empresas ou à cultura ou a suspensão de propinas e das tarifas de gás e luz são alguns dos temas que vão passar esta quarta-feira pelo …

Trump tem "interesse financeiro" em farmacêutica que produz hidroxicloroquina (a sua "cura" para a Covid-19)

Donald Trump falou da hidroxicloroquina como uma potencial "cura milagrosa" para a Covid-19, apesar das recomendações contrárias de especialistas e da falta de estudos científicos válidos que confirmem os benefícios da substância. O The New …

Restos de bombas atómicas revelam longa vida dos tubarões-baleia

Cientistas estão a determinar a esperança de vida do maior peixe dos oceanos com a ajuda de testes de bombas atómicas realizados durante a Guerra Fria, entre os anos 50 e 60. Em perigo de extinção, …

Telescópio russo apanha o despertar de um buraco negro

O telescópio russo ART-XC do observatório espacial Spektr-RG detetou uma fonte brilhante de raios-X no centro da Via Láctea, que acabou por revelar ser o "despertar" do buraco negro 4U 1755-338. A descoberta ocorreu no passado …

O cometa interestelar 2I/Borisov partiu-se em dois

O cometa interestelar 2I/Borisov, o primeiro do seu tipo a ser descoberto em agosto do ano passado, começou a dividir-se em duas partes na semana passada. As imagens contínuas do telescópio espacial Hubble do objeto interestelar …

Estudo estima 471 mortes em Portugal até agosto (e que o pico foi atingido a 3 de abril)

De acordo com as estimativas do estudo, cerca de 151.680 pessoas vão morrer na Europa durante a "primeira vaga" da doença. Um estudo divulgado esta terça-feira nos Estados Unidos estima que a covid-19 venha a provocar …

Mais de metade da população mundial está fechada em casa

Mais de metade da população mundial (52%) está atualmente confinada nas suas casas por ordem das autoridades para combater a propagação da doença covid-19. Segundo um balanço feito pela agência France Fresse (AFP), mais de quatro …

Documentário da Netflix reacende debate sobre os milhares de tigres em cativeiro nos Estados Unidos

A minissérie documental da Netflix "Tiger King: Morte, Caos e Loucura" veio reacender o debate sobre os grandes felinos que estão em cativeiro, frisando que há cerca de 10.000 espécimes nestas condições nos Estados Unidos. …

Luciano venceu a covid-19 aos 100 anos. Teve direito a bolo, a um desenho e a uma alta hospitalar

Luciano Marques da Silva completou 100 anos no hospital de São João, no Porto, onde se encontrava hospitalizado devido à infeção por covid-19. Depois de dez dias de internamento, conseguiu vencer e recebeu alta. No dia …