Progressão nas carreiras dos professores em 2019 em risco

Rodrigo Antunes / Lusa

Os professores correm o risco de não ver, durante o ano de 2019, satisfeita nenhuma exigência sobre o reconhecimento da contagem do tempo de serviço para efeitos na progressão na carreira.

De acordo com o jornal Público, que ouviu um membro do Executivo de António Costa, as alterações introduzidas no Orçamento do Estado para 2019, apenas obrigam o Governo a voltar a negociar com os professores, sem quaisquer limites, prazos ou regras.

Ou seja, caso o diploma que reconhece aos professores dois anos, nove meses e dezoito dias de tempo de serviço seja vetado pelo Presidente da República ou chumbado numa apreciação parlamentar, os docentes podem ficar mesmo sem nada.

“Ao contrário do que disseram, não alteraram coisa nenhuma. Os partidos parlamentares fizeram uma verdadeira rábula sobre a carreira dos professores”, afirmou a fonte ouvida pelo matutino, garantindo que “o que foi aprovado não acrescenta nada, é igual ao que estava no Orçamento de 2018”.

De acordo com o membro do Governo, ao chumbar o ponto 2 da proposta do PCP, que exigia uma ‘solução legal que assegure a consideração integral do tempo de serviço’, a Assembleia da República confirmou que o Governo “não está obrigado a aceitar os nove anos, quatro meses e nove dias [que os professores exigem ver reconhecidos]”. “Não enganem os professores!”, disse.

A mesma fonte, que não se identificou ao Público, recordou ainda que depois do Orçamento do Estado aprovado, o Parlamento não pode aumentar a despesa pública.

Trata-se, no fundo, de uma indicação vazia. Em causa, apontou a fonte, está o facto de, nas votações na especialidade, ter sido chumbado o ponto 2 da alteração ao artigo 30º do OE proposta pelo PCP onde ficava explícito que “o cumprimento do disposto no número anterior considera-se verificado com a definição da solução legal que assegure a consideração integral do tempo de serviço”.

Sem esta norma, bem como outras normas da proposta do PCP, do BE e do CDS que se referiam ao tempo que devia ser reconhecido e ao modo de o pagar, nota o Público, o Governo apenas está comprometido a negociações genéricas indicadas nos primeiros pontos das propostas de alteração aprovadas e apresentadas pelo PSD, CDS e PCP.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A montanha pariu um rato. Os professores estrebucham mas não aguentam mais de dois dias em greve. O governo agradece a fraca resistência. Os estivadores de Setúbal obrigaram a ministra a sentar-se.

RESPONDER

John Cleese esgota três coliseus em 48 horas

John Cleese vai estar no Coliseu de Lisboa com “Last Time To See Me Before I Die” durante três dias. O humorista britânico esgotou as três datas em apenas 48 horas. Durante esta madrugada (10), a …

Descoberta no Egito múmia de grande animal semelhante a um leão

O Ministério das Antiguidades egípcio anunciou esta segunda-feira que uma equipa de arqueólogos desenterrou uma múmia de um grande animal incomum, semelhante a um leão ou uma leoa. “É um animal muito estranho, como um gato …

Ex-agentes da DEA revelam detalhes da vida de Escobar na prisão que o próprio construiu

Dois dos agentes do DEA, que durante mais de um ano participaram na operação de captura de Pablo Escobar, revelaram alguns detalhes sobre a vida do narcotraficante e ex-líder do cartel de Medellín na prisão La …

Num jardim zoológico da Austrália, há concertos ao vivo (para entreter os elefantes)

https://vimeo.com/372400002 O jardim zoológico de Melbourne está a desenvolver um programa mundial de músicos para tocar para a sua multigeracional manada de elefantes asiáticos em perigo de extinção para que melhore a ligação entre os seis …

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …