/

Professores começam a ser vacinados na próxima semana

Manuel de Almeida / Lusa

Depois do atraso devido à suspensão da vacina da AstraZeneca, Henrique Gouveia e Melo anunciou que os professores começam a ser vacinados no próximo fim de semana.

Em conferência de imprensa, o coordenador da task-force responsável pelo plano de vacinação para a covid-19, o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, revelou que os professores começam a ser vacinados no fim de semana dos dias 27 e 28 de março.

“O número de vacinas que a AstraZeneca tinha previsto para o segundo trimestre era cerca de 4,4 milhões e foram reduzidas para cerca de 1,5 milhões de vacinas. É com isso que os planos já estão feitos, já estão adaptados para essas quantidades. Em principio, para além de fazermos o arranque da vacinação com a AstraZeneca esta segunda-feira, os docentes serão vacinados no fim-de-semana seguinte”, explicou Henrique Gouveia e Melo.

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, garantiu que a vacinação dos docentes vai acontecer em paralelo com a inoculação dos grupos prioritários, rejeitando a “ultrapassagem” na vacinação das pessoas com comorbilidades.

“O que foi decidido é que vacinaríamos em paralelo duas linhagens: as pessoas com comorbilidades e, em simultâneo, os professores e os não docentes. As escolas estão a ser o sector que vai desconfinar primeiro e portanto, numa tentativa de proteção ainda maior da comunidade escolar, serão também vacinados professores com a expectativa real de que vamos ter vacinas de outras marcas para continuar o esforço de vacinação dos grupos de risco”, explicou Graça Freitas.

A suspensão da administração da vacina da AstraZeneca, no início desta semana, atrasou o plano de vacinar professores e funcionários escolares neste fim de semana. Entretanto, esta quinta-feira, as autoridades de saúde portugueses anunciaram que vão retomar o uso da vacina britânica a partir de segunda-feira.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.