Professores não desistem: “Se não for com este Governo será com o seguinte”

Rodrigo Antunes / Lusa

Os professores não estão dispostos a desistir nem sequer a aligeirar a sua posição relativamente à recuperação total do seu tempo de serviço. É uma questão inegociável, sem qualquer moeda de troca. 

Para a Federação Nacional de Professores, neste momento só há uma dúvida por responder: se esta mudança vai ocorrer com o Governo de António Costa ou durante a legislatura de um próximo Executivo.

“Não vamos para negociações discutir o tempo que está em causa, mas sim o modo e o prazo em que a recuperação dos nove anos, quatro meses e dois dias será feita. Se não for possível fazê-lo com este Governo será com o seguinte”, disse Luís Lobo, dirigente da Fenprof, em entrevista ao jornal Público.

As declarações da Fenprof surgem poucos dias após António Costa ter admitido, em entrevista ao Expresso, que a idade da reforma poderia vir a ser uma das variáveis em conta nas negociações que decorrem com os professores. Desta forma, o tempo de serviço poderia permitir uma antecipação da idade de reforma, sem penalizações.

O PCP e o BE já demonstram que estão do lado dos professores. O partido comunista disse mesmo que o descongelamento das carreiras dos professores consta do Orçamento de Estado de 2018 e, por isso, o Governo deve cumprir esse compromisso.

A Fenprof explica que vai manter a mesma posição até agora adotada: “A nossa posição de princípio para a reunião de 7 de setembro – que foi marcada pelo ministro da Educação – é a mesma que sempre tivemos”, explicou João Dias da Silva, também líder da organização sindical.

“As negociações são para definir o modo e o prazo da recuperação do tempo de serviço e não para discutir quantos anos serão tidos ou não em conta. Este é o ponto de partida que o Governo também tem de assumir, porque é o que está na lei”, concluiu.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Nem devem desistir!O descongelamento não se faz apenas para alguns, ou é para todos ou não é para nenhuns!E não se compreende a posição do governo pois os Professores não querem tudo de imediato, mas sim o descongelamento que será feito por etapas para não pôr em causa qualquer orçamento de estado!

  2. espero que não haja STOP`S. É sempre em frente. Esta é uma luta de todos os professores e de toda a sociedade. É preciso partir para a greve pois só assim o governo vos dará atenção!
    Ou então que vos reformem aos 50 anos com subvenção vitalícia-
    É preciso lutar…

  3. Gostava que os senhores professores me explicassem porque é que todos os Portugueses tiveram e têm que sobreviver com a crise e os senhores professores, que vivem dos impostos aplicados aos privados, se sentem no direito de não haver crise para eles…? Para os outros fecharam empresas, perderam-se empregos, tiveram que emigrar etc. os senhores professores vivem noutro País e para eles os seus direitos é que importam…
    Qualquer governo que embarque nesta chantagem deve ser destituído por falta de votos.

RESPONDER

NOS avança com providência cautelar contra alteração das regras do leilão 5G

A NOS vai avançar com uma providência cautelar contra a alteração das regras do leilão propostas pela ANACOM, no dia em que termina o prazo para as operadores responderem. Na última quinta-feira, no 60.º dia de …

França aprova lei que alarga poder da polícia apesar de críticas e manifestações

O parlamento francês aprovou hoje um projeto de lei sobre segurança que visa alargar os poderes da polícia, apesar das críticas de ativistas dos direitos civis, que temem que a legislação ameace os esforços para …

Bancos dos Emirados estão a congelar contas da família dos Santos

Os bancos dos Emirados Árabes Unidos estão a congelar os bens da família dos Santos e de pessoas a ela relacionadas, respondendo a um pedido da justiça angolana efetuado a 13 de abril, avançou a …

A pedido da Comissão Europeia, EMA volta a rever dados da vacina da AstraZeneca

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) anunciou esta quarta-feira que está a rever os dados sobre a vacina Vaxzevria a pedido da Comissão Europeia. Segundo um comunicado citado pelo Observador, a Agência Europeia do Medicamento (EMA) …

João Leão prevê para este ano défice de 4,5%. Ministro afasta aumento de impostos e austeridade

A terceira vaga da pandemia forçou o Governo a rever em baixa a previsão de crescimento da economia portuguesa para este ano. Assim, o ministro das Finanças antecipa um défice de 4,5% e crescimento de …

Já não é preciso isolamento para idosos que saiam dos lares por mais de 24 horas

Os idosos que vivem nos lares e que saiam por períodos superiores a 24 horas já não precisam de fazer o isolamento de 14 dias, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Na orientação atualizada nesta quinta-feira, …

Mais duas mortes e 501 casos nas últimas 24 horas em Portugal

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) indica que Portugal registou, nas últimas 24 horas, 501 novos casos de covid-19. O relatório desta quinta-feira (15 de abril) dá também conta de mais duas mortes …

PCP quer criar crime de enriquecimento injustificado com pena agravada para políticos

O PCP propôs esta quinta-feira, no Parlamento, a criação do crime de enriquecimento injustificado, com penas até três anos, mas que é agravado para titulares de cargos políticos e públicos, até aos cinco. O projeto dos …

Câmara de Lisboa estende testagem gratuita a todos os moradores

A Câmara de Lisboa decidiu alargar, a partir de quinta-feira, a testagem gratuita nas farmácias à covid-19 a todos os moradores, deixando o programa de estar limitado às freguesias com maior incidência da doença, foi …

"Fechaduras", testemunha do julgamento de Tancos, está em parte incerta

Paulo Lemos, conhecido como "Fechaduras", testemunha da acusação e da defesa no caso de Tancos, não compareceu em 08 de março à audiência e voltou a não aparecer esta quinta-feira, com o Tribunal de Santarém …