Professores em protesto contra ‘aumento de horário lectivo’

USP

foto: USP

foto: USP

Docentes do primeiro ciclo do ensino básico manifestam-se hoje à tarde, em frente ao Ministério da Educação, em Lisboa, contra “o aumento do seu horário letivo”, num protesto convocado pela Federação Nacional dos Professores (Fenprof).

Segundo a maior organização sindical de professores, afeta à Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP), o Ministério da Educação “deixou de financiar uma hora semanal das atividades de enriquecimento curricular” e, a pretexto da reorganização do primeiro ciclo do ensino básico, “levou as escolas a aumentarem a carga letiva semanal dos docentes”.

De acordo com a Fenprof, o horário letivo dos professores do primeiro ciclo do ensino básico foi agravado em 2,5 horas semanais.

Para a Fenprof, a tutela pretende “reduzir a contratação de docentes nas atividades de enriquecimento curricular e obrigar os professores a assumirem atividades que não correspondem ao conteúdo funcional da sua profissão”.

A Federação Nacional dos Professores reclama que as pausas letivas sejam integradas no horário de trabalho destes docentes, depois de, como alega, terem deixado de ser consideradas como carga letiva.

A 03 de outubro, a Fenprof entregou, no ministério tutelado por Nuno Crato, uma petição com mais de seis mil assinaturas a exigir que a carga letiva dos professores do primeiro ciclo não fosse aumentada.

Em 19 de julho, o ministro da Educação, Nuno Crato, assegurou no parlamento que não haveria aumento da componente letiva para os professores do primeiro ciclo do ensino básico.

Segundo a tutela, o despacho normativo de organização do ano letivo de 2013-2014 mantém o mesmo número de horas de componente letiva relativamente ao despacho do ano letivo anterior, fixando em 25 horas semanais de trabalho a componente letiva dos professores do pré-escolar e do primeiro ciclo do ensino básico.

A manifestação de hoje, pelas 15:00, decorre em frente às instalações do Ministério da Educação na Avenida 5 de Outubro, em Lisboa.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Câmara do Porto quer isentar rendas de 257 estabelecimentos até junho

A Câmara do Porto vai propor a isenção total das rendas de 257 estabelecimentos situados em prédios municipais, no período de 18 de março a 30 de junho, no valor global de cerca de 112 …

Deslocações na Páscoa limitadas ao concelho de residência

O Governo vai limitar as deslocações dos portugueses durante o período de Páscoa aos concelhos de residência de permanência. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia esta quinta-feira, entre a sexta-feira Santa …

"Dos mais novos no mundo a morrer." Bebé de seis semanas morre de covid-19 nos EUA

Morreu, nos Estados Unidos, um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim de semana, na sequência de uma infeção provocada pela covid-19. Um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim …

Reyes seguia a 187 km/h quando sofreu acidente mortal

O futebolista José Antonio Reyes conduzia a 187 km/h quando rebentou um pneu do carro, provocando o acidente que causou a morte ao antigo jogador do Benfica, indica o relatório pericial da Guarda Civil. A investigação …

OMS está "muito preocupada com o rápido aumento da infeção"

A OMS mostra-se preocupada com a evolução do número de infetados pelo novo coronavírus e pede o perdão da dívida para os países mais vulneráveis. O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) diz estar muito …

Cerco sanitário prolongado em Ovar. "Situação ainda não está controlada"

A Direção-Geral de Saúde decidiu prolongar a cerca sanitária no concelho de Ovar por mais 15 dias, avança o Jornal de Notícias esta quinta-feira. De acordo com o matutino, as autoridades de saúde vão permitir …

Liga belga propõe fim do campeonato e o Club Brugge campeão

A Liga de futebol da Bélgica recomendou esta quinta-feira que se dê por terminada a época 2019/20 do campeonato e a “aceitação da classificação atual” que faz do Clube Brugge campeão, devido ao novo coronavírus …

Pico da pandemia pode ser tardio. "Só saberemos quando começarmos a descer"

A diretora-geral da Saúde disse que ainda não é possível saber quando é que será o pico da covid-19 em Portugal, alertando que este pode ser tardio, uma vez que uma progressão mais lenta da …

"China esconde a severidade deste vírus há meses", acusam serviços secretos dos EUA

Os Estados Unidos concluíram que a China falseou os dados sobre a severidade do novo coronavírus, indica um relatório dos serviços de inteligência norte-americanos divulgado esta quarta-feira a vários senadores. A agência Bloomberg aludiu esta quinta-feira …

Forças Armadas aceitaram líder do CDS como voluntário

O Jornal de Notícias escreve esta quinta-feira que as Forças Armadas aceitaram o líder do CDS, Francisco Rodrigues dos Santos, como voluntário para ajudar nas ações desenvolvidas na luta contra a covid-19 durante o estado …