Empresas privadas de autocarros ameaçam não aderir a novos passes familiares

As empresas privadas de autocarros queixam-se de ainda não terem recebido um único euro dos descontos dados este ano, estando assim a assumir toda a despesa que deveria estar do lado do Estado. Aplaudem a nova medida, mas ameaçam não aderir por quererem receber a tempo e horas.

A Associação Nacional de Transportes Rodoviários de Pesados de Passageiros (ANTROP) queixa-se de que tem vindo a assumir a despesa associada aos descontos implementados este ano para os passes das famílias carenciadas e dos estudantes, uma despesa que deveria ser inteiramente do Estado. Por esse motivo, ameaça não aderir aos novos passes.

Segundo a TSF, A Associação acusa o Governo de dever a estas empresas cerca de oito milhões de euros pelos descontos aplicados de janeiro a setembro deste ano nos passes da famílias carenciadas e estudantes.

O presidente da ANTROP, Cabaço Martins, garante que as empresas ainda não receberam dinheiro nenhum, estando assim a assumir uma despesa do Estado. Embora aponte que os atrasos nos pagamentos são normais, e que a resolução do Conselho de Ministros que autoriza as Finanças a liquidar a despesa até costuma acontecer a meio do ano, frisa que não é isso que está a acontecer este ano.

“É simplesmente uma autorização, uma questão burocrática, para pagar aos operadores de transporte privados pois a verba já está cabimentada no Orçamento”, refere o representante à TSF.

Desta forma, se a verba relativa à despesa com os anteriores descontos não for disponibilizada, as empresas de transportes de passageiros ameaçam não vir a aderir aos novos passes anunciados esta quarta-feira para as áreas metropolitanas de Lisboa e Porto.

Na prática, a medida anunciada diz que as famílias residentes nestas duas cidades do país vão ter direito a vários benefícios já a partir do próximo ano, como a criação do passe-família que está em preparação no âmbito do Orçamento do Estado.

Assim, as famílias de Lisboa e do Porto vão pagar, a partir do próximo ano, no máximo dois passes para circularem nos transportes públicos. O passe mensal custará, no máximo, 40 euros e as crianças até aos 12 anos passam a viajar de graça.

“Estamos a falar de montantes ainda mais elevados pelo que não será possível continuar com o mesmo sistema”, aponta Cabaço Martins, adiantando que se o sistema não for alterado, esta nova medida fica comprometida. “Estamos a falar de um princípio banal” de pagar a tempo e horas.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Eu não sei como as empresas de transporte são geridas, mas se não houvesse descontos financiados pelo Estado, gostava de saber qual seria o preço dos passes e se teriam metade dos utilizadores. É que transportes caros e ainda por cima escassos e por vezes em mau estado… não sei para onde vai o dinheiro… para os motoristas não é…

    • Pois, se não fossem essas empresas a trabalhar com o Estado gostava de saber quem trabalharia. É que não há muita gente disposta a trabalhar e a estar largos meses sem receber ver cêntimo. O Estado é caloteiro e deve largos meses às empresas de transportes. Se o Estado não paga, gostava de saber para onde vai o dinheiro… no bolso da população não fica…

      • Pois… o negócio é tão mau que até vieram multinacionais a correr comprar tudo (Transdev, Arriva etc)!…
        Seria mesmo muito interessante saber quanto tempo durariam essas empresas sem os subsídios do Estado!

        • Eu!, deixa de vomitar ódio sobre tudo que é de iniciativa privada.
          Não passas de um Troll.
          A confirmar estão os milhares de vómitos que por aqui postas…

          • Exacto, é mesmo isso: “iniciativa privada”, mas com dinheiro publico!!
            “vomitar ódio” é coisa que não me assiste; apenas gosto de esclarecer os factos e o facto é que essas multinacionais dos transportes vieram a correr comprar tudo para se pendurarem na “mama” do Estado!
            Essa de chamar troll é básica e típica de quem não tem argumentos para contrapor…

RESPONDER

A tecnologia ressuscitou o "plágio" de escritores medievais

Os trabalhos de autores medievais foram "ressuscitados" com a tecnologia do século XXI numa inesperada colaboração na Universidade de St Andrews, na Escócia. Um arquivo das obras de autores ingleses medievais, que revelava uma visão internacional …

Num cenário apocalíptico, a espécie humana poderia sobreviver "com populações na casa das centenas"

Cientistas de todo o mundo debruçam-se sobre a preparação das populações (e de abrigos) para sobreviver a um possível apocalipse. Para o antropólogo Cameron Smith, não seria necessário um número muito elevado de pessoas, desde …

Príncipe Harry diz que viver com a família real é "uma mistura entre o Truman Show e estar num zoo"

Depois de uma entrevista a Oprah Winfrey, o duque de Sussex faz novas revelações numa nova entrevista e descreve como era a sua vida antes de ir viver, primeiro para o Canadá e, depois, para …

Pentear o cabelo pode tornar-se uma tarefa mais fácil com a ajuda de um robô

Uma equipa de cientistas desenvolveu recentemente um braço robótico com uma escova de cabelo macia, equipada com uma câmara que ajuda o braço a "ver" e a avaliar a ondulação, para oferecer ao utilizador uma …

Benfica 4-3 Sporting | Águia vence dérbi espectacular

Mas que grande dérbi! Benfica e o novo campeão Sporting presentearam os adeptos com um jogo espectacular, um dos melhores dos últimos anos em Portugal, com futebol de ataque e golos, muitos golos. Foram nada menos …

Portugal é o 2.º país com mais divórcios e menos casamentos na UE

A taxa de casamentos na União Europeia caiu drasticamente nos últimos 55 anos, ao mesmo tempo que a taxa de divórcios subiu. Portugal é o segundo país onde esta tendência mais prevalece. De acordo com dados …

"É parte da nossa identidade". Pequena cidade na Suécia luta para preservar uma antiga língua moribunda

A organização Ulum Dalska, sediada numa pequena cidade sueca chamada Älvdalen, tem uma missão. Durante décadas, os seus membros têm trabalhado arduamente para ajudar a salvar a língua elfedaliana, um remanescente do nórdico antigo. "Tivemos a …

Papa diz que abuso infantil é uma espécie de “assassinato psicológico”

O Papa Francisco criticou hoje o abuso infantil dizendo que é “uma espécie de ‘assassinato psicológico’ e, em muitos casos, um cancelamento da infância” e pediu para “parar de encobrir” o fenómeno da pedofilia. Francisco falava …

Jerónimo considera “precipitado” discutir Orçamento de 2022 e “deitar borda fora” o atual

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, considerou hoje “no mínimo precipitado” antecipar a posição do partido sobre o próximo Orçamento do Estado e “deitar borda fora” a concretização do atual. À margem de uma visita …

Plano da CIA para capturar Bin Laden originou um problema de saúde pública no Paquistão

Um novo estudo indica que um plano secreto da CIA para capturar Osama Bin Laden, no início de 2011, teve como consequência uma queda significativa das taxas de vacinação no Paquistão. O plano, que usava uma …