Primeiros táxis sem condutor do mundo nas ruas de Singapura

NUTONOMY / EPA / LUSA

A empresa tecnológica nuTonomy iniciou, esta quinta-feira, os primeiros testes deste tipo de automóveis num percurso de seis quilómetros, em condições normais de trânsito.

Enquanto a Uber anunciou que os primeiros testes com o seu veículo autónomo da Volvo começarão algures durante o mês na cidade de Pittsburgh, nos EUA, a nuTonomy já tem seis veículos – da Renault e da Mitsubishi – a circular em Singapura.

Em ambos os casos, os veículos autónomos terão um condutor que irá assumir o comando caso haja necessidade de entrar em ação.

De acordo com a Bloomberg, os seis automóveis vão lidar com semáforos e a hora de ponta, na zona onde estão sediadas várias empresas científicas e laboratórios de investigação governamentais.

Cada carro está equipado com seis Lidar – um sistema de deteção que recorre a lasers que funcionam como radares – e duas câmaras no tablier que detetam as mudanças nos semáforos.

“Os testes representam uma extraordinária oportunidade para recolher opiniões dos passageiros no mundo real”, afirmou Karl Iagnemma, co-fundador da nuTonomy.

Iagnemma espera lançar uma frota de carros sem condutor em 2018 e espera que esses táxis possam reduzir o número de automóveis nas estradas de Singapura de 900 mil para 300 mil.

Além de Singapura, a startup norte-americana está a testar carros sem condutor nos Estados Unidos e no Reino Unido, onde tem uma parceria com a Jaguar Land Rover.

BZR, ZAP

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE