Conte desistiu. Cottarelli vai formar Governo em Itália

Alessandro Di Meo / EPA

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, desistiu de formar governo. Conte anunciou ao Presidente italiano, Sergio Mattarella, que se recusaria a formar um executivo sem a sua escolha para os assuntos económicos. Entretanto, Mattarella nomeou um antigo responsável do FMI para liderar um governo transitório até à realização de novas eleições no país.

Paolo Savona foi o nome vetado por Mattarella para ocupar o cargo de ministro da Economia e Finanças, por assumir posições euro-céticas e mostrar indisponibilidade para aplicar a receita europeia para corrigir os desvios económicos do país.

Segundo o Sol, o cenário mais provável é agora a realização de novas eleições em Itália.

O líder da extrema-direita, Matteo Salvini, pediu de imediato uma nova ida às urnas. “A Itália não é uma colónia, não somos escravos dos alemães ou franceses, dos spreads ou da Finança”, escreveu no Twitter.

“A palavra deve regressar a vós”, vincou o líder do partido nacionalista Liga, apontando o caminho das eleições antecipadas.

Também Luigi Di Maio, líder do Movimento 5 Estrelas, deixou críticas à decisão de Mattarella. “Temos um problema democrático: não vivemos numa democracia livre”, disse.

“Sou há muito um grande admirador de Mattarella, mas isto trata-se de uma decisão incompreensível”, reiterou. Di Maio, ao contrário de Salvini, defende um segundo projeto de Governo ao invés da realização de novas eleições.

De acordo com o Público, Mattarella declarou que ninguém o pode acusar de não ter tentado, ao longo dos últimos dois meses, de fomentar a criação de um novo Governo, mesmo que esta dependesse da combinação do partido anti-sistema, 5 Estrelas, e da extra-direita, Liga, os dois partidos mais votados nas últimas eleições de Março.

Cottarelli aceita ser primeiro-ministro

Esta segunda-feira, Mattarella encarregou Carlo Cottarelli, um antigo responsável do Fundo Monetário Internacional (FMI) de formar um Governo tecnocrata, anunciou a presidência. “O Presidente Mattarella recebeu o doutor Cottarelli e pediu-lhe que formasse um Governo”, anunciou aos jornalistas o secretário-geral da presidência, Ugo Zampetti.

O antigo diretor para os assuntos orçamentais do FMI afirmou, citado pela Reuters, que o seu principal objetivo será aprovar o Orçamento de Estado para o próximo ano e prometeu ainda formar um Governo “rapidamente”.

“Vou apresentar-me ao Parlamento com um programa que – se receber “luz verde” – vai incluir a aprovação do Orçamento do Estado. Depois o Parlamento será dissolvido com eleições no início de 2019″, afirmou.

De acordo com o Jornal de Negócios, Carlo Cottarelli só aceitará liderar o próximo Governo caso vença uma moção de confiança no Parlamento. Se isso não acontecer as eleições antecipadas decorrerão já em agosto.

“Na ausência da confiança do Parlamento, o Governo demite-se imediatamente e a sua função será a gestão corrente até às eleições que ocorrerão em Agosto”, declarou.

Carlo Cotarelli é atualmente diretor do Observatório das Contas Públicas da Universidade Católica de Milão e foi diretor do Departamento de Assuntos Fiscais do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Em 2013, o então chefe do Governo, Enrico Letta, nomeou Cotarelli comissário para a implementação de um plano de redução dos gastos públicos, cargo que manteve até à tomada de posse de Matteo Renzi como primeiro-ministro.

Cottarelli é um dos economistas mais críticos das propostas económicas do programa de Governo acordado entre a Liga Norte e o Movimento 5 Estrelas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas produziram um processador quântico em larga escala feito apenas de luz

Uma equipa internacional de cientistas da Austrália, Japão e Estados Unidos produziu um protótipo de um processador quântico em larga escala feito apenas de luz laser. O mais recente processador quântico é baseado num projeto com …

FIFA investe 449 milhões de euros para desenvolver o futebol feminino

A FIFA anunciou que vai investir 500 milhões de dólares no desenvolvimento do futebol feminino. Em cima da mesa está uma Liga das Nações, um mundial de clubes e torneios para camadas jovens. A FIFA vai …

Escritor famoso escreve livro para ser lido apenas em 2114

O famoso escritor norueguês Karl Ove Knausgaard, autor de romances como A Morte do Pai e a Ilha da Infância, onde explora a sua história pessoal e o seu dia a dia, aceitou escrever um …

PS deverá aprovar recandidatura de Ferro à presidência da Assembleia da República

O Grupo Parlamentar do PS vai reunir-se na quinta-feira, com a presença do secretário-geral, António Costa, ocasião em que deverá aprovar a recandidatura de Ferro Rodrigues ao cargo de presidente da Assembleia da República. Fonte oficial …

Perito revela que arma que investigação diz que matou Luís Grilo foi adulterada

O perito que examinou a arma que, segundo o Ministério Público, António Joaquim usou para matar o triatleta Luís Grilo revelou hoje em tribunal que o revólver foi adulterado, não conseguindo garantir se essa foi …

Cientistas criam vasos sanguíneos artificiais funcionais

Cientistas nos Estados Unidos usaram impressão 3D para fabricar vasos sanguíneos funcionais que poderão vir a ser usados clinicamente em casos de doenças vasculares. O resultado das experiências é relatado num estudo publicado esta terça-feira no …

Ordem suspende durante seis meses obstetra do caso do bebé sem rosto

O Conselho Disciplinar do Sul da Ordem dos Médicos decidiu suspender preventivamente o obstetra envolvido no caso do bebé que nasceu em Setúbal com malformações graves. A informação foi avançada à Lusa por fonte oficial da …

A China está a criar porcos gigantes (tão grandes como ursos polares)

https://vimeo.com/368036025 Porcos tão pesados como ursos polares. Esta é a solução encontrada por produtores chineses de porcos que tentam resolver o problema da falta de carne no mercado, muito por culpa da gripe suína africana dizimou …

Rússia e Síria vão partilhar controlo do nordeste sírio

O Presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse hoje que a Turquia e a Rússia alcançaram um acordo pelo qual as forças curdas da Síria vão recuar 30 quilómetros a partir da zona fronteiriça do nordeste …

Câmara dos Comuns aprova acordo do Brexit (mas rejeita calendário apertado)

A Câmara dos Comuns aprovou esta terça-feira a primeira votação do acordo para o Brexit. No entanto, a calendarização da saída foi rejeitada numa segunda votação, deixando um impasse na data para o Brexit. Pela primeira …