Primeiro doente com Ébola nos EUA em estado “muito grave”

thomaseric.duncan / Facebook

Thomas Eric Duncan, o primeiro paciente diagnosticado com Ébola nos Estados Unidos

Thomas Eric Duncan, o primeiro paciente diagnosticado com Ébola nos Estados Unidos

O primeiro doente com Ébola diagnosticado nos Estados Unidos da América, um homem de nacionalidade liberiana, encontra-se em estado “muito grave”, indicou hoje fonte do hospital de Dallas, no Texas, onde se encontra internado.

Thomas Eric Duncan encontra-se em estado muito grave”, anunciou o hospital, que precisou que o estado de saúde do doente, que se tem mantido em estado “grave mas estável”, se agravou.

Na sexta-feira, as autoridades sanitárias norte-americanas estimaram que dez pessoas apresentavam “um alto risco” de ter sido contaminadas pelo homem que contraiu o vírus Ébola na Libéria e foi identificado tardiamente no país no início da semana.

No total, das cerca de 100 pessoas no Estado do Texas que foram identificadas como tendo podido estar em contacto com Thomas Eric Duncan, 50 estavam sob vigilância na sexta-feira.

Este chegou sem sintomas a Dallas, a 20 de setembro, proveniente da Libéria, o mais importante foco da epidemia na África Ocidental, país do qual os EUA não tencionam, de momento, interditar as viagens.

“A maior parte das pessoas apresentam um risco fraco. Há uma dezena de pessoas que têm um alto risco, as quais estamos a acompanhar de muito perto”, disse o director dos serviços estaduais de saúde , David Lakey.

Estas pessoas que apresentam um risco elevado pertencem aos serviços de saúde e estiverem em contacto com Duncan, entre o momento em que este começou a desenvolver os sintomas da febre hemorrágica, em 24 de setembro, e a sua hospitalização em quarentena, no dia 28.

A sua contaminação foi confirmada a 30 de setembro.

Os sintomas de Ébola incluem febre, dores de cabeça, vómitos e diarreia.

DR Thomson Reuters Foundation

Propagação do Ébola em 2014: países com casos diagnosticados e mortes confirmadas

Propagação do Ébola em 2014: países com casos diagnosticados e mortes confirmadas

O período de incubação varia entre os dois e os 21 dias e uma pessoa que tenha contraído o vírus só se torna contagiosa quando apresenta os sintomas. A febre hemorrágica transmite-se apenas pelo contacto direto com os fluidos corporais.

A epidemia de Ébola, a mais grave desde a identificação do vírus em 1976, já causou mais de 3.300 mortos, entre os mais de 7.100 casos registados. Cinco países em particular estão afectados, a saber, a Libéria, onde a situação é pior, Serra Leoa, Guiné-Conacri, Nigéria e Senegal.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Prémios e dados pessoais. Worten alerta clientes para falso SMS em circulação

A Worten alerta os clientes para não partilharem dados pessoais em resposta a mensagens publicitárias falsas que estão a circular por SMS em nome da retalhista, a anunciar um prémio. "Alertamos que não devem ser facultados …

GNR já passou 2200 coimas por falta de limpeza de terrenos. Mais de cem câmaras multadas

Mais de uma centena de câmaras municipais foram multadas por falta de limpeza de terrenos, sendo a ausência de tratamento nas margens das estradas e junto às linhas de distribuição elétrica a principal infração registada …

Presidente do Governo da Catalunha pede a Filipe VI que abdique

O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, pediu na terça-feira ao rei Filipe VI que abdique e solicitou ao presidente do parlamento que convoque uma sessão plenária extraordinária para estabelecer uma "posição comum" …

Virologista chinesa diz que novo coronavírus foi "criado em laboratório militar"

A virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos deu mais uma entrevista onde assegura que o novo coronavírus foi "criado num laboratório militar". Numa nova entrevista, citada pelo jornal online Observador, Li Meng-Yan, a virologista …

Ministério da Saúde abre 435 vagas para médicos de família

É o maior número de vagas dos últimos anos colocadas a concurso para a contratação de médicos especialistas em medicina geral e familiar para o SNS. De acordo com o jornal Público, o Ministério da Saúde …

MP brasileiro processa pastor por anunciar cura com feijões para a covid-19

O Ministério Público brasileiro pediu a abertura de um processo contra o pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, que anunciaram a cura da covid-19 a partir do cultivo de …

Dívida do Estado à ADSE ascende a 200 milhões de euros

A dívida do Estado à ADSE, em 2019, ascendia a 198,2 milhões de euros, segundo o parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) ao relatório e contas do ano passado, publicado no site do …

Governo dos Açores violou Constituição ao impor quarentena obrigatória

O confinamento obrigatório de 14 dias que o governo regional dos Açores tem imposto a quem chega à região autónoma é inconstitucional, dizem os juízes do Tribunal Constitucional. As autoridades açorianas violaram a Constituição ao impor …

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …

No regresso ao Superior, o Ministério recomenda aulas presenciais, com máscara e ao sábado

No regresso do Ensino Superior, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomenda que voltem as aulas em regime presencial com uso obrigatório de máscara e algumas das quais lecionadas ao sábado. Num comunicado …