Bebé de 11 meses morre de ébola no Congo. Declaração de fim da epidemia mais distante

EU Humanitarian Aid and Civil Protection / Flickr

Depois de mais de sete semanas sem nenhum caso registado, nos últimos dias registaram-se na República Democrática do Congo (RDC) duas mortes por ébola. A última vítima foi um bebé de 11 meses, informou a Organização Mundial da Saúde (OMS) no domingo.

Epidemia de Ébola

Faltavam três dias para a proclamação oficial do fim da epidemia da doença, quando surgiu, na sexta-feira, um novo caso de ébola na RDC. Tratava-se de um eletricista de 26 anos, de Beni, avançou a OMS. Desde que foi declarada, em 01 de agosto de 2018, a epidemia de ébola vitimou mais de 2.200 pessoas na zona leste do país.

“Infelizmente, isto significa que o governo da República Democrática do Congo não poderá declarar o fim da epidemia de ébola na segunda-feira, como estava previsto”, indicou no Twitter o diretor da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Agora, foi divulgado um novo caso, uma menina de 11 meses que estava a ser tratada no mesmo centro de saúde que o eletricista, disse à Reuters – citada pelo Independent –, o responsável pela equipa da OMS para o ébola naquele país, Boubacar Diallo.

De acordo com as autoridades, ainda não está claro como o eletricista contraiu a doença. Transmissões pontuais são comuns no final dos surtos de ébola – que causa febre, sangramento, vómito e diarreia e transmite-se através de fluidos corporais -, mas um novo caso não significa necessariamente que o vírus fique novamente fora de controle.

Duas novas vacinas ajudaram a conter o vírus no país, embora a desconfiança pública e os ataques das milícias tenham impedido os profissionais de saúde de alcançar as áreas atingidas. No sábado, jovens atiraram pedras aos funcionários da OMS e ao vice-prefeito de Beni que tentavam descontaminar a casa do eletricista e rastrear os seus contatos.

“Para eles, o ébola acabou”, disse Diallo à Reuters. “As pessoas aqui têm alguns problemas para entender como esse caso surgiu dois dias antes da declaração do fim” da epidemia.

Na sexta-feira, depois que o primeiro novo caso foi descoberto, a OMS disse que não era totalmente inesperado. “Embora não sejam boas notícias, este é um evento que antecipamos. Mantivemos equipas de resposta em Beni e noutras áreas de alto risco exatamente por esse motivo”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

A organização informou que já estão a ser realizados rastreios para encontrar todos os que possam ter tido contacto com os infetados, a fim de oferecer a vacina e monitorizar o seu estado de saúde. No domingo, acreditava-se que o número de contactos ultrapassava as 200 pessoas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

OMS inclui mais dois medicamentos nas recomendações para tratamento

A Organização Mundial de Saúde (OMS) acrescentou na quinta-feira dois medicamentos à lista de fármacos admitidos para tratamento da covid-19 e pediu à farmacêutica que os produz para baixar os preços e levantar as patentes. O …

Puigdemont em liberdade, mas com proibição de sair da Sardenha

O Tribunal de Recurso de Sassari decidiu, esta sexta-feira, deixar em liberdade o ex-presidente catalão Carles Puigdemont. Enquanto decorrer o processo judicial, não pode sair da ilha italiana. Carles Puigdemont saiu em liberdade esta sexta-feira, depois …

Centenas de pessoas protestam em Barcelona contra a prisão de Puigdemont em Itália

Centenas de pessoas reuniram-se próximo do consulado italiano em Barcelona em protesto contra a prisão de Carles Puigdemont. Centenas de pessoas reuniram-se esta sexta-feira próximo do consulado italiano em Barcelona, guardado por um forte dispositivo da …

Portugal com mais 9 mortes e 757 casos de covid-19

Portugal registou 757 novos casos e nove mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas …

EUA comprometem-se a tomar medidas concretas para resolver diferenças com França

Os Estados Unidos continuam a tentar resolver as diferenças com a França na sequência da crise dos submarinos, com o secretário de Estado a admitir que Washington terá de tomar medidas concretas para reconquistar a …

Portugueses suspeitos de violação em Espanha vão ser libertados

Depois de um recurso inicial ter sido rejeitado por perigo de fuga, um tribunal de instância superior aceitou o pedido de libertação dos dois portugueses que estavam em prisão preventiva desde Julho. Vão ser libertados esta …

Administração da insolvência defende a viabilização da Dielmar

As manifestações de interesse na compra da Dielmar devem ser apresentadas até à próxima segunda-feira. A assembleia de credores está marcada para 6 de Outubro. Segundo revela uma fonte próxima ao Jornal Económico, o administrador da …

FBI emite mandado de detenção a Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito

O namorado de Gabby Petito desapareceu três dias depois da jovem também ter sido dada como desaparecida. O jovem de 23 anos está também a ser acusado de fraude bancária. O FBI emitiu esta quarta-feira um …

Cavidade gigante no espaço lança nova luz sobre a formação estelar

Astrónomos que analisaram mapas 3D das formas e tamanhos de nuvens moleculares próximas descobriram uma cavidade gigantesca no espaço. O vazio em forma de esfera, descrito na revista The Astrophysical Journal Letters, abrange cerca de 150 …

Professor que fazia vídeos obscenos foi suspenso

O Ministério da Educação suspendeu o professor de Economia e Direito da Escola Secundária Eça de Queirós, na Póvoa de Varzim, que terá um canal de YouTube com vídeos obscenos. O docente da Secundária Eça de …